A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 06 de Dezembro de 2016

13/12/2012 08:45

Como manter o brilho nos olhos perante as situações da vida?

Por Eliane Quintella (*)

Aprendemos toda vez que caímos. Isso é bom. Cuidado, porém, quando perceber que o medo começou a reinar em sua vida, pois quando isso acontece a dura verdade é que resta pouca vida plena e transborda vazio.

Veja Mais
Tédio é a falta de projeto
Dólar alto: bom ou ruim para o agronegócio?

A vida precisa ser vivida com brilho nos olhos e qualquer outra coisa é uma cópia barata que não vale a pena. Como manter o brilho nos olhos? É só seguir sua vontade, seu instinto, seu coração ou sexto sentido. Dê o nome que quiser. Os mais precavidos trarão uma lista lógica, racional e precisa de todos os contras para que você não faça “essa bobagem”. Rasgue a lista e jogue-a ao vento. Se acreditar de verdade em você, já deu certo. Eu sei que as dificuldades baterão à sua porta. Muitas, acredite. Talvez mais até do que você podia imaginar no seu pior pesadelo. Eu sei, também, que se você acredita mesmo, de um jeito ou de outro, você conseguirá superá-las.

“Não sabendo que era impossível, foi lá e fez”. Você já ouviu essa frase de Jean Cocteau antes? Pois é, às vezes é preciso simplesmente não saber. Arriscar para valer. Mergulhar nas profundezas. Seguir aquela loucura que faz seu coração bater mais rápido e suas pernas começarem a correr. Permita-se viver seu sonho dourado. Não o macule com uma tabela de excel.

Para aquilo que nos é sagrado, temos força de leão e não desistimos até conquistarmos a vitória. Poderão chamá-lo de louco, irresponsável, ingênuo e até bobo. Não importa. Você é que está vivo e são seus olhos que estarão brilhando de felicidade.

(*)Eliane Quintella é escritora.

Tédio é a falta de projeto
Recentemente, deparei-me com duas situações. Na primeira, eu almoçava com dois amigos, ambos na faixa dos 55 anos de idade, funcionários públicos bem...
Dólar alto: bom ou ruim para o agronegócio?
Claro, depende da hora e do mercado, exportação ou de mercado interno. Agora, falando da soja, o principal produto da pauta brasileira de exportações...
Marcas lutam diariamente para impactar as pessoas
Segundo pesquisas, temos contato com aproximadamente 2.000 marcas em um dia “comum” e menos de 300 delas ficam em nossa memória. Por isso, essas marc...
A modernização das leis do trabalho: oportunidade, não oportunismo
Crises econômicas em qualquer país do mundo ensejam debates sobre reformas. São nos cenários de recessão prolongada que as nações se defrontam com se...



Gostei!!!
 
Kaio Pascal em 13/12/2012 14:13:36
Lindo!!! adorei...que profundidade esse texto.
 
Neyde de Oliveira em 13/12/2012 11:49:54
Lindo texto e numa hora muito apropriada em minha vida, parabéns!
 
Mariana Bianchi em 13/12/2012 09:34:27
parabens! precisamos mais disso, artigos que nos façam pensar.
 
claudenir a a angelo em 13/12/2012 09:26:17
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions