A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 22 de Fevereiro de 2017

22/01/2015 13:08

Criadores da própria felicidade

Por Cássio Gonçalves (*)

Está doente? Pobre? Infeliz no amor? A responsabilidade é toda sua e quem diz isso é a Ciência. Mas acalme-se. Por mais quea descoberta possa gerar culpa e desânimo num primeiro momento, no fundo, ela é muito mais positiva que negativa. Afinal, se somos capazes de criar nossos infortúnios, também conseguiremos inverter o processo e construir uma vida repleta daquilo que sonhamos de melhor.

A experiência que trouxe as primeiras evidências disso – e possibilitou a criação dos nossos aparelhos eletrônicos– ocorreu em 1802. Batizada de Experimento da Dupla Fenda, a pesquisa pode ser encontrada em qualquer site de busca. Em suma, mostrou-se que uma única partícula de elétron (um dos tijolinhos que formam a realidade) é capaz de passar por dois pequenos buracos ao mesmo tempo.

Isso só é possívelporque o elétron pode se comportar tanto como onda eletromagnética quanto como partícula “material”, dependendo da intençãodo observador, no caso, dos pesquisadores. Como tudo o que existe no chamado mundo material possui elétrons, a regra vale para qualquer área da vida.

Como decorrência da experiência, vários cientistas com títulos dePh.D., alguns deles participantes do documentário “Quem Somos Nós” (disponível no YouTube),concluem que a consciência humana pode manifestar a própria realidade.

Ou seja, dentro de certos parâmetros de tempo e espaço, podemos transformar doença em saúde, atrair relacionamentos felizes e gerar prosperidade. Mas tudo começa com a eliminação, num nível psicológico e mental, das crenças errôneasinstaladas pelo atual sistema social, cultural e religioso, que limitam tal manifestação.

Cada vez mais, a ciência emerge como condutora da humanidade rumo à felicidade. E isso não é nada contraditório com o conceito do Sagrado. Quem sentir a relevância do assunto, basta pesquisar os conteúdos sugeridos acima e tirar as próprias conclusões. Se estiverem equivocados,ganha-sepelo menos cultura. Mas, se se mostrarem corretas, conquista-se a Liberdade.

(*) Cássio Gonçalves é músico e jornalista

Uber e o vínculo de emprego com o motorista parceiro
A integração das novas tecnologias no cotidiano e nas relações trabalhistas tem criado novos litígios. A Uber, desde seu início, tem instigado intens...
Tudo é marketing
Segundo Luciano Modesto, da Agência Sete, o marketing está em tudo na empresa. Afinal, marketing não é apenas o desenvolvimento de marcas e produção ...
Maré favorável
Como diriam os dirigentes do Partido Comunista Brasileiro, o velho Partidão, de Prestes e Hércules Correia, há, no momento, condições objetivas para ...
Uma nova educação superior
Somos lentos, inclusive para acompanhar a rapidez da nossa própria tecnologia. A maior parte dos jovens brasileiros hoje já tem acesso a celulares e ...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions