A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 19 de Janeiro de 2017

20/10/2014 13:34

Currículo: dicas para se destacar antes da entrevista

Por Alessandra Vieira Martins (*)

O fim do ano está chegando e, com ele, muitas oportunidades de conquistar ou mudar de emprego. Chamar a atenção dos selecionadores é o primeiro desafio dos candidatos. E, para isso, um currículo bem elaborado abre caminho para entrevistas. É como um cartão de visitas e deve ser feito de forma clara e objetiva.

Veja Mais
Elementos da teoria da decisão
O diálogo inter-religioso

A aparência do documento é tão importante quanto o conteúdo. A forma como as informações ficarão disponibilizadas e também o que ficará destacado. É preciso organizar as informações de forma cronológica, fazendo com que o recrutador identifique facilmente as informações.

Outro ponto importante é separar informações pessoais, da formação e experiência profissional. Vale a pena destacar o seu objetivo, para que a empresa avalie se está de acordo com suas necessidades para a vaga em questão.

Muitas empresas dão preferência a pessoas que moram perto. Por isso, é importante colocar o bairro em evidência. Se o seu bairro não estiver entre os mais conhecidos da cidade, destaque a região, facilitando a análise do recrutador.

Algumas pessoas colocam informações como RG e CPF, mas isso não é importante num primeiro momento. Informações como data de nascimento ou idade, são bem mais relevantes, porque mostram em que estágio da vida o candidato se encontra.

Geralmente os processos de seleção são muito dinâmicos e um currículo mal feito pode diminuir e muito as chances do candidato ser convidado para participar do processo seletivo. Um currículo mais detalhado, porém sem excessos, atrai muito mais a atenção do selecionador do que um que apresente apenas o nome da empresa e o cargo que a pessoa ocupava. Falta de informações ou informações incompletas também podem dificultar o entendimento do selecionador.

Outro fator que complica e muito a vida dos candidatos é colocar no currículo informações que não são verdadeiras. A veracidade das informações serão checadas, então não vale a pena lotar o currículo de falsas informações na tentativa de chamar atenção. Mesmo que o recrutador não tenha o cuidado de checar, as mentiras certamente aparecerão no dia a dia do trabalho.

Muitos candidatos não têm conhecimento de todos esses detalhes e não entendem o motivo de não serem procurados pelas empresas. Para garantir oportunidades de entrevistas basta preparar um currículo simples, com informações verdadeiras e bem elaborado.

É simpático levar o currículo impresso na entrevista. Isso demonstra atenção e interesse. Entretanto, tome muito cuidado para não dobrar, sujar ou amassar o documento. Coloque-o num envelope. Nesse momento, outro fator decisivo é pesquisar sobre a empresa. Demonstrar conhecimento sobre o seu futuro empregador é o primeiro passo para despertar a atenção do recrutador. Boa sorte!

(*) Alessandra Vieira Martins é gestora de recursos humanos e gerente comercial na Perfil Humano RH, empresa especializada em recrutamento e seleção.

Elementos da teoria da decisão
A propósito do fim do ano de 2016 (terrível na política e na economia) e com o ano de 2017 (com esperanças de que as coisas melhorem), participei de ...
O diálogo inter-religioso
Desde a declaração Nostra Aetate, do Concílio Vaticano II, a Igreja busca manter o diálogo inter-religioso. Aí surge a pergunta: Por que o diálogo co...
Embarque comprometido
O Brasil está entre os cinco melhores mercados de aviação doméstica, mas há quase dois anos vem perdendo demanda por conta do cenário econômico. Só e...
Travessia sustentável
O Relatório Anual do FMI (Fundo Monetário Internacional), sobre a situação econômica de seus países-membros, saiu em novembro do ano passado e projet...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions