A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 03 de Dezembro de 2016

19/06/2011 07:00

Da gentileza e da alegria de viver

Por Heitor Freire (*)

Sou leitor contumaz de artigos. Aprendo muito com a diversidade de opiniões, de pontos de vista bem formulados, a maioria bem escrita e muito clara em sua exposição.

Li outro dia, um artigo do Paulo Renato Coelho Netto, tratando da questão da gentileza, propondo a criação do Dia da Gentileza, 11 de Abril, data de nascimento do José Datrino, que ficou conhecido nacionalmente como O Profeta Gentileza. Me parece, Paulo Renato, que a sua proposta está encontrando eco.

Sou um observador da vida cotidiana, avalio e analiso os acontecimentos e o comportamento das pessoas de um modo geral. E dentro desse contexto, constato que há hoje, em nossa querida Campo Grande, uma atmosfera de cordialidade e alegria, o que aumenta a satisfação do bem viver.

Eu sinto que mudei. E para melhor. Estou mais atento, mais alegre, mais consciente, mais gentil. E em conseqüência, observo que o mundo à minha volta mudou também. É uma reciprocidade. Eu vejo que o mundo, apesar dos profetas do caos, está também melhor.

O trânsito em nossa cidade aumentou muito, fruto do acréscimo de renda da população. Os motociclistas são maioria hoje. São pessoas que com esforço conseguiram sair do ônibus e passaram a ter condução própria. E, como tal, não são ainda afeitos às exigências do trânsito; são apressados, afoitos.

Mas, aos poucos, vão também aprendendo.

Apesar disso tenho notado que os motoristas estão mais gentis, mais educados, mais atentos. Hoje já se vê uma espera paciente para um carro que procura estacionar, sem que haja aquele buzinaço desenfreado.

Observo essa mesma atitude em outra situação que narro a seguir.

Por sugestão da minha cunhada Gilda, eu e a minha mulher, Rosaria, estivemos no posto municipal de saúde dr. Jair Garcia de Freitas, localizado na Rua Rui Barbosa, no bairro São Francisco, para obtenção da caderneta de saúde do idoso. E ali fomos submetidos aos procedimentos para essa finalidade.

Em primeiro lugar, quero ressaltar o bom atendimento que tivemos. Desde as atendentes na recepção, aos funcionários, enfermeiros e demais profissionais (médicos), todos tratam as pessoas com gentileza, cordialidade e boa vontade, transmitindo a alegria que reina nesse local. Fomos alvos de uma atenção que desmente categoricamente o que tenho ouvido a respeito desse assunto.

Nesse posto de saúde respira-se um ambiente de alegria e de dedicação. Senti-me reconfortado como cidadão e satisfeito por confirmar: também no atendimento de saúde, os funcionários públicos municipais, correspondem ao perfil a que me referi em outro artigo (“Da administração municipal III”), quando tratei dos que trabalham na área da minha atividade profissional e do qual reproduzo abaixo uma parte:

“(...)Ao mencionar esses profissionais exemplares – que são todos verdadeiros mensageiros a Garcia –, homenageio a todos os funcionários públicos, em quem observo, de um modo geral, uma consciência profissional muito clara, que dignificam a sua classe, com satisfação no trabalho, no trato com os contribuintes, atendendo a todos, sem distinção, com dedicação e até, às vezes, com afeto.

“Observei que eles têm algumas características que são mais marcantes em alguns, mas que são inerentes a todos: são pessoas simples, disciplinadas, responsáveis, trabalhadores sem ostentação, incansáveis, tendo noção de que o sentido fundamental do trabalho é o que realizamos com as nossas vidas; orgulhando-se do que fazem e, por isso, fazem bem feito, tendo, portanto, prazer em seu trabalho.

“São também pessoas perseverantes, respeitadoras e conscientes; a sua honestidade é transparente, exala do seu ser e são verdadeiros exemplos para os seus colegas(...)”.

Por que mensageiros a Garcia? Porque representam os mais perfeitos intérpretes do herói a que se refere um artigo muito lido em todo o mundo, desde muito tempo – “Mensagem a Garcia” –, com mais de cem milhões de reproduções, segundo constava em seu último registro, antes de cair em domínio público.

Escrito em 22 de fevereiro de 1899 pelo jornalista americano Helbert Hubbard, estima-se que hoje a mensagem tenha ultrapassado a casa de um bilhão de publicações: “O herói é aquele que dá conta do recado”. Num próximo artigo vou reproduzi-lo para conhecimento de nossos leitores.

E é exatamente esse clima de gentileza que observei no tratamento dispensado ao público no posto de saúde dr. Jair Garcia de Freitas. Lá os funcionários trabalham no anonimato de suas funções sem buscar holofotes, com verdadeira consciência profissional.

Como é bom constatar isso.

(*) Heitor Freire é corretor de imóveis e advogado.

Educação e o futuro da alimentação
Educação deve colaborar na preparação de todos para o pleno exercício da cidadania e, especialmente, formar os jovens para uma vida profissional que ...
Convenções internacionais e competitividade
O Brasil precisa atuar com mais critério na hora de analisar e ratificar convenções multilaterais, especialmente as negociadas no âmbito de entidades...
A Odisseia da Chape
Não tenho dúvidas de que o esporte funciona como uma metáfora da vida. As mazelas e dramas humanos estão presentes em todas as etapas da trajetória d...
Comunicação da qualidade dos alimentos
É importante que as notícias do agro cheguem de maneira correta aos moradores dos grandes centros urbanos. A maioria destes consumidores de alimentos...



Fiquei muto feliz com essa matéria, não tive palavras para mencionar o significado de tudo isso quando foi feito uma pausa para uma pequena reunião nesse dia da matéria, sobre a gratidão para com a nossa turma no 26 de agosto, isso tudo é incrivel, ao ver, sentir o reconhecimento de poucos em relação ao funcíonário público, pois somos taxados de vários rótulos, muitos deles sem nexo, enquanto que nessa máteria, retratou um perfil de uma turma , uma equipe, uma familia,.. lá atendemos do mais pobre ao mais alto escalão de fortuna da sociedade sem distinçao, obrigada pelo reconhecimento. Vou continuar fazendo jus a isso e a muito mais, com certeza a nossa equipe da ubs 26 de agosto estamos nas nuves...
 
Antonia Siqueira em 19/06/2011 09:43:08
Que texto lindo!
Amei sorver cada uma de suas palavras. É possível observar que a gentileza também emana de sua pessoa.
abraços
Sandra L. Felix de Freitas
enfermeira
 
Sandra Freitas em 19/06/2011 08:25:39
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions