A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 11 de Dezembro de 2016

26/01/2011 06:43

Investindo no aumento da miséria!

Lucimar Couto

“Mantega anuncia que o mínimo vai a 545 reais”. O cara não tem mesmo vergonha ao dizer isto. Significa basicamente investimentos no aumento da miséria, ou seja: vamos assistir mais um desgoverno petista aumentando mais a miséria deplorável do povo brasileiro, cuja maioria sempre viveu na pobreza.

Este é ou não é o país da enganação governamental? No entanto, para eles não existem enganações quando ganham os salários milionários, que ninguém pode mexer, ou reclamar. O salário mínimo deveria estar beirando os 2.000 reais e não esses miseráveis 545 reais. O novo mínimo valerá a partir de fevereiro, mas somente será pago em março.

Quê bacana, hein? Como é bom judiar do povo? Fazem tal e qual os nazistas faziam com os judeus: deixar como está para morrerem mais para frente depois de muito trabalhar como escravos. Cada dia que passa se vêem esses nossos falsos políticos como verdadeiros gângsteres. Do jeito que estão fazendo a coisa funcionar parece que só vai ter resultados daqui uns quinhentos anos.

Ou seja: vale para fevereiro, mas será pago somente quando “eles” quiserem. A politicalha brasileira quer mesmo é ver o pobre chorar e morrer de fome, sem nenhum verdadeiro e concreto auxílio. Tanto a politicalha, quanto os ricos brasileiros adoram observar o pobre passando fome, necessidades prementes e com salários absurdos, mesquinhos, enriquecendo mais quem já está podre e fedendo de rico. É o cúmulo da desgraça ao vivo e muitíssimo semelhante ao nazismo porque de democracia mesmo não vemos nem sentimos nada. Pelo contrário estamos achacados.

Este novo governo é lenha que não queima, só faz fumaça. O anterior não queimava nem fazia fumaça, só enganava mesmo. E o povão adorou e adora ele só porque é feio, barbudo e quase anão. Anão porque só dizia “não” para o povão. Acho que apenas eu e mais ninguém detestou ele e a falsa política dele.

Apenas eu e a natureza já que esta última está violentamente com raiva do povo brasileiro! Buracos se abrem no solo e engolem vilas inteiras; tenebrosos deslizamentos mudam as paisagens paradisíacas e 800, ou mais pessoas perderam a vida. Mais um desmazelo, uma tragédia, um desleixo governamental. A cronologia das tragédias brasileiras consta no Comércio do dia 15.01.11, página 15. Desde o ano de 1996 até este ano morreram um total que pode aumentar de quase três mil pessoas e mais de 500 mil ficaram desabrigados.

Atualmente o período chuvoso mal começou e já temos quase 800 brasileiros que partiram para a terra do “Nunca”, deixando mais ou menos 400 ou mais desaparecidos, que no meu entender estão mais mortos do que vivos. Nem mesmo na Segunda Guerra Mundial morreram tantos brasileiros inutilmente.

Para piorar, os nossos governantes investem mais no aumento da miséria brasileira.

Um salário mínimo mais miserável do mundo. E quem vive miseravelmente não tem condições de se educar em escolas, melhorar o padrão de vida, aprender e conhecer o comportamento da natureza em relação ao homem. Muitos buscam seus alimentos nos lixões além de perder a vida em meio aos barrancos cheios de lama.

Leio texto do Advogado José Carlos Freitas de Cara onde diz o seguinte em seu artigo intitulado Os interesses próprios e homicidas: “A culpa é nossa! Por elegermos representantes que nos persuadem com promessas vazias. Quantos dos políticos das cidades afetadas pelas inundações não cooptaram votos mediante promessas de permitir moradias em lugares de riscos?”. Isto é uma absoluta verdade! Enquanto o povo acreditar nessas “coisas hediondas” chamadas de “políticos”, muito sangue será derramado. Sangue do povão e não dessas “coisas hediondas!”

A coisa fede e fede muito! José Carlos continua: “Pensem senhores: quantas leis ambientais foram alteradas para beneficiar os infratores? Quais os motivos de tais alterações, se não criaram novos institutos a favor dos interessados? Algumas vezes vimos órgãos de fiscalização com capacidade de ação?

Quantas decisões dos poderes constituídos beneficiam os exploradores do nosso meio ambiente? Quantos milhares de hectares de florestas foram destruídos para a implementação de propriedades rurais e urbanização?”.

A Mata Atlântica com pouco mais de 10% de áreas de florestas já foi para o brejo. Em breve será nossa amada e famosa floresta Amazônica secando e destruída indo também para o brejo.

Somos ou não somos responsáveis por todas essas desgraças? Somos responsáveis porque não temos a coragem de protestar! De Berrar! De gritar! De fazer passeatas! Mas, para pular carnaval, fazer a passeata gay, assistir futebol e sair bebericando cachaça com cerveja nós estaremos sempre de plantão. É pura energia atirada ao lixo. É pura falta de brasilidade, ou um falso amor pelo Brasil e pelo povo brasileiro.

Quantos gritos deverão ser dados para que os ouvidos moucos dos políticos se abram? Acho que a politicalha brasileira sequer tem ouvidos para ouvir, nem olhos para ver, nem mesmo um coração que ame este país! Eles amam mesmo é o dinheiro público ao transformarem magicamente esse dinheiro em propriedade particular.

E os brasileiros pendurados em precipícios e as florestas e os animais deste país que se danem! Mas, a vingança sempre virá à cavalo e a natureza não está mais respeitando comezinhos, está mais revoltada do que Stalin quando Hitler invadiu a URSS.

É uma pena que um país chamado Brasil, tão lindo, esteja cada dia que passa mais horroroso dentro dos falsos corações dos ricos e abastados em demasia e principalmente da politicalha plantonista. Tiririca, por favor, ajude-nos a sorrir! Conte para nós algumas piadas de políticos ladrões! É bom dar umas boas gargalhadas sarcásticas! Meu caro Tiririca, você é o palhaço que representa todos nós povo: os palhaços deste circo chamado Brasil.

(*) Jeovah de Moura Nunes é escritor e jornalista. Autor do romance “A cebola não dá rosas” entre outros livros.

Cinco ações que devem ser evitadas em 2017
Ao fim de cada ano, realizo uma pesquisa com funcionários de empresas de todo o Brasil para avaliar quais foram as coisas que mais impactaram na prod...
A aviação e suas regras
A aviação conseguiu, em menos de um século, aproximar os continentes, as empresas e, principalmente, as pessoas. Foi uma evolução tão rápida que não ...
Lei Orgânica da Assistência Social – 23 anos
Nos últimos anos, a Assistência Social vem construindo uma nova trajetória, organizando-se sob novos padrões e afirmando-se como parte integrante do ...
Morre no trânsito o equivalente a 2 aviões da Lamia lotados por dia
Por dia, no Brasil, morrem em acidentes de trânsito o equivalente a ocupantes de dois aviões da Lamia, que transportava o time inteiro da Chapecoense...



Parabéns pela materia e pelos comentarios. Que bom seria se educação e cultura fosse objeto de desejo e interesse do povão. Acredito ser esse o caminho mas, quem se inressa por educação e cultura neste país? Não acredito que o voto resolva, quais os politicos honestos que realmente trabalham como representantes do povo? Se há, esses não aparecem, não deve ter dinheiro para fazer propagandas. É só verificar quem foram os candidatos a governo de nosso Estado. Tivemos em quem votar? Teremos em quem votar?
 
Antonia Glorizete de Almeida em 28/01/2011 10:40:38
Agradeço muitíssimo aos leitores pelas leituras deste meu artigo. Principalmente pelos comentários, os quais dão-me força e coragem para continuar. Não tenho receio de ser perturbado, ou perseguido pelos poderosos de plantão. Viver eternamente não é minha meta. Viverei até quando o Paizão quiser. Muito Obrigado a todos...

Jeovah de Moura Nunes
 
Jeovah de Moura Nunes em 28/01/2011 07:55:00
Caro Jeovah, voce está com a razão. Sou mais um dos que comunga inteiramente com seu manifesto sem retirar uma só vírgula. O Brasil está inexoravelmente entregue aos políticos exploradores em todos os seus níveis. Oposição não há, daí o terreno fértil para todo tipo de malandragem e falcatruas. A idiotice que varre a América Latina levou o povão a cultuar cegamente o populismo desenfreado que o engana com migalhas e palavras miraculosas para se perpetuarem no poder pelo voto. Com isso, retiram vantagens e mais vantagens para si e seus apaniguados, numa ambição ilimitada jamais vista, por oportuno, veja o reajuste dos vencimentos dos deputados. Enquanto isso, o "cidadão" recebe as migalhas com uma das mãos e lhe entrega o voto com a outra. É a triste verdade o que voce escreveu. Receba meus cumprimentos por tão brilhante matéria. Continue escrevendo, use o talento que Deus lhe deu, e eu aqui solitariamente, vou continuar torcendo para que jamais esmoreça, confiando nas bençãos que o Senhor Deus há de te conceder em todos os dias de sua vida. (Ademir Damasceno Gomes-advogado OAB/MS 4543 - ademirgomes134@hotmail.com).
 
ademir damasceno gomes em 26/01/2011 09:26:42
Mas o "POVO" que idolatra o "BUFÃO LULA" e que elegeu a sua sucessora, já sabia que iam continuar na penúria, mas preferiram continuar se enganando de que hoje graças a ele, vivem no melhor país do mundo, e que suas vidas e necessidades melhoraram mil vezes, tem razão, NUNCA NA HISTÓRIA DESTE PAÍS, vimos tanto "PÃO E CIRCO."
 
Antonio Mazeica em 26/01/2011 09:18:46
E por falar nisso os salarios dos servidores do estado de Mato Grosso do Sul vai muito bem, a saúde da populacao tambem vai muito bem principalmente afinal o prefeito e o governador do estado são médicos.
 
Antonio Messias Barbosa em 26/01/2011 09:09:25
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions