A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 03 de Dezembro de 2016

04/07/2013 09:20

Jogo bruto de Dilma e Padilha contra os médicos

Por Ruy Sant’Anna (*)

A brasileira e o brasileiro são pessoas fortes, persistentes, mas vibrantes e emocionais. Sobretudo, observa-se que não são egoístas e lutam por bandeiras de gente com outros problemas que não apenas os seus. Nessa hora as diferentes reclamações tornam-se uma só, na identidade nacional.

Veja Mais
A Odisseia da Chape
Comunicação da qualidade dos alimentos

Por isso as perguntas como seria possível controlar a emoção de quem vai para as ruas protestar, lutar por mais investimentos em saúde, educação, segurança, enquanto o governo gasta absurdos com estádios de futebol faraônicos, até com transferência do Maracanã para particular?

Isso acontece enquanto pessoas morrem à míngua sem atendimento nos hospitais públicos. Enquanto o ensino público desanda e é necessário o universitário de medicina pagar por uma formação acadêmica que não é valorizada pelo governo federal, e que lhe paga pelo SUS quantias aviltante pelos procedimentos cirúrgicos.

Seria possível controlar a emoção de quem vai para as ruas lutar contra o aumento nas passagens de ônibus, porque não vai mais conseguir pagar o transporte público para ir e vir ao trabalho, à escola e às atividades de lazer? Como não demonstrar indignação quando as pessoas que dependem de ônibus e devido a constantes atrasos elas vivem na ameaça diária de perder o emprego?

Enquanto o Governo Federal concede isenções absurdas para a indústria automobilística privilegiando o transporte individual e penalizando o transporte coletivo? Ou punindo a indústria de produtos hospitalares com pesados impostos, enquanto para agravar a situação, dificulta a importação de modernos e atuais aparelhos que facilitariam o atendimento mais rápido e eficaz de pacientes?

Seria possível controlar a emoção de famílias inteiras, mais parentes e amigos de jovens ou de não tão jovens que se sacrificam, investem o que tem e o que não tem, torcem e rezam para que os acadêmicos de medicina concluam seus estudos, estágios e extensão de curso? Como explicar a injustiça dos que sentem que a espada do governo carrasco, prefere beneficiar médicos estrangeiros em prejuízo de brasileiros, cortando-os do atendimento às cidades do interior?

Dá para esconder a emoção dos milhares de médicos brasileiros que sabem que o governo federal os está trocando por uma falsa solução? Dá para entender o porquê de tanto privilégio aos “importados” que não passarão pela revalidação profissional, através de exame específico e irão para o interior? Como admitir essa grotesca e criminosa intenção do governo federal, se na ponta desse problema tem vidas humanas que gemem de dor e pedem cura; enquanto o que está disponível são postos de saúde com pouca ou nenhuma condição para atendimento médico e nem ambulatorial; com falta de esparadrapo e linha de sutura, etc.?

Em sã consciência, é possível os médicos conterem a emoção ao saberem que, por mais que o prefeito queira socorrer a população de seu município que merece o melhor atendimento médico e de enfermagem, não poderá contratá-los, por não ter condição financeira? E se o fizer não poderá honrar o compromisso?

Mas, o governo federal está prometendo o mundo e o fundo para os “importados” sem nem informar como conseguirá manter esses profissionais, descompromissados com as leis brasileiras, no interior.

Dá para a classe de profissionais médicos brasileiros ser destratada na cara do mundo inteiro, pelo governo federal de seu país, assim, impunemente? Sem, se quer tentar ou analisar a criação da carreira médica federal nos quadros do SUS?

Mas, os médicos “importados”, que não comprovarão suas competências e eficácias profissionais poderão ir para o interior brasileiro, em situação privilegiada.

Entre tantos desmandos que são ignorados, premeditadamente, pelo governo, daria para controlar a emoção e/ou sobressalto de quem vai às ruas defender a honestidade para os negócios com o dinheiro público, enquanto o governo federal equipara-se aos vândalos e saqueadores contra os interesses do povo?

Como tratar quem se insurge contra a gente brasileira, de olho torto nas próximas eleições? Que assim pretende reeleger-se presidente da República e quer “fazer” governador de São Paulo, seu ministro da Saúde, a qualquer preço? Mesmo pisando na lei para proteger o vândalo “importado”? O povo brasileiro merece esse brutal tratamento, que no fim atinge diretamente toda a população?

A presidente Dilma e o ministro Padilha, voltados para a eleição de 2014, querem sacrificar ainda mais os médicos como se eles fossem responsáveis pela inoperância do desgoverno. Pela falta de medicamentos e investimentos em materiais hospitalares, por exemplo.

O ministro Padilha, por outro lado, propõe um edital de chamamento com uma avaliação de três semanas já no Brasil. Isso é ou não é uma armação? Três semanas, para médicos que têm responsabilidades nas localidades onde residem? Que têm família com filhos estudando? Que têm pais que dependem desses filhos médicos? Dilma e seu palaciano Padilha não querem responsabilidades, por isso as propostas, no mínimo absurdas!

O governo continua obscuro em suas promessas, aos médicos nacionais, enquanto brutaliza ações contra os brasileiros.

No seu jogo bruto tenta mais uma vez colocar os médicos brasileiros na parede. Diz que abrirá chance de os brasileiros se “candidatarem” a irem para o interior do país, e que caso isso não seja conseguido privilegiará os “importados”.

Por que a presidente não age limpo com os médicos brasileiros? Por que não anuncia suas exigências aos médicos? Por que não disse por quanto tempo pretende manter o contrato com os médicos brasileiros no interior? Por que não diz como ficarão os médicos que forem contratados, ao término desse prazo?

Por que esse sentimento tão cruel e mal disfarçado contra os médicos brasileiros?

Enquanto os fatos desenrolam-se, às claras para os “importados” e na escuridão com os brasileiros, a reclamação, a emoção e a injustiça gritam nas ruas, numa só voz. A população vai às ruas e junto os médicos que sonham com um país engrandecido e sua gente respeitada em seus direitos, numa verdadeira Nação de Gigantes. Nessa convicção uno-me e lhes dou bom dia, o meu bom dia pra vocês.

(*) Ruy Sant’Anna é jornalista e advogado.

A Odisseia da Chape
Não tenho dúvidas de que o esporte funciona como uma metáfora da vida. As mazelas e dramas humanos estão presentes em todas as etapas da trajetória d...
Comunicação da qualidade dos alimentos
É importante que as notícias do agro cheguem de maneira correta aos moradores dos grandes centros urbanos. A maioria destes consumidores de alimentos...
Ponte com o futuro
O agronegócio brasileiro é carta importante no jogo geopolítico mundial. De acordo com a FAO (Organização das Nações Unidas para a Alimentação e Agri...
Tendências e atitudes
Professores e economistas como Simão Davi Silber, Ricardo Amorim, Zeina Latif, entre outros sinalizam melhoras na economia para os próximos anos. Enq...



Concordo com voce Claudinei. Eles esqueceram que O SOL NACE PARA TODOS, e que quando dizem que gastam o que tem e o que não tem para se formar, esqueceram que ocuparam o lugar de quem não tem codições de pagar, nas universidades públicas, e agora se fazem de injustiçados com a FAMINGERADA GANÂNCIA. veja o custo de uma consulta R$ 300,00,... Se realmente se preocupassem com os problemas da nossa pupulação seria no máximo R$ 100,00, e assim aínda querem convencer quem com esse discurso de coitados, que disso não tem nada? Que venham e sejam bemvindos os importados e s Brasileiros que estão estudando e se formando na Bolívia e Paraguai, para o bem da nossa saúde.
 
Luiz Rodrigues em 04/07/2013 15:07:55
PUTZ, ELES GANHAM BEM PRA CARAMBA!!!
Legal se vc pensou assim, mas tbém já pensou que o que adiantar ganhar "bem pra caramba" e não ter condições de atender e cuidar de seu "publico" ou "clientes"??
Adianta vc ter saldo no banco e não ter agulha, remedio, leito, sala para operar e muuuitas coisas mais para atender aquele a quem vc fez um juramente de ajudar acima de tudo??
Não é uma lutar para se ganhar mais ou manter o ganho, é uma luta pela sua saúde!!
Se querem vir blz, mas faz o revalida como qualquer brasileiro que paga seus impostos faz!!
 
Fabyeni Lopes em 04/07/2013 14:57:40
Parabéns pela matéria lucida e verdadeira. Que se dê condições ao medico brasileiro e a todos os componentes da equipe multidisciplinar , e teremos médico na saúde pública. Não faltam médicos faltam condições de trabalho. Falta maior investimento em saúde. Para começar ,10% do PIB já amenizaria a situação desde que se tenha acompanhamento de projetos para a saúde e combate eficiente à corrupção.
 
Marco Antonio Leite em 04/07/2013 13:36:42
Parabéns pela matéria ! A população precisa ser alertada contra esta proposta de se trazer médicos estrangeiros sem qualificação. Precisa-se sim de um governo sério que invista em saúde pública. Precisamos de hospitais, médicos de verdade, medicamentos, de equipes multiprofissionais(médicos, enfermeiros, bioquímicos , assistentes sociais, fisioterapeutas ,auxiliares de enfermagem, radiologistas etc) . Esta é a proposta da população quando foi às ruas.
 
Marco Antonio Leite em 04/07/2013 13:30:04
É muito gratificante lermos artigo com tamanha lucidez e conhecimento dos reais problemas da saúde publica brasileira. É muito fácil governar um Pais com medidas simplistas e eleitoreiras quando na realidade o descaso com a saude publica se arrasta há muitos anos. Onde estão os 17 bilhões que deveriam ser investidos em saude e nao foram? . A irresponsabilidade é tamanha que agora querem trazer falsos medicos para atenderem a população . Os chamamos de falsos porque sem a comprovação de qualificação profissional assim serão conhecidos. A população que foi as ruas pediram saude de qualidade. Pediram medicos verdadeiros, hospitais, medicamentos ,centros de especialidades medicas, ambulâncias, aparelharemos dos
Hospitais e equipe multidisciplinar.
 
Marco Antônio leite em 04/07/2013 13:12:33
a vida é primordial, a doença não espera , ela mata. deixa de demagogia e vamos aceitar tudo o q for melhor para a saúde.deixa vir os medico estrangeiros para somar pois os medicos brasileiros são almofadinhas , tem nôjo de pobres e nos consultórios particulares nos tratam muito mal, são mal educados
 
ELZA LEÃO em 04/07/2013 11:11:32
Concordo com a Placida Barros, que também esses médicos são maioria filho de ricos e formados com nossos impostos. Depois de formados deveriam era pagar com serviço a faculdade. Eu pago plano de saúde e demora um mês para ser atendido; está faltado médico e tem que vir mesmo de fora. Os EUA tem 30% de médicos estrangeiros atuando no país. Aqui tudo tem mafiazinha para querer manipular.
 
luiz alves em 04/07/2013 10:49:40
É estranho a classe Medica fazer todo este alvoroço em torno da abertura a médicos estrangeiros, quando sabemos que no nosso vasto território existe a necessidade de milhares de médicos nos rincões mais distantes que mesmo quando as prefeituras oferecem salario que ultrapassam R$ 15.000,00 mensais, não existem interessem por parte da classe pois o local é longe, distante dos grandes centro, etc. Já que não interesse por parte dos médicos brasileiros de atender esta parte da população, por que não permitir que os estrangeiros o façam?
 
Claudinei Faustino em 04/07/2013 10:46:47
Ta faltando médicos, sim e muitos. Quando se quer marcar uma consulta com um determinado especialista, mesmo particular a demora é grande, mesmo dizendo que é com urgência não tem jeito. Há muito descaso de alguns médicos, achando que são melhores que outras pessoas.
 
Placida Barros em 04/07/2013 10:33:18
Muito boa matéria! Traduz os acontecimentos recentes e tristes! São necessários um Plano de carreira para médicos do SUS, salários e condições de trabalho dignas, além de boa gestão! Boa gestão inclusive para coordenar o trabalho nos postos de saúde e hospitais públicos e garantir que os atendimentos sejam feitos de maneira adequada. DEPOIS DE DAR CONDIÇÕES DIGNAS DE SALÁRIO E AMBIENTE DE TRABALHO AOS PROFISSIONAIS DE SAÚDE, É POSSÍVEL COBRAR DELES UM SERVIÇO DE QUALIDADE!
 
Clarissa Bornemann em 04/07/2013 10:24:52
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions