A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 04 de Dezembro de 2016

12/10/2016 15:04

Maria no Plano da Salvação

Por padre Marcio Prado (*)

Deus manifestou o seu amor, por excelência, ao enviar seu filho Jesus Cristo, que revela sua face misericordiosa e salvadora. Deus quis, quer e salva a humanidade em Jesus Cristo. A Igreja Católica não só reconhece e professa isso, como promove encontros com o Salvador, Jesus.

Veja Mais
A modernização das leis do trabalho: oportunidade, não oportunismo
Educação e o futuro da alimentação

Na história da salvação, Deus usou de muitas pessoas até chegar em Maria, cujo papel foi fundamental. Ela não salva, não cura, não liberta, não realiza milagres. Contudo, Maria é a Mãe do Salvador e intercede para que tudo isso aconteça.

Todos nós temos um carinho especial pela figura da mãe, que dá a vida, tem paciência e nos ajuda a dar os primeiros passos. Geralmente, as nossas mães são assim, acompanham, torcem, chamam a atenção, preocupam-se e até exageram nos cuidados. É inegável, mãe é mãe: forma, educa, se preocupa e mostra o bom caminho.

Em nosso amado Brasil, de tantas raças, cores e sabores, de tantos “Josés e Marias”, Deus quis se manifestar e apresentar seu Filho, o Salvador, Jesus, através da imagem da Senhora “Aparecida”.
Ela foi encontrada nas águas barrentas do rio Paraíba do Sul que corta o Vale do Paraíba, no ano de 1717, quando alguns pescadores lançavam as redes em busca de alimento para uma pessoa importante, o conde. Já cansados pelo insucesso da pesca, numa das últimas tentativas, apanharam a imagem do corpo de uma santa.

Depois, um pouco adiante, lançaram a rede novamente e resgataram a cabeça, que se encaixou perfeitamente no corpo da imagem, na qual viram um sinal divino, a proteção da Mãe do céu. Então, os pescadores fizeram uma prece e, mais uma vez, lançaram as redes e conseguiram peixes em abundância.

Entre tantas mulheres, Deus escolheu Maria, na sua humildade, para ser a mãe do Senhor. “Na plenitude dos tempos, Deus enviou o seu Filho, nascido de uma mulher... para que recebêssemos a adoção filial” (Gl 4,4s). Deus quis de maneira simples engrandecer a jovem e humilde virgem Maria, dando a ela a graça e a responsabilidade de ser a mãe do Salvador.

Da mesma forma, Ele quis se manifestar através da pequenina imagem encontrada (aparecida) no rio. Maria, importante para Deus por ser a mãe de Jesus, se manifestou por vontade de Deus na simplicidade do interior de São Paulo. Maria, a Aparecida, importante em virtude de Cristo, tornou importante aqueles pescadores, assim como torna importante tantos homens e tantas mulheres que trouxeram e trazem suas angústias, aflições, medos, enfermidades... até o Santuário Nacional de Aparecida, no Vale do Paraíba.

Não é possível enumerar tantas graças, curas e conversões que a Mãe Aparecida intercedeu junto a Jesus. A Mãe de Deus continua a atrair milhões de pessoas e, do seu colo, os oferece e apresenta ao seu Filho Jesus, para que realize o que é necessário na vida de cada um. Não tenha medo de achegar-se ao colo da Mãe! Eleita por Deus, ela aprendeu com o Pai que se deve acolher e tornar importantes os simples e excluídos.

Pode se achegar ao colo de Maria, tem lugar para você!

(*) Padre Marcio José do Prado, natural de São José dos Campos (SP), é sacerdote da Comunidade Canção Nova e Vice-Reitor do Santuário do Pai das Misericórdias. É autor do livro “Entender e viver o Ano da misericórdia”, pela editora Canção Nova.

 

A modernização das leis do trabalho: oportunidade, não oportunismo
Crises econômicas em qualquer país do mundo ensejam debates sobre reformas. São nos cenários de recessão prolongada que as nações se defrontam com se...
Educação e o futuro da alimentação
Educação deve colaborar na preparação de todos para o pleno exercício da cidadania e, especialmente, formar os jovens para uma vida profissional que ...
Convenções internacionais e competitividade
O Brasil precisa atuar com mais critério na hora de analisar e ratificar convenções multilaterais, especialmente as negociadas no âmbito de entidades...
A Odisseia da Chape
Não tenho dúvidas de que o esporte funciona como uma metáfora da vida. As mazelas e dramas humanos estão presentes em todas as etapas da trajetória d...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions