A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 03 de Dezembro de 2016

08/02/2013 15:25

Olha o leão aí, gente !

Por Luzia Felix (*)

A fala corrente é que o brasileiro só inicia as suas atividades após o Carnaval. Percebe-se que em todos os veículos de comunicação o foco está voltado a esta festa que muitos aguardam ansiosamente para liberar a adrenalina ou o estresse de um ano inteiro. Para quem curte a festa considera-se um momento ímpar.

Veja Mais
A Odisseia da Chape
Comunicação da qualidade dos alimentos

No entanto, ainda que o momento seja de alegria e festa não se pode esquecer de eventos que merecem uma atenção especial. Em breve, a Receita Federal vai liberar o programa do Imposto de Renda Pessoa Física que deverá ser entregue até o dia 30 de abril.

A cada ano o sistema tem se aperfeiçoado e exigido mais informações a respeito dos gastos efetuados pelos contribuintes. Dessa forma exige um maior controle das pessoas que estão obrigadas a entregar a declaração de rendas.

Como se sabe normalmente se tem a cultura de deixar para o último instante a entrega dessa exigência. No entanto, poucas pessoas que se preocupam em durante o ano, ir deixando os documentos já organizados para facilitar o preenchimento no momento em que o programa for liberado.

Nos últimos anos a Receita Federal tem deixado claro que um dos critérios utilizados para a devolução do valor retido indevidamente no ano anterior é a do prazo de entrega da declaração. Além disso, aqueles que entregam primeiro também recebem primeiro.

Passadas as festividades e com a disponibilização do programa pela Receita Federal, o mercado financeiro lançará campanhas já com a intenção de induzir o contribuinte a comprometer a possível restituição, antecipando-a na forma de empréstimos.

É importante perceber que esse empréstimo sempre tem um custo alto e que nem sempre é restituído no valor que se espera ou foi preenchido na declaração. Dessa forma é interessante que pessoas que já possuem valores retidos no ano de 2012, se preocupem em juntar todos os comprovantes dos gastos para facilitar o preenchimento das fichas do programa ou evitar que até mesmo por esquecimento se deixe de lançar algumas despesas diminuindo o valor a ser recuperado.

Acredito que se cada uma das pessoas, que já sabem dessa obrigatoriedade, aproveitasse o intervalo entre as festas de fim de ano e o período do Carnaval para reunir e organizar todos os documentos auxiliaria em muito o trabalho a ser realizado na hora do preenchimento.

Essa simples atitude poderá facilitar uma possível antecipação dos valores retidos a maior, uma vez que otimizará atender às exigências e, consequentemente, antecipará a entrega da declaração para a Receita Federal.

Outrossim, evitará deixar valores relevantes fora da declaração, o que obrigará o contribuinte fazer um segundo processo que se chama declaração retificadora. Infelizmente, se percebe que boa parte das pessoas não tem o costume ou a consciência da importância de organizar e guardar documentos.

Como se sabe, os fatos só têm validade se feitos de forma escrita, dessa forma é imprescindível guardar todos os documentos que comprovam os gastos efetuados para que sejam ressarcidos em tempo oportuno ou quando de direito.

Então, se você é uma dessas pessoas, não perca a oportunidade!
Aproveite o tempo, reúna os documentos e otimize a sua declaração de imposto de renda de 2012/2013, entregando-a o quanto antes.

(*)Luzia Felix, coordenadora do curso de Ciências Contábeis, professora no curso de Administração e de pós-graduação do Centro Universitário Anhanguera de Campo Grande

A Odisseia da Chape
Não tenho dúvidas de que o esporte funciona como uma metáfora da vida. As mazelas e dramas humanos estão presentes em todas as etapas da trajetória d...
Comunicação da qualidade dos alimentos
É importante que as notícias do agro cheguem de maneira correta aos moradores dos grandes centros urbanos. A maioria destes consumidores de alimentos...
Ponte com o futuro
O agronegócio brasileiro é carta importante no jogo geopolítico mundial. De acordo com a FAO (Organização das Nações Unidas para a Alimentação e Agri...
Tendências e atitudes
Professores e economistas como Simão Davi Silber, Ricardo Amorim, Zeina Latif, entre outros sinalizam melhoras na economia para os próximos anos. Enq...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions