A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 03 de Dezembro de 2016

15/01/2014 09:52

Porta dos Fundos blasfema contra Deus e zomba da fé dos brasileiros

Paulo Roberto Campos (*)

Às vésperas do último Natal, humoristas do programa da “Globo” denominado Porta dos Fundos, sob a responsabilidade principal do ator Fábio Porchat (declaradamente ateu), difundiu um vídeo Especial de Natal escarnecendo de modo vil da Religião — principalmente de Deus e da Santíssima Virgem.

Veja Mais
Convenções internacionais e competitividade
A Odisseia da Chape

Em tal vídeo, os ridículos atores ofendem gravemente os valores cristãos, procuram ridicularizar a fé da imensa maioria dos brasileiros, lançam as mais chulas zombarias (e de péssimo gosto) contra o catolicismo e a moral pregada pela Santa Igreja, bem como contra seus ensinamentos relativos ao Nascimento e à Crucifixão de Nosso Senhor Jesus Cristo.

Os responsáveis e participantes do ignóbil programa responderão agora à justiça humana (que poderá falhar) e, mais tarde, à Divina Justiça de Deus (que nunca falha). Lembrem-se eles da judiciosa sentença de São Paulo Apóstolo em sua Epístola aos Gálatas: “Não vos enganeis: de Deus não se zomba. O que o homem semeia, isso mesmo colherá” (Gal. VI, 7).

Quanto à “justiça humana”, em 13-1-14 a Associação Nacional Pró-Vida e Pró-Família deu entrada no Ministério Público Estadual do Rio de Janeiro de uma ação criminal contra o grupo Porta dos Fundos.

Acessando o site da Agência Boa Imprensa, o leitor poderá tomar conhecimento do documento, encabeçado pelo diretor de imprensa da mencionada associação, Prof. Hermes Rodrigues Nery, que, fundamentado no Código Penal Brasileiro denuncia Porta dos Fundos por crime de preconceito e ódio à Religião.

(*) Paulo Roberto Campos é jornalista e colaborador da ABIM.

Convenções internacionais e competitividade
O Brasil precisa atuar com mais critério na hora de analisar e ratificar convenções multilaterais, especialmente as negociadas no âmbito de entidades...
A Odisseia da Chape
Não tenho dúvidas de que o esporte funciona como uma metáfora da vida. As mazelas e dramas humanos estão presentes em todas as etapas da trajetória d...
Comunicação da qualidade dos alimentos
É importante que as notícias do agro cheguem de maneira correta aos moradores dos grandes centros urbanos. A maioria destes consumidores de alimentos...
Ponte com o futuro
O agronegócio brasileiro é carta importante no jogo geopolítico mundial. De acordo com a FAO (Organização das Nações Unidas para a Alimentação e Agri...



Existe ainda no Brasil alguém que faz humor? São todos sem humor. Pobre coitado dos brasileiros que acham divertidos este Fabio Porchat & Cia Ltda.
 
Lucas Janusckiewicz Coletta em 18/01/2014 18:36:41
Parabéns ao jornalista Paulo Roberto,

Excelente artigo e muito corajoso. Em um momento da história muitos alienados defendem a liberdade de expressão sem o compromisso da responsabilização dos atos, alguns grupos se acham acima da lei para fazer o que quiserem, independente do próximo e da sociedade. Que a lei dos homens seja aplicada a essa empresa Porta dos Fundos e a lei Divina com certeza será aplicada.
 
Felipe Derrcio em 16/01/2014 14:40:07
Ricardo Borett, pelo contrário, eu não concordo com Mériele nem com o Ezequiel. O que estes dois conseguiram foi mostrar que são intolerantes com a posição religiosa daqueles que não aceitam que se escarneça de Jesus Cristo. Aqueles que têm religião estão no direito (inclusive segundo a Constituição) de protestar contra PORTA DOS FUNDOS, que fez aquela palhaçada com os valores cristãos. Ademais, o fizeram de maneira baixa, sem nenhuma criatividade. É fácil fazer um programa criticando a religião o difícil é fazer humor com categoria e originalidade. Eu protesto contra esta porcaria de programa (ESPECIAL DE NATAL) que não respeita sequer o Menino Jesus. Eu mandei mensagem pedindo à Itaipava para retirar o patrocínio. Se o chulo programa fosse contra a religião muçulmana, iriam ver o que ac
 
Lucio Garcez em 16/01/2014 10:51:18
O humor ainda vai salvar o mundo e nos fazer pensar mais e mais. Viva a liberdade de expressão e a arte.
 
Celso Amaral em 16/01/2014 10:20:32
Mériele e Ezequiel, vcs conseguiram, em poucas palavras, dizer TUDO! PARABÉNS pela sábias palavras! E que a hipocrisia que toma conta da sociedade seja extinta da vida dos cidadãos "pensantes"! To com vcs e não abro! Mais uma vez, PARABÉNS!
 
Ricardo Boretti em 15/01/2014 19:43:51
Aí ateus....vocês terão que suar muito a camisa para derrotar o cristianismo!!!
Jesus vive e viverá por muitos...muitos....e muitos anos ainda............
 
gladis alaia em 15/01/2014 18:51:29
Caro jornalista não será você que vai julgar alguém.
Vai denunciar o que vale a pena, o que se precisa ser mostrado para a população.
Isso que você esta fazendo e nada mais que querer aparecer, e assim gerar mais aborrecimentos para os demais, como você mesmo disse quem vai punir ou não alguém e Deus, então porque comentar, isso e nada mais que fofoca e assim você também e um pecador.
 
rodrigo garcia em 15/01/2014 16:06:10
Esse jornalista além de ser mal informado é um boçal por completo!!
Ele tá achando que todos são católicos?!! Ou que todos concordam com a história que a "Santa Igreja" coloca?!!
A Campo Grande News, têm cada uma...
... pra rir!!
 
Faihany Rondon em 15/01/2014 14:11:49
Caro jornalista católico apostólico romano Paulo roberto campos,
Em primeiro lugar quando se faz uma reportagem tem que haver imparcialidade, onde fica o direito de expressão que a tua categoria lutou?
Antes de fazer um trabalho erroneo como este teu, informe-se, pondere-se, tire de lado os teus pré-conceitos em principal a tua religião.
Você assistiu o especial do porta dos fundo por livre e espontânea vontade, alguém forçou ?
Agora se este tipo de humor fere os preceitos religiosos, por favor assista mais o canal da Igreja católica, lá não terá nada que ira contra Esse teu Deus ea " Santissima Virgem ".
Vá fazer uma reportagem sobre a politica suja, sobre a fome, o desemprego, os artistas de rua, a lei do silêncio e etc...
Oque me deixa mais encabulado é como o Editor deixou isso?
 
Edson Junior em 15/01/2014 13:57:08
pelo jeito, esse site tá cheio de fanáticos religiosos também, se orientem...
 
Bruno Koch em 15/01/2014 13:20:09
Prezado Senhor Roberto Campos,
Lamento que um "jornalista" escreva um texto tão mal, pois faltou, dentre outras coisas, o Sr. argumentar a favor de suas afirmações. Só há falácias ad hominem ( "rídcículos" , "ateus", "ignobil" ). Além disso, em vez de o Sr. expor um texto argumentativo, que seria o desejável em um espaço como esse, o seu texto está muito mais próximo de uma pregação. Isso é péssimo para um jornalismo de qualidade. As ideias religiosas assim como as de uma teoria política ou estética estão sujeitas a argumentos irônicos, a reduções ao absurdo, isso não tem nada a ver com "escárnio". Mas é sempre assim: os religiosos, em especial os cristãos, proferem discursos preconceituosos e intolerantes contra tudo e todos, mas contra eles ninguém pode falar nada. Parece a Inquisição.
 
Ezequiel Cardozo da Silva em 15/01/2014 13:08:37
..."fundamentado no Código Penal Brasileiro denuncia Porta dos Fundos por crime de preconceito e ódio à Religião." Tá certo. Que tal então denunciarmos as igrejas pelo mesmo crime, que é cometido repetidamente em diversos templos, das mais diversas religiões?
Ou você vai me dizer agora que dizer que os homossexuais vão para o inferno é pregar o amor para com eles?

Vamos processar a "Santa" igreja por todas as mortes, massacres, guerras e horrores cometidos "em nome de Deus", pois seria justo também!
Vamos processar as igrejas protestantes pela Inquisição Protestante, que acabou com os índios da América do Norte para fazer "um bem à humanidade", já que os índios "não tinham alma"!

Povinho hipócrita, ridículo!
 
Mériele Oliveira em 15/01/2014 12:55:21
Além do especial de Natal, tem que assistir "A CURA", é muito engraçado. E não é porque eu gostei e achei engraçado, que eu não sou temente a Deus. Vamos nos preocupar com a corrupção que cada vez mais cresce em nosso país e parar de escrever asneiras para mostrar trabalho. Quem assistir o vídeo que mencionei vai entender: Então é isso???? ahushuausuuhahs
 
Vanuza Carieli em 15/01/2014 12:37:41
meu irmão com as coisas deus não se brinca,tem tanta coisa pra zoar,vai zoar logo as sagradas,vc gostaria que tirasse onda da cara da sua mãe,ou do seu pai? se liga,deixa de ser vazio,vai procurar o que fazer.
 
Osvaldo willian da silva em 15/01/2014 11:49:52
Prezado jornalista.
Vá denunciar a roubalheira na política, a fome, a discriminação, a violência, a falta de amor.
Enquanto for humor, enquanto for sorrisos, enquanto for brincadeira; Deixe-nos sorrir da zombaria.
Espalhe o amor e não o ódio.
Aos leitores,
Deem risada e repassem o amor e a paz.
 
Leonardo Gorisch em 15/01/2014 11:45:28
Pessoal, vamos usar o bom senso...o programa Porta dos Fundos não é da Globo, não tem nada haver ( vamos nos informar, antes de falar merda) e outra o Programa não passa num canal de TV Aberto pra vc ta sentado no sofa de casa e ser obrigado a assistir ( e mesmo q fosse, vc pode mudar de canal q isso fique claro)...quem assistiu ao video foi porque quis...então galera vamos parar de hipocrisia... e a liberdade de expressão??? Onde fica????
 
Marcelo Silveira em 15/01/2014 11:15:51
Porque alguém não processa DEUS pelos erros que ele cometeu com a raça humana,
crianças passando fome, morrendo e outras putarias que acontece nesse mundo.
 
Luciano Petiz em 15/01/2014 11:13:17
É que a zueraaaa não tem limites!!! kkkkkkkkkk
 
João da Silva em 15/01/2014 11:09:04
Cadê a liberdade de expressão? As reportagens deveriam abordar os dois pontos, infelizmente é totalmente parcial.Não da pra formar opinião, através de uma reportagem totalmente ignorante e limitada.Mais uma vez o fanatismo religioso cega e atrapalha a formação de opiniões.O intuito do "especial de natal" não era blasfemar e sim mostrar um outro lado nunca pensado, não vi maldade. A maldade esta nos olhos de quem vê, e olha que sou cristão.
 
gustavo marques em 15/01/2014 10:56:32
Escrever um artigo criticando um vídeo do youtube que atenta contra "os valores cristãos", não gostou, não assista, simples não???? Eu assisti, gostei muito, ri bastante, achei um humor inteligente e muito bem sacado, será que vou para o inferno por causa disso?? Acredito que não...
O Brasil é um país onde as pessoas engolem o sapo, mas se engasgam com um cisco, ou seja, tanta coisa mais importante pra se preocupar, para se indignar, etc e tem gente que perde tempo processando um grupo de HUMOR???? Ah, faça me um favor né!!!!!
Sugestão pra você que tem tempo de sobra:
VAI CARPIR UM LOTE, CAMPO GRANDE TÁ CHEIO É SÓ ESCOLHER UM.
 
Leonardo G. Bastos em 15/01/2014 10:53:33
Valores cristãos? quais? o de acobertar padres pedófilos durante séculos, onde o conhecimento era restrito apenas a igreja, onde quem não comungava com os preceitos da igreja era queimado vivo?
Ou o de acobertar os chamados "pastores" , de acusações como estupro, tráfico, associação para o crime, extorsão, e de enganar os incautos ?
Poucos sabem mas o pai das seitas evangélicas que espalham como erva daninha no país inteiro, Martinho Lutero, era um antissemita ferrenho, defendia que as casas dos judeus deveriam ser queimadas, seus bens confiscados e sua liberdade cerceada, intento conseguido mais tarde, por nada mais nada menos, que Adolf Hitler, um CRISTÃO!
 
Luciano Bandeira em 15/01/2014 10:50:00
Cadê a liberdade de expressão? As reportagens deveriam abordar os dois pontos, infelizmente é totalmente parcial. Não da pra formar opinião, através de uma reportagem totalmente ignorante e limitada. Mais uma vez o fanatismo religioso cega e atrapalha a formação de opiniões. O intuito do "especial de natal" não era blasfemar e sim mostrar um outro lado nunca pensado, não vi maldade. A maldade esta nos olhos de quem vê, e olha que sou cristão.
 
Gustavo Marques em 15/01/2014 10:49:36
OLA! O PROGRAMA PORTA DOS FUNDOS E O VERDADEIRO PERFIL E O CARÁTER DESSA MAFIA CHAMADA REDE GLOBO, NÃO COLABORA COM A EDUCAÇÃO DE UM POVO DE UMA NAÇÃO E SÓ DETURPA OS VALORES MORAL, CULTURAL E DENIGRE O CARATER DE UMA SOCIEDADE, HAJA VISTO ESSE PROGRAMA E O TAL BBB! COMO ESTA CITADO NA BIBLIA EM GALATAS 6; 7. TUDO E QUESTÃO DE TEMPO!
 
Custodio Jose Neto em 15/01/2014 10:45:09
Eu achei incrível o vídeo e representa, de forma HUMORÍSTICA e sem desrespeito o que é narrado na Bíblia Sagrada! Sai da caverna Paulo Roberto! Tanta coisa interessante e mais fundamentada pra vc abordar em um artigo e vc quer criticar uma coisa tão irrelevante?! Parabéns pelas belas palavras ARNÓBIO! E Paulo Roberto, se vc quer falar de futilidades, aproveita que o BBB 14 está no ar! Evolui, querido! Não desmereça assim o seu diploma não!
 
Ricardo Boretti em 15/01/2014 10:37:34
Que legal a humanidade nesse século, se falar mal de homosexuais (não tenho nada contra) é escrachado e até preso. Se a polícia mata bandido, vem direitos humanos e desce a lenha. Político é preso por sacanear a população, e vem alguém e cria site em defesa deles, até arrecadando dinheiro. Mas quando se ataca a fé e os bons costumes, dos poucos ainda cristãos...é normal!!!!!
 
Paulo Bonsini em 15/01/2014 10:35:50
Gostei do especial de Natal, achei estranho é levar a sério esse especial, mas pode ser que as pessoas levam tão a sério o que se diz, que possa ser essa uma das razões para que alguns em vez de dar a separação, prefere matar o parcero, pois no juramento, perante a Deus escutaram: até que a morte os separem
 
Antonio Dutra em 15/01/2014 10:34:28
Sempre há um inconformado querendo criar caso. Não falta, no âmbito do humor, escárnio a qualquer grupo - ricos, pobres, heterossexuais, homossexuais, religiosos, ateus, etc. Ninguém é obrigado a gostar do referido humor, especialmente quando zomba de algo prezado pelo espectador. Mas a alternativa é bem simples: não gosta do programa, não o assista. Se conhece outros que não gostam, recomende o mesmo. É simples assim. Quem não gosta não precisa assistir, pois qualquer empreitada de humor só serve para quem vê graça nele, e não deveria dizer respeito a outros; cada qual é responsável pelo que pensa, faz e por aquilo de que gosta. Imensa asneira querer falar de "justiça de Deus", sobretudo a ateus, como se fosse porta-voz da vontade divina. Pretensão descabida. Use semancol.
 
Juliano M. Albuquerque em 15/01/2014 10:31:39
Meu Deus, esse tal de Roberto Campos parece viver numa caverna! Que absurdo essa "opinião" dele
 
Michael Angelo em 15/01/2014 10:25:29
Sempre há um inconformado religioso querendo criar caso. Não falta, no âmbito do humor, escárnio a qualquer grupo - ricos, pobres, heterossexuais, homossexuais, religiosos, ateus, etc. Ninguém é obrigado a gostar do referido humor, especialmente quando zomba de algo prezado pelo espectador. Mas a alternativa é bem simples: não gosta do programa, não o assista. Se conhece outros que não gostam, recomende o mesmo. É simples assim. Quem não gosta não precisa assistir, pois qualquer empreitada de humor só serve para quem vê graça nele, e não deveria dizer respeito a outros; cada qual é responsável pelo que pensa, faz e por aquilo de que gosta. Imensa asneira querer falar de "justiça de Deus", sobretudo a ateus, como se fosse porta-voz da vontade divina. Pretensão descabida. Use semancol.
 
Juliano M. Albuquerque em 15/01/2014 10:16:19
Eu achei o máximo o Especial de Natal dos Portas dos Fundos! Muito engraçado e bem sacado. Quem não gostou é só não assistir mais! hahaha Tanto vídeo ofendendo os "valores" cristãos.... Vai processar todo mundo?! Hahaha É pra caba mesmo.
 
Gabrielle de Castro em 15/01/2014 10:12:32
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions