A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 11 de Dezembro de 2016

07/03/2016 08:11

Testis temporum (*)

Por Heitor Freire (**)

O Instituto Histórico e Geográfico de Mato Grosso do Sul acaba de disponibilizar para o público a 8ª edição do livro “História de Mato Grosso do Sul”, de autoria do seu presidente, professor Hildebrando Campestrini.

Veja Mais
Cinco ações que devem ser evitadas em 2017
A aviação e suas regras

Trata-se de uma obra alentada que irá, naturalmente, agradar a todos que se interessam pelo nosso estado, abrangendo a descoberta do território, passando pela capitania de Mato Grosso, o povoamento do território, a guerra da Tríplice Aliança, a reconstrução do território, os presidentes da província, a primeira república (1889-1930), a segunda república (1930-1945), a terceira república (1945-1964) e a quarta república (1964) e suas implicações com a nossa história.

E naturalmente toda a epopéia que foi a criação do Estado de Mato Grosso do Sul, com seus antecedentes históricos, a instalação do novo estado, os municípios criados, as diversas administrações estaduais. O livro está atualizado até o governo atual, englobando os mais diversos componentes do estado: história, geografia, meio-ambiente, cultura, escritores, políticos, pintores, etc., etc, etc.

Eu acompanho a trajetória do professor Campestrini há 14 anos ininterruptos desde 2002, quando me associei ao Instituto Histórico e Geográfico do Estado de Mato Grosso do Sul. De lá até o ano de 2014, fui vice-presidente do Instituto, tendo-o como presidente.

Esse longo convívio me permitiu acompanhar de perto o seu trabalho. Com isso pude testemunhar a verdadeira enciclopédia de conhecimento que ele é. Está sempre disposto a orientar estudantes, mestrandos e doutorandos na elaboração de suas teses, além de sua total disponibilidade a toda e qualquer pessoa interessada em conhecer a história do nosso estado.

Campestrini foi professor na Universidade Estadual de Mato Grosso, depois federalizada (1973-1982) e na hoje Universidade Católica Dom Bosco, desde os tempos da Fucmat, de 1973 a 1986. Ele também foi funcionário concursado ocupando por dezenove anos cargos de direção e assessoramento superior do Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul. É Professor titular de Linguagem Jurídica na Escola Superior de Magistratura de Mato Grosso do Sul desde 1986, foi revisor da Constituição de Mato Grosso do Sul (1989), foi secretário-geral (por vários mandatos) e presidente da Academia Sul-Mato-Grossense de Letras. É presidente do Instituto Histórico e Geográfico de Mato Grosso do Sul desde 2002.

Além de tudo isso Campestrini é autor de diversos livros nas áreas didática e pedagógica, de linguagem jurídica, de cultura regional, inspirador e co-autor da obra maior: ENCICLOPÉDIA DAS ÁGUAS DE MATO GROSSO DO SUL. Ele doou ao Instituto os direitos autorais dos livros de sua autoria ali editados.

Enfim ele é um verdadeiro operário da cultura em nosso estado, sempre orientando escritores de livros, e assessorando institucionalmente os governos municipal e estadual; assim como outras entidades representativas da nossa sociedade.

Frequentemente ministra cursos de “Como Redigir Ementas”, em diversos tribunais do país, dos quais destaco os Tribunais de Justiça de Minas Gerais, do Amazonas, Goiás, Ceará, Superior Tribunal Militar, na Escola Paulista de Magistratura, etc.

Bueno, a conclusão é muito clara: Hildebrando Campestrini, ao trabalhar de forma tão dedicada ao registro de nossa história, acabou se tornando um grande e inestimável personagem dela. Parabéns, professor!

(*) Testemunha dos Tempos – dístico do IHGMS.

(**) Heitor Freire é Diretor de Relações Institucionais do IHGMS

Cinco ações que devem ser evitadas em 2017
Ao fim de cada ano, realizo uma pesquisa com funcionários de empresas de todo o Brasil para avaliar quais foram as coisas que mais impactaram na prod...
A aviação e suas regras
A aviação conseguiu, em menos de um século, aproximar os continentes, as empresas e, principalmente, as pessoas. Foi uma evolução tão rápida que não ...
Lei Orgânica da Assistência Social – 23 anos
Nos últimos anos, a Assistência Social vem construindo uma nova trajetória, organizando-se sob novos padrões e afirmando-se como parte integrante do ...
Morre no trânsito o equivalente a 2 aviões da Lamia lotados por dia
Por dia, no Brasil, morrem em acidentes de trânsito o equivalente a ocupantes de dois aviões da Lamia, que transportava o time inteiro da Chapecoense...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions