A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 21 de Janeiro de 2017

28/10/2014 09:48

Vagas temporárias: como garantir a sua?

Por Alessandra Vieira Martins (*)

Está aberto o período de contratações temporárias! Para quem está à procura de emprego, o final do ano é a melhor época para garantir uma vaga. São muitas oportunidades, inclusive com possibilidade de efetivação!

No comércio varejista a necessidade de contratações extras chega junto com o aquecimento nas vendas. As vendas aumentam em razão das festas de final de ano e, para atender a demanda, muitos comerciantes recorrem a esse tipo de mão de obra.

Devido à necessidade de produção, a indústria também inicia a contratação de mão de obra adicional antes do setor varejista, porém em menor volume.

Para a indústria, o profissional mais procurado é ajudante de produção. Já no comércio, a maioria das vagas são para vendedor, estoquista e operador de caixa. Atividades relativamente simples de se exercer.

Para os empregadores, esse tipo de mão de obra atende perfeitamente a demanda extra em épocas de pico de produção e vendas. Já para quem está em busca de oportunidade de emprego, as vagas temporárias são uma porta de entrada para o mercado de trabalho!

Além da oportunidade de ter uma renda extra no Natal, também existe a possibilidade de ser escolhido e efetivado na função, mas isso depende do desempenho.

Geralmente os setores têm muita urgência em preencher os postos de trabalho, então não exigem tanta experiência nas funções, o que facilita e muito a vida de quem está em busca da primeira oportunidade de emprego.

Vagas sazonais também são uma boa opção para quem está muito tempo sem trabalhar e quer voltar ao mercado. Alguns lojistas começam as contratações antes do período de festas para aprimorar a mão de obra, oferecendo treinamento específico para cada função.

Começar a trabalhar antes da correria do final de ano também favorece o trabalhador temporário, que terá um tempinho extra para se ambientar, receber treinamento e orientação quanto às normas e regulamentos internos, além de conhecer os colegas de trabalho e o perfil dos clientes.

Dinamismo, pró-atividade e principalmente comprometimento são características muito apreciadas pelos contratantes e aumentam as chances de garantir uma vaga. Muitos empresários aproveitam o período de contrato dos temporários para avaliar se vale a pena efetivar no final do período.

Para quem pretende ser efetivado, a dica é encarar a vaga temporária como se fosse efetiva, demonstrando comprometimento com a qualidade do trabalho, dedicação em aprender e disciplina para cumprimento de horário e respeito às normas internas. Seguindo esses conselhos, as suas chances de se manter empregado em 2015 são muito maiores. Boa sorte!

(*) Alessandra Vieira Martins é gestora de recursos humanos e gerente comercial na Perfil Humano RH, empresa especializada em recrutamento e seleção.

Previdência Social: verdades e mentira
Com a reforma da Previdência, e já que acabaram com o Ministério da Previdência, vários ministros dispararam versões sobre o tema, mas como não sabem...
Chacina e colapso nas prisões brasileiras
Nestes poucos dias do Ano da graça de 2017, o Brasil e o Mundo viram estarrecidos o massacre brutal de cerca de pelo menos 134 detentos, dentro das p...
Em busca da competitividade sustentável para o agronegócio
O papel da sanidade animal e vegetal Há décadas as questões sanitárias de plantas e animais integram a lista das preocupações do agronegócio brasilei...
Elementos da teoria da decisão
A propósito do fim do ano de 2016 (terrível na política e na economia) e com o ano de 2017 (com esperanças de que as coisas melhorem), participei de ...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions