A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 08 de Dezembro de 2016

29/11/2016 12:35

Apreensão de produtos impróprios para consumo em MS chega a 30 toneladas em 2016

Elci Holsback
Carne bovina lidera lista de apreensões (Foto:Divulgação/Iagro)Carne bovina lidera lista de apreensões (Foto:Divulgação/Iagro)

Entre janeiro e novembro de 2016, mais de 30 toneladas de produtos clandestinos e impróprios para consumo foram retirados de circulação em Mato Grosso do Sul. O trabalho de fiscalização foi realizado pela Iagro (Agência estadual de Defesa Sanitária Animal e Vegetal), Mapa (Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento), Decon (Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes contra as Relações de Consumo) e a Vigilância Sanitária Estadual.   

Veja Mais
Ação conjunta apreende quase 4 toneladas de alimentos impróprios para consumo
Operação apreende mais de 5 toneladas de alimentos impróprios para consumo

Os principais produtos apreendidos no período foram a carne bovina, com mais de 5,7 toneladas apreendidas, seguida pela linguiça e o leite que ultrapassaram as três toneladas cada. Já a carne suína, contabilizou duas duas toneladas. Os doces, ovos, conservas, pescado e embutidos também estão na lista de apreensões. 

Durante o ano, ação também recolheu pescados inadequados para consumo (Foto:Divulgação/Iagro)Durante o ano, ação também recolheu pescados inadequados para consumo (Foto:Divulgação/Iagro)

Segundo informações da Iagro, o Núcleo de Combate ao Clandestino inspecionou, neste ano, 55 estabelecimentos e 11 propriedades. Houve ainda vistoria de 985 veículos e foram fechadas oito empresas clandestinas, sendo dois locais de abates irregulares, um entreposto de ovos e cinco fabricas de produtos lácteos.

Os responsáveis pelos estabelecimentos onde foram encontradas as irregularidades podem responder a inquérito policial por crime contra as relações de consumo, cuja pena varia de dois a cinco anos de prisão, em caso de condenação e a procedimento administrativo junto à Iagro e Vigilância Sanitária Estadual.

A Iagro orienta a população a não consumir produtos de origem não comprovada e, qualquer irregularidade relacionada à sanidade pode ser informada pelos telefones 0800-679120 (animal) e 0800-6472788 (vegetal).




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions