A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 07 de Dezembro de 2016

21/10/2016 23:09

"Foi um susto muito grande", diz mulher que teve casa alvejada nas Moreninhas

Nyelder Rodrigues e Adriano Fernandes
Marcas dos disparos ficaram no telhado da casa onde mora Rosely e a família (Foto: Adriano Fernandes)Marcas dos disparos ficaram no telhado da casa onde mora Rosely e a família (Foto: Adriano Fernandes)

A dona de casa Rosely da Conceição Cardoso, de 33 anos, que teve a residência dela alvejada na noite de quinta-feira (19) afirma que ficou assustada ao perceber que, ao invés de uma chuva de granizo, o barulho que ouviu na casa eram de disparos de arma de fogo perfurando os telhado.

Veja Mais
Mulher pensa que está chovendo granizo e descobre que casa foi alvo de tiros
Simpática e 'boa de papo', mulher conquistava idosos para roubá-los

"Foi um susto muito grande, pois uns 15 minutos antes minhas filhas estavam brincando no quarto onde caíram as balas. Era onde a Sabrina estava deitada", explica a dona de casa, ao falar também da filha de 7 meses.

Rosely e a outra filha, Vitória, de 16 anos, estavam na sala quando ouviram o barulho. Primeiro acharam que era granizo, mas foi verificado que não era. Então, foram procurar o que tinha acontecido. "Havia um litro de gelo sobre a pia até achei que era ele que havia caído. Pedi para Vitória ir ver e não era", conta.

Foi só depois de andar pela casa que, ao chegar no quarto, percebeu dois furos de projéteis de arma de fogo, encontrando as munições já deflagradas no chão do cômodo. A casa delas fica na rua Cândido Meneses Cintra, Moreninha III.

Ainda segundo Rosely, cerca de 15 minutos após os disparos, foram ouvidos mais tiro pela vizinhança. Ela afirma não ter suspeita de quem tenha feito a ação, além de que, apesar do histórico violento da região, nunca presenciou nenhum tiroteio em mais de 10 anos morando ali.

Hoje pela manhã, o marido de Rosely foi à 4ª DP (Delegacia de Polícia Civil), nas Moreninhas, registrar a situação. Depois, policiais foram ao local para recolher os projéteis que lá estavam e iniciar a apuração sobre o ocorrido na casa. O caso é tratado como disparo de arma de fogo pela polícia.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions