A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 30 de Outubro de 2014

07/04/2014 22:04

Acusados de matar empresário têm de 18 a 22 anos e podem ter matado outro

Alan Diógenes
Enterro do empresário foi nesta tarde e reuniu várias pessoas comovidas com caso. (Foto: Marcelo Victor)Enterro do empresário foi nesta tarde e reuniu várias pessoas comovidas com caso. (Foto: Marcelo Victor)

Três envolvidos na morte do empresário Erlon Peterson Pereira Bernal, 32 anos, possuem idade entre 18 a 22 anos. Eles, uma adolescente de 17 anos, dona da residência onde o corpo foi encontrado, e o funileiro que pintou o veículo VW Golf roubado, estão presos na Defurv (Delegacia de Furto e Roubo de Veículos) e vão prestar novos depoimentos. A delegada que cuida do caso, Maria de Lourdes Cano, afirma que os envolvidos podem estar envolvido em outro latrocínio, ocorrido há 60 dias. 

Veja Mais
Justiça Divina é consolo de amigos e familiares de empresário assassinado
Silêncio e lágrimas marcam sepultamento de empresário

O objetivo agora é descobrir outros crimes para aumentar a pena dos acusados. De acordo com a delegada, em poucos dias os detidos serão apresentados à imprensa. Ela afirma que todos, exceto a adolescente e o funileiro, possuem faixa etária entre 18 a 22 anos. “Como na maioria dos casos resolvidos pela delegacia, os envolvidos na morte de Erlon são bem jovens”, destacou.

Segundo Maria de Lourdes, existem três hipóteses para a motivação do crime. Uma delas é que os bandidos receberam a voz de uma pessoa de dentro do presídio de Campo Grande, para realizar o roubo. A outra é de que os acusados utilizariam o veículo para realizar assaltos na Capital. A última hipótese é de que o carro seria revendido no Paraguai.

A delegada afirmou que o roubo seguido de morte, depende muito do perfil dos bandidos. Alguns deles na hora do roubo vêem como solução definitiva, eliminar a vítima. “Desta forma eles acharam que não iriam trazer conseqüências policiais. Eles estavam tranqüilos e acreditavam que iam ficar impunes. Já tinham escondido o corpo e o carro já estava pintado, então, achavam que a Polícia nunca iria chegar até eles”, comentou.

Maria de Lourdes conta que mesmo lidando sempre como esse tipo de crime, ficou chocada e compartilhou o sofrimento da família, que perdeu o ente querido de uma forma tão cruel. “Ele foi morto como se fosse o pior dos animais. A vida humana não tem mais valor, as pessoas estão perdendo os sentimentos umas pelas outras”, salientou.

Ela informou ainda que se não fosse por uma investigação tão contundente, os policiais jamais chegariam aos envolvidos e também não conseguiriam localizar o corpo de Erlon. Os investigadores chegaram até a residência e ao carro, por que os próprios acusados informaram a localização.

A fossa onde o corpo de Erlon foi encontrado em estado de putrefação tinha 2 metros. Os bandidos jogaram Erlon lá dentro e ainda cobriram o buraco com terra. O forte odor que vinha do local era muito forte. A delegada disse que mesmo com o cheiro e a movimentação estranha na casa, a população não entrou em contato com a Polícia. Ela alerta que mesma em caso de dúvida, as pessoas devem entrar em contato com os policiais e informar o que viu.



Pedem pra ligar pra polícia, mas quando eu vi uma pessoa atirando na minha rua onde crianças brincavam tranquilas num dia de domingo, o que eu ouvi, foi; não temos viatura, e ainda; a gente não pode importunar uma pessoa na casa dela. Podem acreditar, eu dei o endereço e a descrição do indivíduo e nada foi feito.
Eu por exemplo já não perco meu tempo, de todas as vezes que eu liguei, e olha que foram algumas, nunca ninguém compareceu, claro, que se eu fosse uma empresária, brotariam viaturas de todos ao lado pra me socorrer. Desabafo.
 
Vanuza Ribeiro de Souza em 08/04/2014 16:44:24
Gostaria de saber se algum parente do empresário em questão foi procurado pelos representantes dos "Direitos Humanos".
 
Hélio César de Mello em 08/04/2014 09:00:17
QUE ME DESCULPEM OS SENHORES "ESPECIALISTAS" EM EDUCAÇÃO, MAS ESSES JOVENS CERTAMENTE JÁ FORAM "EDUCADOS" DENTRO DO NOVO PADRÃO DE EDUCAÇÃO DE QUE CRIANÇA NÃO PODE SER CORRIGIDOS COM VARA, CHINELO, PALMADAS ETC. E AÍ SE CRIAM SEM CONHECER LIMITES. VÃO FAZER O QUE "OS AMIGOS" DE "CABEÇA ABERTA" PENSAM. EU PREFIRO FICAR COM O QUE A BÍBLIA DIZ: FUSTIGA O TEU FILHO COM A VARA E LIVRARÁ SUA ALMA DO INFERNO. E DIZ MAIS EM PROVÉRBIOS 22.6 ENSINA A CRIANÇA NO CAMINHO EM QUE DEVE ANDAR E AINDA QUANDO FOR VELHO NÃO SE DESVIARÁ DELE.
- QUANDO EU ERA CRIANÇA NÃO EXISTIAM TANTOS "ESPECIALISTAS" EM EDUCAÇÃO, SAÚDE, SEGURANÇA ETC. E AS CRIANÇAS TINHAM RESPEITO PELOS PAIS E MAIS VELHOS, HOJE TEM TODOS ESSES E O CAOS ESTÁ AÍ; FAMÍLIAS INTEIRA SENDO DESMANTELADA POR IRRESPONSABILIDADE DE MAL CRIADO.
 
JARY GUASINA DOS SANTOS em 08/04/2014 07:55:19
Que Deus de forças a esta familia para suportar a dor que estes acinoras causaram com a morte deste jovem, e que a justiça puna com rigor esses frios assassinos.
 
juvenil marques do vale em 08/04/2014 00:48:31
imagem transparente

Desenvolvido por Idalus Internet Solutions