A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 21 de Janeiro de 2017

03/11/2016 16:11

Alvo de tiroteio no Parque dos Poderes é interno de presídio semiaberto

Christiane Reis

O homem alvo dos tiros disparados por volta do meio-dia, desta quinta-feira (03), em frente à Agraer (Agência de Desenvolvimento Agrário e Extensão Rural) e Sepaf (Secretaria de Estado da Produção e Agricultura Familiar), é um interno do regime semiaberto. Ele não teve a identidade revelada.

Segundo informações do Governo do Estado, o chamado 'reeducando' prestava serviços de manutenção no Parque dos Poderes, o que ocorre com a intermediação do Conselho de Comunidade e supervisão do Juizado de Execuções Penais. 

Ainda segundo a nota, por volta do meio-dia, reeducandos faziam a limpeza do canteiro central da Avenida Desembargador José Nunes da Cunha, quando duas pessoas chegaram ao local em uma
motocicleta e uma delas disparou contra um deles, que correu para o estacionamento da Agraer. Os ocupantes da moto foram atrás e fizeram outros disparos.

Para se proteger, o alvo dos disparos correu e se refugiou em uma sala no prédio da Sepaf, onde acabou quebrando uma porta de vidro. Acionados, policiais do Bope (Batalhão de Operações Especiais) foram até o prédio e levaram o homem para que seja averiguado os motivos do atentado.

O rapaz, alvo dos disparos, não foi atingido por disparo e sofreu ferimento nas mãos por ter forçado a entrada no prédio pela porta de vidro.

Segundo o governo do Estado, 31 internos do regime semiaberto prestam serviços de manutenção no Parque dos Poderes. Outros 28 trabalham no Parque dos Poderes. Em razão da ocorrência, a Prefeitura do Parque comunicou o Conselho de Comunidade e o Juizado de Execuções Penais.

Quando há ocorrência com reeducando, segundo as regras do programa de ressocialização, o desligamento do envolvido é automático. O nome do rapaz, alvo dos disparos, não foi divulgado.

“Em razão dessa ocorrência e para prevenir outros fatos que possam colocar em risco a integridade dos servidores, a Prefeitura do Parque vai buscar meios de aperfeiçoamento do convênio com o Conselho de Comunidade, solicitando critérios mais rígidos para o emprego de mão de obra do programa de ressocialização”, conforme a nota.

Curso de Preparação à Magistratura recebe inscrições até 3 de fevereiro
Estão abertas as inscrições para o curso de Preparação à Magistratura 2017, oferecido pela Esmagis (Escola Superior da Magistratura de Mato Grosso do...
Distribuição de merendas em escolas municipais começa na próxima semana
As escolas municipais de Campo Grande começam a receber na próxima segunda-feira (23) os produtos que serão usados para fazer a merenda dos alunos, q...
Prefeito afirma que fará levantamento para regularizar moradias
Após garantir que pessoas que estão efetivamente morando há pelo menos seis meses em terrenos públicos invadidos em Campo Grande não terão suas casas...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions