A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 17 de Janeiro de 2017

16/11/2016 11:47

Após 42 dias, agressor segue sem trabalhar e com sinais de depressão

Viviane Oliveira e Julia Kaifanny
Vídeo em que Jonnhy aprece espancando a vítima viralizou na internet e trouxe consequências graves a família. (Foto: reprodução/Facebook) Vídeo em que Jonnhy aprece espancando a vítima viralizou na internet e trouxe consequências graves a família. (Foto: reprodução/Facebook)

Passados 42 dias desde que teve a vida transformada, Jhonny Celestino Holsback Belluzzo, 19 anos, filmado espancando um rapaz de 18 anos, ainda não retomou a rotina e apresenta sinais de depressão. O vídeo espalhou-se pela internet e, além de responder por tentativa de homicídio, o agressor ainda vive os reflexos daquele 18 de setembro.

Veja Mais
Família tenta retirar da internet vídeo de espancamento em briga de rua
Impasse com PRF e pouca adesão frustram protesto de caminhoneiros

 

Conforme informações de fonte próxima à família, Jhonny está doente e ainda não voltou a trabalhar, muito menos para a faculdade. A exposição do vídeo na internet gerou revolta e muita gente passou a ameaçar o agressor e querer fazer justiça com as próprias mãos.

O boletim de ocorrência foi registrado seis dias depois da agressão. Jhonny e um colega, Alessandro Ronaldo Mosca Júnior, 21 anos, foram indiciados por tentativa de homicídio.

Ainda de acordo com a fonte próxima à família, que pediu para não ser identificada, antes de a situação torna-se pública, o estudante já havia se arrependido e pedido desculpa para o jovem.

“Ele não é porcaria. Jhonny sempre trabalhou, estudou para conseguir as coisas dele. Ele vai pagar na Justiça pelo erro que cometeu”, diz.

A família do rapaz foi a que mais sofreu com a situação. A mãe, por exemplo, chegou a procurar ajuda médica e foi diagnosticada com esgotamento mental. 

Jhonny e o amigo aparecem nas imagens espancando a vítima, que, mesmo caída no chão, é agredida a chutes, socos e pontapés. A briga foi filmada e as imagens divulgadas no dia 4 de outubro. O motivo da pancadaria foi porque o rapaz urinou e pisoteou o carro do agressor.

A repercussão foi tanta que até a OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) indicou um advogado para acompanhar as investigações. Apesar de toda a violência, a vítima não precisou de atendimento médico e nunca quis comentar sobre o assunto. 

Homens em moto fazem arrastão e roubam mulheres em bairros da Capital
Duas mulheres, sendo uma de 35 anos e outra de 46, foram vítimas de dois homens em uma moto que as abordaram e roubaram celular e bolsa. Os crimes ac...
Dupla é presa com motos roubadas, joias, celulares e armas falsas
Silene de Souza Valência, 21 e Lucas Felipe Alves Ferreira, 18, foram presos acusados de receptação, pois, na casa em que estavam, foram encontradas ...



Piadinha cretina esta não !!!!
Então eu quebro alguém na pancada juntos com mezami e fico dodói,ta doendo porque não matou ou porque foi pego !!!!
 
Angel em 18/11/2016 12:48:47
Se o video nao tivesse vazado para a net, provavelmente, ele estaria contando vantagens por ter agredido uma pessoa mas como vazou...
 
Alex André de Souza em 16/11/2016 22:54:48
Este tipo de depressão tem cura trabalhando em construção, fazendo roçada de pastos ou limpando o cadeião, aliás, este que o lugar adequado para este tipo valentão. Depois que cometeu tamanha barbárie, tá medinho né?
 
Ezequiel em 16/11/2016 19:18:58
O valentão está deprimido e com medinho?! hahaha
 
dea pontes em 16/11/2016 17:38:39
Vocês estão com Dó mesmo do agressor? Um animal violento, agressivo, inescrupuloso e criminoso?
 
Araujo em 16/11/2016 14:06:52
É impressão ou estão com dó do agressor, de uma pessoa violenta, perigosa e inescrupulosa?
 
Araujo em 16/11/2016 13:40:05
COITADO DO AGRESSOR, só faltava essa, isso esta cheirando reportagem encomendada.
Alguém da redação pelo menos procurou saber se o AGREDIDO ESTA BEM?
 
LUCI em 16/11/2016 12:38:37
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions