A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 02 de Dezembro de 2016

08/11/2016 12:10

Campanha pede ajuda das mulheres para levar homens ao médico

Guilherme Henri e Yarima Mecchi
Médico urologista Nelson Trad Filho em palestra na manhã de hoje (8) (Foto: Yarima Mecchi)Médico urologista Nelson Trad Filho em palestra na manhã de hoje (8) (Foto: Yarima Mecchi)

Campanha do Novembro Azul, lançada pelo Governo do Estado por meio da SES (Secretaria de Estado de Saúde) na manhã de hoje (8), pede para que as mulheres incentivem seus parceiros ou familiares a realizarem o exame clínico digital na próstata.

Veja Mais
Novembro Azul: saiba quais doenças mais afetam a saúde do homem
Novembro Azul: pacientes com câncer devem lutar pelos seus direitos

O apelo foi feito durante palestra no saguão da secretaria, pelo médico urologista Nelson Trad Filho, que ressaltou que as mulheres cuidam mais da saúde do que os homens, pois a maioria realiza exames regularmente. “A maioria dos homens que vão até o médico para realizar o exame estão acompanhados de suas parceiras ou algum mulher da família, por isso pedimos o incentivo a elas”, explica.

Segundo o urologista, o preconceito em realizar o exame ainda é uma grande barreira para os homens, o que pode custar suas vidas. “Homens com mais de 45 anos precisam se conscientizar a fazer exame da próstata. Existem outros métodos, como exames de sangue, no entanto o clínico digital é muito importante, pois de imediato verifica se há alguma alteração”, afirma.

Dados do Inca (Instituto Nacional do Câncer) mostram que no ano passado em Mato Grosso do Sul, o câncer de proposta matou 215 homens. Deles, 35 casos foram com idade entre 60 e 69 anos, 79 com faixa etária de 70 a 79 anos e 101 casos de homens com mais de 80 anos. “Quando descoberto cedo existe 90% de cura e o melhor olho do urologista é a ponta do dedo que faz o toque”, destaca.

Além da idade, o grupo de risco, de acordo com o médico são homens que já tiveram casos de câncer da família. “Alguns sintomas são: dores na coluna e nos ossos, sangue ou diminuição no fluxo da urina. Os homens têm conhecimento sobre esse mal, porém precisam ter atitude”, ressalta.

Para o titular da SES, Nelson Tavares, outra barreira encontrada no enfrentamento ao câncer de proposta é disponibilizar o exame em todo o Estado. “O homem que toma coragem e decide procurar o médico precisa que o exame esteja disponível. Esse é um problema, pois nem todos os municípios do interior do Estado possuem um urologista, mas a orientação é que então passem pelo exame de sangue. Se houver qualquer alteração o paciente deve ser encaminhado a uma cidade polo, onde exista a especialidade”, alerta.

Palestra - A palestra do médico urologista Nelson Trad Filho, com o tema “Saúde Prostática” irá percorrer as secretarias do Governo do Estado e cidades do interior de MS. Conforme a SES, empresas privadas também podem solicitar a apresentação do médico.

Novembro Azul - Segundo o Instituto Lado a Lado pela Vida, o Novembro Azul foi criado em 2011, a campanha, originalmente, visa orientar a população masculina sobre o câncer de próstata.

A doença figura como o segundo tipo de câncer mais comum entre homens, com mais de 13 mil mortes anuais – uma a cada 40 minutos. Mais de 61 mil novos casos devem ser registrados no país em 2016, segundo o Instituto Nacional do Câncer.

Durante todo o mês de novembro, serão realizadas atividades de orientação sobre o câncer de próstata e a saúde do homem e ações para estimular a atividade física.

 

 

Novembro Azul: saiba quais doenças mais afetam a saúde do homem
A partir de hoje (1º), a campanha Novembro Azul passa a ser um movimento permanente e que contempla a saúde integral do homem. A proposta do Institu...
Novembro Azul: pacientes com câncer devem lutar pelos seus direitos
Segundo dados do Inca (Instituto Nacional de Câncer), o câncer de mama é o tipo de tumor mais comum entre as mulheres de todo o mundo, respondendo po...
Esposa de motorista da Uber procura polícia após marido desaparecer
Mulher de 35 anos procurou a polícia depois que o marido de 37, desapareceu na madrugada desta sexta-feira (02), em Campo Grande. O homem é motorista...
Agentes encontram focos do mosquito em prédio abandonado e dono foge
No dia “D” contra a dengue, uma das diligências encontrou focos de proliferação do Aedes aegypti em um prédio aparentemente abandonado na rua Dinamar...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions