A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 06 de Dezembro de 2016

02/10/2016 16:30

Depois de filas pela manhã, seções eleitorais têm calmaria à tarde

Sujeira de santinhos em frente a locais de votação é o principal transtorno

Anahi Zurutuza, Amanda Bogo e Christiane Reis
Na Escola Estadual Joaquim Murtinho movimento diminuiu à tarde (Foto: Fernando Antunes)Na Escola Estadual Joaquim Murtinho movimento diminuiu à tarde (Foto: Fernando Antunes)

Se pela manhã os locais de votação estava abarrotados e nas primeiras horas do dia, eleitores formaram filas na porta das seções, agora a tarde o cenário é diferente das escolas que abrigam as urnas das Eleições 2016. A maior parte das pessoas já votaram e o movimento é bem menor.

Veja Mais
Ambulantes tentam renda extra, mas reclamam de vendas fracas
Sobe para 82 o número de urnas que tiveram defeito durante a votação

Alguns dos locais onde foram instaladas as cabines de votação ainda estavam sujos com santinhos de candidatos, situação que indigna eleitores.

Na Escola Municipal Wanderlei Rosa de Oliveira, que fica no bairro Novos Estados – no nordeste de Campo Grande –, o maior movimento realmente foi de manhã. “Está bem tranquilo, não teve confusão, nem boca de urna”, disse um fiscal de seção que não quis revelar o nome.

Na frente do Colégio Professora Maria Lago Barcellos, às 7h, já havia fila que dobrava a quadra, mas à tarde as seções estavam às moscas. “Vieram alguma famílias agora à tarde”, contou o fiscal Antônio César Donato, 43.

Eleitores que foram às urnas a tarde dizem que ‘deram sorte’ (Foto: Fernando Antunes)Eleitores que foram às urnas a tarde dizem que ‘deram sorte’ (Foto: Fernando Antunes)

Opção – O técnico em eletrônica Edson Rosa, 48 anos, optou por votar a tarde porque acha menos tumultuado. “Demorei 20 minutos para votar. Apesar do calor é melhor, porque quase não tem fila”

A catadora de recicláveis Edemir Cassaro, 50, estava viajando e deixou para votar à tarde e deu sorte. “Cheguei e votei. Levei segundos”.

A nutricionista Silvane Fernandes, 43, diz que também prefere votar de manhã, mas neste ano teve de optar pela tarde porque estava trabalhando. Ela não se arrependeu. “É bem mais tranquilo”.

Sujeira de santinhos em frente à escola das Moreninhas (Foto: Marcos Ermínio/Arquivo)Sujeira de santinhos em frente à escola das Moreninhas (Foto: Marcos Ermínio/Arquivo)

Sujeira – Santinhos de candidatos ainda estava espalhados na frente da Escola Estadual Célia Maria Naglis, situação que revoltou alguns eleitores. Lucilene Barbosa, 33, afirma que um santinho jogado no chão “não convence ninguém” a votar em determinado candidato. “Acho muito feio chegar para votar e ter um monte de santinhos jogados na calçada. Só faz sujeira”.

O pizzaiolo Edson Gomes dos Santos, 27, fala em incoerência. “Acho muito incoerente essa sujeira de santinhos, porque a maioria dos candidatos fala sobre uma cidade mais limpa”.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions