A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 18 de Janeiro de 2017

11/11/2016 16:26

Empresa nega golpe e diz que avisou cliente sobre falta de passagens

Luana Rodrigues

Advogado da empresa Arakaki Turismo, Tie Oliveira Hardoim, afirma que não houve golpe no caso em que uma mulher de 35 anos perdeu R$ 12 mil, que havia pago para fazer uma viagem a Cancun. Conforme o representante, a cliente foi avisada com antecedência sobre a falência da empresa e consequentemente a impossibilidade da emissão das passagens para a viagem.

Veja Mais
Mulher perde R$ 12 mil em golpe e viagem para Cancun vira pesadelo
Prefeitura não fará repasse financeiro aos blocos, mas oferecerá estrutura

À polícia, a vítima disse que pagou oito parcelas de R$ 1.500 e na tarde de quinta-feira (10) descobriu que a agência de turismo responsável pela viagem não existe mais. “Isso não é verdade, temos documentos que comprovam o contrário. No dia 6 de julho deste ano, minha cliente enviou um email a ela, informando que a empresa estava passando por problemas financeiros e não poderia mais emitir as passagens aéreas, portanto não houve estelionato”, considera o advogado.

O defensor afirma que a empresa está a disposição para prestar qualquer esclarecimento à Justiça, mas não garante ressarcimento à cliente. “Ela pode entrar com uma ação na Justiça pedindo isso, fica a critério”, afirma.

Surpresa - De acordo com o registro policial, a vítima disse que na tarde de ontem,  tentou entrar em contato com agência por meio de dois números de celular, porém as ligações não foram completadas.

Desconfiada, ela foi até o escritório da agência e lá descobriu que a “Arakaki Turismo”, responsável por sua viagem tinha fechado as portas. Em seu lugar, outra agência está operando.

Em breve pesquisa na internet a vítima descobriu que não foi a única enganada. Segundo ela, existem várias denúncias contra a Arakaki Turismo.

O caso foi registrado na DEH (Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes de Homicídio), como estelionato, mas deve ser encaminhado para Dedfaz (Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes de Defraudações, Falsificações, Falimentares e Fazendários).

Mulher perde R$ 12 mil em golpe e viagem para Cancun vira pesadelo
Faltando pouco mais de um mês para embarcar, viagem para Cancun com a família se tornou “pesadelo” após mulher de 35 anos descobrir que foi vítima de...
Prefeitura não fará repasse financeiro aos blocos, mas oferecerá estrutura
A chefe da Sectur (Secretaria Municipal de Cultura e Turismo), Nilde Brun, se reuniu nesta terça-feira (17) com a diretoria da Ablanc (Associação dos...
Procurando ladrão, policiais abordam casal e descobrem pés de maconha
Um casal foi preso pela PM (Polícia Militar) e levado para a Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) da Vila Piratininga após ser flagrad...
Prefeito garante apoio a feira e inauguração será em 2 de fevereiro
A audiência entre comerciantes que tentam montar uma feira livre no bairro Rita Vieira - região sul de Campo Grande - e o prefeito de Campo Grande, M...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions