A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 05 de Dezembro de 2016

06/11/2016 11:40

Estudantes fazem previsão sobre temas para redação do Enem

Viviane Oliveira, Adriano Fernandes e Richelieu de Carlo
Ansiosos, estudantes aguardam na UFMS para fazer o segundo dia de prova. (Foto: Adriano Fernandes) Ansiosos, estudantes aguardam na UFMS para fazer o segundo dia de prova. (Foto: Adriano Fernandes)
Letícia acredita que o tema da redação seja intolerância religiosa ou preconceito. (Foto: Marcos Ermínio) Letícia acredita que o tema da redação seja intolerância religiosa ou preconceito. (Foto: Marcos Ermínio)

No segundo dia do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio), alunos fazem apostas sobre temas para a temida prova de redação. Os chutes são muitos, de racismo a questão ambiental. O exame é a porta de entrada para milhares de instituições de ensino superior público e privado em todo o Brasil. Em Mato Grosso do Sul, 139.637 candidatos se inscreveram para o Enem.

Veja Mais
Candidatos chegam adiantados para evitar transtornos no 2° dia do Enem
Para redação, professor recomenda pensar no tema antes do rascunho

Ansiosa, Edymarciê Karoline Franciely Nascimento, 17 anos, aguardava no pátio da UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul). Ela arrisca no palpite e acredita que o tema desse ano será mobilidade urbana.

A candidata quer cursar Farmácia na Uniderp, mas para isso pretende concorrer a uma das bolsas do ProUni (Programa Universidade para Todos). Esse é o segundo ano, que Edymarciê faz a prova. No ano passado, ela achou fácil o tema da redação, que foi sobre a persistência da violência contra a mulher na sociedade brasileira'.

Há 2 anos em Campo Grande, o pernambucano Diego Pereira, 17 anos, acredita que o tema desse ano será relacionado a política ou esporte, por causa das olimpíadas. Ele conta que achou difícil o primeira dia de prova, principalmente as questões relacionadas a Geografia. O garoto pretende cursar Engenharia Civil, em uma universidade pública. Com medo de perder o horário, o estudante chegou às 9h30 na UFMS.

Mais tranquila que ontem, Letícia Nogueira, 18 anos, quer uma vaga no curso de Medicina. “Estou mais calma hoje e acredito que o tema da redação seja intolerância religiosa ou preconceito”, diz. Segundo ela, o primeiro dia de prova foi muito difícil, principalmente nas áreas de física e filosofia.

Questões de gênero e de família. Esse é o tema que Lucas Costa, 19 anos, aposta. “Estou ansioso pra caramba”, diz. Os portões dos locais de aplicação do exame abriram às 11h e fecham ao meio-dia. Hoje, a duração de prova é de 5 horas e 30 minutos.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions