A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 06 de Dezembro de 2016

22/11/2016 10:37

Fotógrafo perde R$ 50 mil em furto em estacionamento de shopping

Viviane Oliveira
Fotógrafo Higor Blanco durante trabalho; equipamento foi levado de dentro de veículo estacionado (Foto: Reprodução / Facebook)Fotógrafo Higor Blanco durante trabalho; equipamento foi levado de dentro de veículo estacionado (Foto: Reprodução / Facebook)

O fotógrafo Higor Blanco, 24 anos, perdeu R$ 50 mil em equipamentos que foram furtados de dentro de seu veículo, na noite de segunda-feira (21), no estacionamento do Shopping Norte Sul Plaza, em Campo Grande.

Veja Mais
'Alvo fácil', vítima de sequestro diz que pretende processar shopping
Homem é rendido em shopping, fica 6 horas em cativeiro e tem carro roubado

A vítima conta que por volta das 20h estacionou seu veículo Gol cinza no estacionamento da Rua Japão, próximo à entrada da praça de alimentação, e foi assistir um filme.

Após 4 horas, quando retornou até o local para ir embora, percebeu que o banco do motorista estava inclinado para frente. “Fechado, o carro não tinha sinais de arrombamento e muito menos vidro quebrado”, conta.

Ao abrir o veículo, Higor teve a surpresa. Todos os equipamentos de trabalho como câmeras, lentes e notebook tinham sido levados. “Os objetos estavam em uma mala sobre o banco traseiro do automóvel”, diz. Segundo ele, o sistema de alarme e as travas elétricas do veículo estão funcionando normalmente.

Desesperado, Higor entrou em contato com os responsáveis pela segurança do estabelecimento e informou a situação. Ele registrou boletim de ocorrência na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) da Vila Piratininga para que as imagens do circuito interno sejam entregues à polícia.

Estacionamento que fica na Rua Japão. (Foto: arquivo/Alcides Neto) Estacionamento que fica na Rua Japão. (Foto: arquivo/Alcides Neto)

“A gente paga caro para ter um serviço de segurança que não é eficiente. Ontem, por exemplo, paguei R$ 8 de estacionamento e quando ia embora me deparei com aquela cena”, lamenta.

O fotógrafo já reuniu todas as notas que provam a compra e o valor dos equipamentos para pedir ressarcimento. “O pior de tudo é que estou sem meus equipamentos de trabalho. Quarta-feira tinha um evento e viagem programada para São Paulo. Ontem mesmo havia feito um editorial de Natal e foi tudo perdido”, lamenta.

Essa não é a primeira vez que ocorre situação semelhante no shopping. Em agosto deste ano, o empresário Rodrigo Insfran, 34 anos, foi vítima de um assalto relâmpago e teve o veículo Ford Fiesta roubado, quando saía do estacionamento da Rua Japão.

O Campo Grande News entrou em contato com a assessoria do shopping, que ficou de se inteirar sobre o caso e em seguida emitir posicionamento oficial.




Eu sei que não é fácil, que por conta da correria de hoje, temos que deixar quase tudo dentro do carro, mas sabemos que tem um monte de gente que pra ganhar dinheiro rouba as coisas dos outros e que nenhum lugar hoje em dia é seguro o bastante. Portanto jovens, deem mais atenção aos seus pertences, cuidem mais e procurem não deixar coisas no carro seja de trabalho ou de estudo!! Depois que acontece, por mais que fique provado que alguém levou, por mais que o Shopping devolva o dinheiro do valor de suas coisas... vc perde tempo, perde dinheiro e credibilidade, pois com tudo isso, acaba deixando de apresentar um trabalho de faculdade, de se apresentar em um trabalho, de fechar negócios, pois quem responsável deixa coisas que valem mais de 50mil por causa de filme em shopping??! Fica a dica!
 
Rose em 22/11/2016 10:56:30
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions