A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 10 de Dezembro de 2016

09/11/2016 07:31

Funcionários entram em greve hoje e pais encontram Ceinfs fechados

Renata Volpe Haddad e Adriano Fernandes
Mães encontraram portões fechados nesta manhã em Ceinf do bairro Aero Rancho. (Foto: Marina Pacheco)Mães encontraram portões fechados nesta manhã em Ceinf do bairro Aero Rancho. (Foto: Marina Pacheco)

Recreadores e cuidadores dos Ceinfs (Centros de Educação Infantil) de Campo Grande, entram em greve nesta quarta-feira (9) devido ao atraso nos salários. Os funcionários ainda não receberam o valor referente a outubro e hoje, algumas unidades não tem aula enquanto outras funcionam com poucos funcionários.

Veja Mais
Com salários atrasados, trabalhadores de Ceinfs entram em greve hoje
Servidora do Gaeco desaparece após receber ligação em Campo Grande

No Ceinf Dom Antônio, localizado na rua João Oliveira Machado, no bairro Aero Rancho, poucos funcionários estão trabalhando. As aulas começaram às 7h e crianças da creche terão apenas um professor e as crianças do berçário, serão cuidados por um funcionário. Para as outras salas, só um trabalhador estará cuidando de todas crianças.

Funcionários do Ceinf Michele regina Locatelli, no bairro Aero Rancho, estão todos em greve. Pais de crianças chegam ao local e se deparam com o local fechado e um cartaz informando a greve.

Os trabalhadores estão no local explicando aos pais dos alunos os motivos da paralisação. A operadora de caixa, Cristiane da Silva, 37, mãe da Maria Clara de 11 meses, diz que não tem com quem deixar a filha, para ir trabalhar. "Não sabia dessa greve e agora não sei o que fazer, se vou ou não trabalhar. Mas acho justo sim a greve, os trabalhadores não podem trabalhar sem receber". 

Já os funcionários do Ceinf Antônio Rustiniano Fernandes, na vila Nhanha não aderiram à greve, mas as crianças só serão atendidas a partir das 13h devido a uma capacitação dos profissionais agora pela manhã. A creche atende de 180 até 220 crianças.

Pagamento de salários - Os trabalhadores são terceirizados e contratados através do convênio entre prefeitura e Omep e Seleta e estão desde outubro, sem receber os salários e adicionais, como vale-transporte.

Vice-Presidente do Senalba/MS (Sindicato dos Trabalhadores em Entidades Culturais e Recreativas), Elenir Arruda Azevedo Leite explica que há dois meses os funcionários recebem de 10 a 15 dias depois do 5º dia útil. Esse mês resolveram parar por que ainda tem essa alternativa antes das férias. Os recreadores estão com salário atrasado e sem passe de ônibus.

"Enquanto estão funcionando temos o recurso de parar, mas quando chegar as férias não temos mais. Já estamos fazendo a manifestação desde agora", afirma.

A Semed (Secretaria Municipal de Educação) já recomendou para que os diretores de Ceinfs procurem formas de organizar o atendimento nas unidades para dar continuidade ao atendimento, ocorrendo dispensa de turmas apenas em casos extremos.

A secretaria também promete pagamento nesta quarta (9) para funcionários ligados à Omep. Já, os trabalhadores ligados à Seleta estão dependendo do repasse da folha de pagamento para o setor de auditoria da Semed.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions