A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 24 de Outubro de 2014

18/02/2013 07:13

Grupo faz arrastão em ponto de ônibus em frente de shopping

Francisco Júnior

Um grupo de pelo menos 15 jovens fez um arrastão por volta das 22h30 de ontem (17), em um ponto de ônibus, em frente ao shopping Campo Grande, na avenida Afonso Pena.

Veja Mais
Moradores se mudam e abandonam cão em residência no Parque Lageado
“Big Brother” começa a ser instalado no Parque das Nações Indígenas

De acordo com a Polícia, dois rapazes estavam no ponto quando foram abordados pelos assaltantes. Mediante a ameaça, as vítimas tiveram seus bonés roubados.

Depois do assalto, o grupo deixou o local, mas ficou nas imediações do shopping. Uma das vítimas estava seguindo para o estacionamento do centro comercial e foi abordada novamente pelos bandidos. O rapaz acabou agredido.

Policiais foram acionados até o local e prenderam dois integrandos do grupo: um adolescente de 17 anos e um rapaz de 18 anos, identificado como sendo Gilmar Santos Souza. Os comparsas conseguiram fugir.

Com os dois, estavam os bonés roubados das vítimas. A Polícia suspeita que outras pessoas também foram assaltadas pelos bandidos.

Gilmar tem extensa ficha criminal. Entre os crimes cometidos por ele constam: lesão corporal recíproca, homicídio tentado praticado ainda quando era adolescente, furto qualificado, roubo qualificado por emprego de arma.

Ele e o adolescente estão detidos na delegacia.



Essa nossa sociedade só está assim, por culpa de pessoas que comentam absurdos como esses que vejo nessa noticia, nossa bela classe media.
 
Eduardo Campos em 18/02/2013 15:56:06
Porque nao estao na cadeia esses delinquentes???????

- por que sao "menores".........

VIVA O BRASILLLLLLLLLLL!!!! onde o errado é certo!
 
claiton barcelos em 18/02/2013 12:56:21
Mata enquanto é pequeno, pois depois que crescem, eles é que nos matam.
 
Fernando Souza em 18/02/2013 10:49:43
Até quando vão defender marginais e manda-los para febem por serem de "menor".. Olha os de menor somos nós, ou seja: de menor segurança para pessoas honestas e trabalhadoras e cafezinho todo dia par esses bandidos caras de pau que só sabem nos roubar pois são amparados pela Lei do menor.

Até quando Brasil?
 
evellyn fernanda gimenes mendes em 18/02/2013 10:29:34
O pior de tudo é que o menor "bonzinho", tem os mesmos direitos que o menor coitado que sofre um abuso. Ou seja, no sentido de que não pode mostrar o rostinho, só pode colocar as iniciais.
Deveria mostrar a cara do caboclo, para, pelo menos, quando ficarmos de frente, desviarmos do elemento.
 
Marco Antonio em 18/02/2013 10:20:11
Bom a sociedade tem o que merece né! porque se a policia pega uns vagabundos desses e causa apenas uma lesão se quer no pobre coitado do marginal vagabundo, o policial e acusado de lesão corporal, tortura e etc, e tendo q tirar da boca dos filhos para pagar advogado para não serem condenados ou até mesmo excluidos por causa dos pobres maginais vagabundos, acorda poder publico até quando as pessoas de bens vão ter q viver assim com medo a merce de bandidos que fazem o q quer e nunca são responsabilizados, parabéns ao direito dos MANOS, amanhã concerteza estarão na rua fazendo tudo de novo, e nós trabalhadores tendo q se esconder e ficar trancados dentro de casa.
 
guilherme paes em 18/02/2013 10:09:36
Concordo plenamente com a opinião do Paulo Silva. TEM MESMO QUE EN-FOR-CAR esses vagabundos....... tava aqui pensando... será que com cabo de aço é possivel? mas tem que dá aquele nó bem dado pra não ter risco de sei la demorar pra morrer.. tem que ser: VAPT -VUPT!
 
Gilson Giordano em 18/02/2013 10:08:12
Isso nunca vai parar em quanto não houver a redução pena..
 
mauricio martins em 18/02/2013 09:15:34
Brincadeira heim! O que é que esses elementos estão fazendo soltos nas ruas? O direito "dos Mano" e a impunidade sempre prejudicando os cidadãos de bem. Quem poupa o lobo sacrifica as ovelhas. Se já estivesse sido preso não estaria prejudicando outras pessoas. Enforca esse vagabundo.
 
Paulo Silva em 18/02/2013 09:05:52
Luiz Alves, voce tem razão.Os nossos senadores e deputados só vão começar a pensar no assunto quando esses bandidos começarem a roubar seus filhos.
 
wanduildo silvestre alves em 18/02/2013 09:01:45
Manda a turma dos direitos humanos ficar com esses dois ai!
 
marcos santolaia em 18/02/2013 08:15:54
Com certeza foram uns que vi no parque, estavam cuspindo da roda gigante, furando filas e fazendo algazarra, tem que chegar o couro nesses marginais, sem dó, e não existe menor de 18, existe maior de 14, taca neles policia.
 
Julio Martini em 18/02/2013 07:57:09
Gente até quando ficaremos a mercê desses bandidos? Pois se prendem e soltam, por isso que eles ficam sem vergonhas, nossos governantes precisam tomar atitudes mais drásticas, colocá-los para limpar terrenos, fazer alguma ação social, que contribua para o desenvolvimento da nossa cidade, se amarrar com corrente o pé de um com outro fazendo uma corrente eles não irão fugir, assim eles estarão fazendo JUS ao salário que recebem nas nossas custas, e quem sabe alguns até se recuperam.
Outra coisa que devem fazer é mostrar o rosto desses jovens adolescentes que estão soltos roubando, a população precisa saber quem é quem para poder se defender.
 
Sandra Alves em 18/02/2013 07:51:53
Nessa parte a justiça falha muito em liberar ladrão reincidente para ficar solto. Tem que haver Lei e cumpridor com rigor em certos crimes. Mas os Deputados e Senadores são responsáveis por estas mudanças; o judiciário se baseia em leis para punir.
 
luiz alves em 18/02/2013 07:32:51
imagem transparente

Desenvolvido por Idalus Internet Solutions