A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 21 de Outubro de 2014

01/07/2011 07:56

Militares do Exército são presos depois de desacatar policiais em posto

Francisco Júnior

Confusão aconteceu no centro de Campo Grande

Três militares do Exército foram presos por desacatar policiais no início da madrugada desta sexta-feira em um posto de gasolina localizando no cruzamento da rua 13 de Maio com a avenida Afonso Pena, no centro de Campo Grande.

Conforme registro policial, Bruno Henrique Belardes Silva, Gustavo Mikoleit de Moraes da Rosa e Douglas da Silva, todos de 19 anos, estavam aparentemente alcoolizados e, ao avistaram a viatura, passaram a agir de maneira desrespeitosa com a guarnição. Aos gritos e fazendo gestos ofensivos, eles chamaram os policiais para o interior do posto.

Ainda conforme o registro, durante a abordagem, com o intuito de intimidar os PMs, os três rapazes mostravam a camiseta que usavam onde constava a escrita Exército. Eles disseram que por serem militares, os policiais “sequer poderiam encostar neles”.

Após a confusão, os jovens foram encaminhados para a Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) do centro, onde foram autuados por desacato.

Veja Também
Banheiros em feiras da Capital devem sair nas próximas semanas
O prefeito de Campo Grande, Gilmar Olarte (PP), homologou na tarde desta segunda-feira (20) licitação que permitirá locação de banheiros químicos par...
Mais 21 comissionados são exonerados da prefeitura da Capital
Na filosofia de apertar o cinto para não entrar mais ainda no vermelho, a Prefeitura de Campo Grande exonerou 21 servidores comissionados. As exonera...
Negada a absolvição de homem que ateou fogo em casa
Valdeir Pereira Angelino teve o recurso negado pela 1ª Câmara Criminal, por unanimidade, para ser absolvido de tentar enforcar e ateou fogo na casa d...


na onde não fomos ouvido por nem um delegado de plantão e por ninguém apenas em um momento no meio da madrugado entro Um policial e quando tentamos argumentar com ele ele abriu a ponta sub sequente da que estávamos e falou ai criançada tem 3 militar silhos pra vc's aqui se eles começarem a falar demais jogo ai pra vc's brincar foi onde que vários deliquantes começou a gritar coloca aqui to doido pra ter um "milita" coloca aqui a noite sera uma criança... e assim por diante. Resumindo ligarão pra PE as 8 Horas dos dia seguinte ! .
 
Douglas Silva em 21/01/2014 08:06:02
E o SD Belardes retiro sua careteira de Cigarro do bolso e um SD da PM tomou a carteira e atirou longe e indagou (seu vagabundo ta achando que vc esta la no seu quartelzinho? Aqui tu é CIVIL e vai ser tratado como tal) neste momento tanto os frentistas e os funcionarios da conveniência tentavam acalmar os PMs dizendo que não avia acontecido nada que nos 3 estávamos nos divertindo com nosso colegas no caso outras 40 pessoas todos Civis e no qual nem um foi nem olhado, era apenas com nos 3 o problemas. No momento que peguei meu celular para Ligar na Nossa OM o SGT da PM tomou e deu voz de prisão, nos colocando dentro de uma viatura da PM na frente de mais de 50 testemunhas nos conduzindo para uma delegacia na onde ficamos das 1:30 as 8:50 dentro de um tal de "corro" sem banheiro sem água.
 
Douglas Silva em 21/01/2014 07:59:23
foi neste exato momento que os dois outros militares também apontavam pra minha camiseta em direção ao emblema, neste exato momento a viatura entra no posto na qual os PMs desem e com a asmas em punho e dedo em guarda, tipo filme, neste momento nos identificamos com as documentações em mãos... e o PMs estendeu a mão solicitando os 3 documentos e prontamente ao mesmo foi entregue. Não satisfeito e ciente que eramos militares o SGT da PM com a mão da um tapa na mão do SD Gutavo na qual avia uma lata de cerveja e no mesmo segundo manda ele ir pra parede, como aviamos nos identificados e com nossos Documentos em mãos eu SD Douglas fiz o seguinte comentário que não avia motivos para estarmos sendo tratados como bandidos, eramos Militares e estávamos nos divertindo... CONTINUA
 
Douglas Silva em 21/01/2014 07:46:37
Obs: Fomos "conduzidos bruscamente mesmo havendo contestamento das 40 pessoas que estavam no local com nos 3 e contestado pelos frentistas e pelos funcionarios da conveniência. Tudo começou apos a viatura parar de frente ao posto e com uma Lanterna daquelas que é alimentada pelo acendedor de cigarro que a 100 metros de distancia frita um ovo sendo apontada para o interior do posto, ate ai "tudo bem" mas apos 4 minutos parada apontando a lanterna frita tudo, tentamos nos identificar... no caso eu estava com a camiseta do Exercito, Obs 100% Civil apenas com a identificação na parte de trás, me virei pra que vissem que tratava-se de militar e não de bandido!!!! não sendo nem solicitado pelos mesmos e vendo que tal atitude dos PMs não mudavam.. nem abordava e nem ião em bora CONTINUA!
 
Douglas Silva em 21/01/2014 07:32:54
continuando, lei 6.880/80. Não estamos aqui para fazer juizo de valor mas o procedimento correto é esse. Em dúvida sempre procurem legislação pertinente que vão encontrar respaldo com certeza.
Forte abraço!
Brasil !!!
 
Jose Luiz Andreazza em 30/10/2013 19:31:10
Prezados (as), boa noite !
Li os comentários de todos. Existem alguns pontos falhos na hora do exercicio da função e até do calor do momento. Nenhum soldado, seja ele de qualqer força não pode ser preso pelas forças auxiliarias (PMs). Os policiais militares podem e devem dar voz de prisão, deter o militar onde está e entrar em contato com uma guarnição respectiva da força o qual serve o detido e nele vir um oficial ou com patente de maior graduação do detido. Se estiver fardado então a situação piora um pouco. Piora mais ainda quando o elemento é um oficial. O militar da força pode ser preso se for autoado em FLAGRANTE DELITO, assim, conduzido a delegacia mais proxima apenas para lavratura do ato e imediatamente encaminhado para o quartel. Art. 74 paragrafos 1 e 2 do Estatuto dos militares
 
Jose Luiz Andreazze em 30/10/2013 19:29:52
isso nao se faz,todos nos somos um so.... temos q honrar a farda e nos respeitar...
 
ronny cristaldo em 11/04/2012 07:04:19
Os rapazes agiram mal. Isso não se faz. Devem ser pessoas que não trazem educação do berço e que antes de servirem o Exército, deviam estar acostumadas a praticarem tais atos. Eles não representam nosso bravo e honrado EB. Muitos comentários aqui, só demonstram ignorância e ressentimento. Poucos foram coerentes, sábios e inteligentes, como os dos senhores Alex Correa e Alício L.Rodrigues.
 
Ludmilla Petrus em 10/03/2012 06:16:21
NENHUM MILITAR DAS FORÇAS ARMADAS COMO POLICIAIS MILITARES TEM O DIREITO DE SE SOBREPULJAR ACIMA DA LEI,UMA COISA É UMA COISA ,OUTRA COISA É OUTRA COISA DESINFORMADOS SÃO AQUELES QUE NÃO SABEM QUE DUARANTE O SERVIÇO MILITAR OBRIGATÓRIO,COMO TBM AQUELES QUE LÁ PERMANECEM SÃO MILITARES FEDERAIS ,E QUE TEM O SEU FORUM DE ACORDO COM A CONSTITUIÇÃO FEDERAL NÃO ESTADUAL SUA PRISÃO EM QUARTÉIS FEDERAIS.
 
CLÁUDIO GONZALEZ em 10/10/2011 07:05:09
eles cometeram algazarras pertubaçao da tranquilidade isso e crime comum e depois desacataram militares crime militar e que disse a eles que nao podem ser presos pela policia vai nessa vão cair do cavalo isso écoisa de recruta antigao com certeza nao faz isso,delegacia neles.
 
claudinei braz de lima em 01/07/2011 12:01:38
Em outras palavras, nossa Carta Magna diz que "qualquer um do povo pode, e as autoridades devem...", portanto, senhores, essa coisa de que integrantes dessa ou daquela força são intocáveis, nada mais é do que resquício dos tempos do Regime Militar. Ninguém, ninguém mesmo esta acima das leis. E as autoridades constituídas (neste caso as polícias estaduais) tem sim o dever de manter lei e a ordem, pois repito, ninguém esta acima de ambas. Dado voz de prisão, se couber, encaminha-se para as providências judiciárias cabíveis (delegacia de polícia mesmo). SImultaneamente comunica-se as autoridades da força a qual o militar faça parte. Não se pode confundir crime com transgressão disciplinar. A transgressão é assunto interno da caserna. No caso de crime, as apurações podem ser iniciadas tanto dentro, quanto fora dos muros dos quartéis. Não se pode esquecer, por exemplo, que, salvo raríssimas exceções, tanto na esfera disciplinar quanto na criminal, as mesmas regras que regulam as condutas dos militares das forças armadas, regulam também as condutas dos militares estaduais (PMs). Por fim, julgo ser importantíssimo destacar: As forças militares, sejam elas de esfera federal ou estadual são Instituições respeitadas e respeitadoras, merecedoras de total credibilidade. Estão acima de fatos dessa natureza. não podendo ser maculadas pela ação irresponsável de uns poucos milicos irresponsáveis, que, sem dúvida alguma, respeitados os princípios do contraditório e ampla defesa, terão a devida punição.
Deus abençoe a todos. Fernando - SGT PM
 
Fernando Silva em 01/07/2011 11:42:57
Independente de qualquer força, policial ou não,qualquer cidadão que esteja agindo de forma contraria a boa conduta, pode ser dada ser vóz de prisão por qualquer cidadão integro,esta esta na constituição..
 
Jorge Fontes em 01/07/2011 11:42:06
Já tive problemas dessas naturezas. Fui procurado por parentes de soldado do Exército, pois, o militar estava alterado querendo achar uma briga. Orientei o solicitante que comunicasse a PE, para evitar conflitos e mitos, como: a PM tem rixa com o Exército; disse ainda ao solicitante que com certeza o militar do EB diria: Você não pode me tocar, sabendo que o militar gostaria de reenganjar, não seria bom para seu conceito, ter que dete-lo; o solictante foi para casa orientado a tentar uma conversa com seu irmão, porém logo voltou e disse que não teve jeito; desloquei com uma guarnição PM até a residência do solicitante e tentei uma conversa amigável com o soldado o chamando pelo nome. Noentanto, ele respondeu - você não me toque e nem chegue perto de mim; tentei novamente me mostrar amigável, tentando enterder o momento de descontrole do mesmo; não foi possível. Tive de dar voz de prisão ao militar e encaminha-lo para delegacia por desacato e resistência a prisão e fiz contato com o Tenente de Dia da PE, o qual compareceu na delegacia com uma guarnição da PE. Neste caso, isolado, resolvemos diretamente com a PE.
 
Alicio L Rodrigues em 01/07/2011 11:03:45
não tinham que chamar a PE segundo o RDE do exercito quem efetua prisão de militares é a PE o maximo que PM pode fazer e deter e não encaminhar a delegacia isso é o certo seria pois lá eles ia lavar muita privada para aprender a ser gente militares... devem ser é recrutas mimados que mancham o exercito. eu servi por 3 anos essas atitudes lá são tratadas com rigor.
 
Alex Correa em 01/07/2011 08:53:30
PARABENS aos policiais, esse mito que policiais no exercicio de suas funções nao pode "prender" militares do exercito, é lenda. Os nobres do exercito deveriam ler mais. Bem feito, os poilicias bem preparados e comprindo seu dever, nao incostaram as maos neles, mais eles vão ter uma tremenda dor de cabeça com seus comandantes, mais enfim né, exercito brasileiro só ficam com eles por seis meses, e nesse periodo eles acham que são intocaveis. Pobres recrutas.
 
alex santos em 01/07/2011 08:44:06
Isso é coisa de recruta mesmo.... achar que por ser das forças armadas terão prioridade sobre as forças publicas estaduais....Tem gente que é mané mesmo e pede pra se dar mal ( pra não dizer outra coisa). Sort~e deles não ter sido uma G.U. de Rotac.
 
carlos albertp em 01/07/2011 08:31:36
kkkkkkkk, essa foi pra esses militares ficarem atentos, por que muitos novatos dizem que não podem ser presos por policiais, apenas pelo exercito, ou outro orgão a que pertencem ! acham ainda que podem fazer o que quiserem e não serão presos. Seria bom que eles alem de ficar ralando igual a "camelos" , tivessem aulas de noções de direito. A maioria tem sequer o segundo grau completo, e quando entram no "exerço" acham que são "otoridades" e nenhum policial pode lhes revistar, por que são militares !!!
 
anderson canale em 01/07/2011 08:16:09
imagem transparente

Desenvolvido por Idalus Internet Solutions