A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 09 de Dezembro de 2016

13/11/2016 17:43

Mulher de 43 anos é a terceira pessoa morta após carro cair no rio Anhanduí

Guilherme Henri e Leandro Abreu
Bombeiros resgate dos corpos das vítimas na região do Guanandizão (Foto: Marina Pacheco)Bombeiros resgate dos corpos das vítimas na região do Guanandizão (Foto: Marina Pacheco)

Magareth Delmonds, 43 anos é a terceira vítima do acidente em que três pessoas morreram após um o veículo em que estavam cair no rio Anhanduizinho, na madrugada deste domingo (13), em frente ao Ginásio Guanandizão, em Campo Grande.

Veja Mais
Carro era emprestado e ocupantes haviam saído de festa em chácara
Três pessoas são encontradas mortas em carro submerso no rio Anhanduí

Além dela, Juliano Rosa Xavier, 35 anos, e Geiziléia de Moraes Afonso, 33 anos estavam no carro, um Crossfox prata e morreram. Eles voltavam de uma festa em uma chácara e o veículo era emprestado.

As informações são do delegado que atendeu o caso, Thiago Macedo, que não revelou a naturalidade da vítima, e preferiu não comentar sobre o caso.

Acidente – O acidente ocorreu por volta das 4h, porém o socorro só foi acionado às 08h20. “A provável causa da morte das três vítimas foi afogamento. Caso tivessem nos acionado às 4h, quando viram pela primeira vez, talvez poderiam ter salvo uma vida”, comentou a tenente Janaíne Penteado Santanta, do Corpo de Bombeiros.

Conforme informações dos Bombeiros, o Crossfox transitava pela Ernesto Geisel sentido centro-bairro quando perdeu o controle e foi em direção ao Rio Anhanduí. A frente do carro colidiu com o barranco, o que fez com que o veículo capotasse e caísse no córrego.

Com a queda, o carro ficou praticamente submerso. Após desvirarem o Cross Fox prata, com placa de Pedro Leopoldo, cidade de Minas Gerais, outras duas pessoas foram encontradas.

Garrafas de bebida alcoólica foram achadas pelos bombeiros dentro do veículo. Uma das vítimas não estava com documentação, o que não tornou possível sua identificação. O documento do veículo estava no nome de uma quarta pessoa, Jarbas Luiz Pereira, o que havia levantado a hipótese de mais um corpo estar no rio. A família do motorista entrou em contato e informou que Jarbas não estava no acidente, e havia emprestado o carro a Juliano.

Período de inscrição de novos alunos na Reme termina nesta sexta-feira
Termina nesta sexta-feira (9) em Campo Grande o período de matrículas de alunos interessados em ingressar na Reme (Rede Municipal de Ensino). As insc...
Decisão do TRF 'limpa' nome de Campo Grande em cadastros de inadimplentes
Decisão do TRF (Tribunal Regional Federal) da 3º Região (MS e SP) excluiu definitivamente Campo Grande do Cadin (Cadastro Informativo de créditos não...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions