A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 30 de Agosto de 2014

15/08/2011 20:11

Pai vai pedir a guarda de crianças esfaqueadas por ex-namorado da mãe

Ana Paula Carvalho
Menina de 11 anos mostra ferimentos feitos pelo ex-namorado da mãe. (Fotos: João Garrigó)Menina de 11 anos mostra ferimentos feitos pelo ex-namorado da mãe. (Fotos: João Garrigó)
Menino de três anos levou quatro facadas.Menino de três anos levou quatro facadas.

Rafael Olmos Ortiz Espíndola, 28 anos, pai das crianças que foram esfaqueadas pelo ex-namorado da mãe delas na madrugada do último domingo vai pedir a guardar dos filhos à Justiça.

Hoje, ele esteve com os filhos no SOS Criança e no Conselho Tutelar.

Quando se separou de Lucimar Barros Giroto, Rafael ficou com as crianças por pelo menos cinco meses, ele chegou a entrar com o pedido de guarda, mas elas voltaram a morar com a mãe.

Hoje, ele diz que vai procurar novamente a justiça para tentar ficar com os filhos. “Já estou vendo tudo aqui (Conselho Tutelar) para ver o que eu vou fazer, mas eu quero ficar com os meus filhos, não quero mais que eles fiquem naquela casa”, relata.

Rafael e Lucimar foram casados por nove anos e se separaram em 2009. Segundo o vendedor, as brigas, normais em qualquer relacionamento, contribuíram para o fim do casamento.

O caso - Por volta da 01h30 de domingo, Izaelso Júnior Soares de Moraes, de 26 anos, desligou o padrão de energia da casa onde as crianças moravam com a mãe e com a avó materna, na Vila Nhá-Nhá, e, como não achou Lucimar que estava escondida no banheiro, passou a agredir Dinorá Barros Giroto, 53 anos, com facadas, chutes e socos. Ela levou quatro facadas, uma no peito.

Neste momento a menina de 11 anos e o garoto de três dormiam sozinhos no quarto. O homem deu nove facadas na criança mais velha, que mesmo ferida, tentou impedir que ele agredisse o irmão e a avó. Ela desmaiou quando ele bateu com a cabeça dela em uma mureta.

“As minhas costas e o meu rosto, perto da orelha, ainda doem bastante”, relata a menina que diz não se lembrar muito do que aconteceu, porque estava dormindo quando tudo começou.

Izaelso ainda deu quatro facadas na criança de três anos. Uma pegou no braço e quatro nas costas.

Casa onde crianças moravam não tem segurança.Casa onde crianças moravam não tem segurança.

As duas crianças foram encaminhadas ao posto de saúde do bairro Guanandi e depois à Santa Casa. As duas receberam alta ainda na manhã de domingo e estão na casa do pai.

Sem segurança - A casa de esquina que fica na rua Sabiá, na Vila Nhá-Nhá, não oferece nenhuma segurança a quem mora lá. A casa sem muro tem apenas uma porta sem vidro.

A menina que foi esfaqueada diz que enquanto não melhorar a segurança da casa, não quer voltar para lá. “Eu não quero voltar para lá, não. Tenho muito medo”, relata.

Avó materna - Dinorá Barros Giroto, de 53 anos continua internada na Santa Casa de Campo Grande.

Ela levou quatro facadas, uma delas no peito, chutes e socos. A mulher tentou defender os netos, mas acabou ficando inconsciente após o ex-genro bater com a cabeça dela na mureta. Ele fez o mesmo com a neta dela.

Dinorá deverá receber alta amanhã e, não vai voltar para a casa onde morava com a filha e com os netos. Izaelso continua foragido.

Medida cautelar - No dia 10 de agosto, Lucimar conseguiu na Justiça que o suspeito ficasse proibido de fazer contato ou ou se aproximar dela e de familiares. Ainda de acordo com a decisão, ele tinha que manter distância mínima de 300 metros.

Veja Também
Quatro carros são destruídos durante incêndio em estacionamento de festa
Quatro veículos foram destruídos e dois danificados em um incêndio em um terreno baldio no Bairro Rita Veira na madrugada de hoje (30). O terreno ser...
MPE investiga falta de medicamentos para pacientes de doença genética
O MPE (Ministério Público do Estado de Mato Grosso do Sul) abriu um inquérito para investigar a falta de medicamentos na SES (Secretaria Estadual de ...
Acusado de tentativa de homicídio é condenado a 4 anos de prisão
Um homem acusado de tentar matar uma pessoa com vários disparos no bairro Itanhangá Park, em Campo Grande foi condenado pelo 2ª Vara do Tribunal do J...


e facil vc falar quem esta difora da situacao qando acontecer com vc voceis vao parar parar para pensar eu julguei aquela pessoa que sodeus tem o direito de julgar ningem tem esse direito so ele para ter misericordia dessa situacao pense nisso antes de me julgar

 
lucimar barros giroto em 18/02/2012 07:28:10
imagina se essa mae tivesse saido do banheiro e fosse esfaqueada tambem quem iria socorrer tadas elas numa madrugada tudo escuro e sem ninguem ver nada julgar ,e facil....
 
regiane barros giroto irma das vitimas e fiha em 17/08/2011 09:44:46
Jesus esta voltando mesmo,eu nunca vi uma mãe correr de medo e deixar seus filhos perecer,que mãe hem,fala serio essa pra mim na minha opinião tem que ficar só até sem a mãe dela .... a mãe dela fez o verdadeiro papel de mãe,é um absurdo isso, eu tbm tenho um filho dessa idade e fiquei muito triste meu coração apertado de tristeza.
 
oslania torres em 17/08/2011 05:51:46
Legal, então ela prefere esconder e deixar duas crianças correndo risco, que bela mãe.....tomara que o pai consiga a guarda desses menores, só assim poderão ter uma vida digna.
 
Lucinei Domingues em 16/08/2011 11:55:14
Bem faz minha mae , que dis que prefere ficar só a ter que por um pequeno pedacinho do porco, ficar com o porco inteiro....
 
mauricio alandislau em 16/08/2011 11:12:53
É impressionante que ainda temos que ver notícias assim. Infelizmente há casos bem piores. Devemos imaginar o desespero dessas crianças, e nos orgulhar dessa pequena moçinha que tentou proteger seu irmão, embora seu ato de coragem, não desespertou a preocupação da mãe. O que acontece hj em dia com algumas famílias, principalmente pelas mulheres que escolhem mau seus companheiros são isso. Devemos saber e conhecer bem quem colocamos em nossa casa, quem vai estar ao lado de nossos filhos.
Lamenta-se muito por esse caso. Parabenizo ao pai deles pela decisão de tomar a guarda, fato que poucos homens fazem.
 
Joicy Godoy em 16/08/2011 11:07:57
a mae escondeu no baheiro.....hum,,,quer dizer que ela nao se preocupou com os filhos.....era o minimo de se esperar....mas para quem se ama tanto que anda com um qualquer......pobre crianças...com uma mae dessas explica se o padrasto.
 
celia roseli felipe em 16/08/2011 10:37:04
mãe que é mãe morre pelos filhos, estas que se escondem, e, espoem os filhos nas mão de agressores não merecem ser classificadas como tal, espero mesmo que a justiça seja feita e ela nunca mais veja os filhos, pois o grande perigo para estes pequenos é esta senhora q se diz mãe....
 
noemia gomes em 16/08/2011 10:36:34
Esse animal que e o nome desse infeliz fez na verdade nem animal nao faz isso tem que ser punido acho tbm que deveria colocar a cara dele nos jornais e a população fazer justiça pq ele nao matou essas crianças por Deus....Mas um dia Deus vai cobrar dessa mae e perguntar a ela o que ela fez com os filhos que ele designou pra ele cuidar amar e ensinar os valores da vida...Espero que esse pai ganhe a guarda e cuide muito bem dessas crianças pq no momento eles precisam de cuidados e muito amor...Tbm nao devemos julgar essa mae as vezes vc se envolve com alguem e depois descobre quem e essa pessoa so depois do termino do relacionamento, ela tbm tem que tomar cuidado pq se esse vagabundo nao for preso ele vai atras dessa mulher....Um recadinhu pra vc mae e pai que acham que colocar filho no mundo e depois separar isso que da tanto o homem qto a mulher se envolve pq esta carente e nao presta atençao que o maior prejudicado dessa historia toda sao os seus filhos inocente ja parou sentou e conversou com seus filhos e perguntou o que eles sentem nao ne...Entao pense mas neles pq desde qdo vc gera uma vida vc sempre tem que pensar nos seus filhos e em mas nada eles estao acima de tudo...Espero que essa marginal seje preso com urgencia cadeia nele....
 
Daiane Esquian em 16/08/2011 10:35:52
Sinceramente essa pessoa Lucimar acha que pode ser chamada de 'mãe', nem um cachorro que vê seus filhotes sendo atacados age dessa maneira se escondendo, um ser humano que ama o seu proximo sairia em defesa dos mesmos, punição pra ela também por ter deixado este monstro atacar deus filhos e sua mãe sem tomar nenhuma atitude para protege-los sabendo que o alvo das agressoões era ela mesma..... CADA DIA QUE PASSA ESTE MUNDO TA FICANDO PIOR.....
 
Graziela Moura em 16/08/2011 10:31:58
Isso ai mulherada continuem escolhendo qualquer porcaria porque ele é bonito ou tem dinheiro , ou as vezes nem isso é. aprendam a escolher quem ama vcs de verdade, ai essas barbaris nao irao mais ocorrer. a culpa é toda da propria mae das crianças.
 
Marcos Renan Martins de Oliveira Borges em 16/08/2011 10:09:48
é o que eu disse na semana passada
maes separadas cuidado com quem poe de dentro de casa.
 
rosangela alves em 16/08/2011 10:02:35
Até quando vamos ver esse tipo de coisa, isso que dá namorar qualquer tranqueira que aparece....daí sobra pra quem? Justamente para os indefesos que no caso foram as crianças e a vó..que tristeza. Pai briga mesmo pela guarda dos seus filhos...Deus vai te dar força e vc vai conseguir.
 
Rosangela Carvalho em 16/08/2011 08:22:49
isso nunca deveria acontecer pois a mae dessas crianças, deveria pensar bem quando para trazer um bandido pra dentro de casa alias um monstro, ela tem culpa tbm deveria ir para cadeia, se nao deu certo com o primeiro i pra que procurar outro, primeiro conheça a pessoa pra depois as aparencia cadeia nela tbm
 
roni elias venier em 16/08/2011 07:24:23
Isto se chama "Impunidade", certeza de que não será feita nenhuma ação, mesmo depois de ter sido expedida uma medida cautelar que proibia este cidadão de ficar longe. Mais ainda, que mãe, se é que pode se chamar de mãe, é essa que permite que uma pessoa qualquer se aproxime desta maneira de seus filhos. E infelizmente este é nosso país, onde o próprio Estado, que é responsável por zelar pela segurança do cidadão permite a estas criaças, ficarem em um lugar onde não se tem nenhuma segurança.
 
Joelcio Alfonzo Aguilar em 16/08/2011 06:57:07
È lastimável o fato ocorrido essa mãe que sai com qualquer porcaria de vila,deu no deu infelizmente seres inocentes, prendam esse crápula e deem a guarda para esse pai pois onde os mesmo residiam é precariedade total sem alguma estrutura domiciliar .
 
PETERSON DE ALMEIDA CHAMORRO em 16/08/2011 06:36:33
As estatisticas comprovam. Tragédias deste tipo, casos de abuso sexual e maus tratos acontecem quando mães separadas ou divorciadas levam estranhos para dentro de suas casas. Que arquem com as consequencias de seus atos, a começar pela perda da guarda dos filhos e, se comprovada negligencia por parte das mesmas, devem ainda responder na justiça.
 
ANTONIO ALVES DOS SANTOS em 16/08/2011 06:27:36
Mostrem a foto desse sem vergonha pra ele poder ser identificado pela população!!!
 
Márcio Patrocinio em 16/08/2011 06:18:57
A Policia tem mostrado competência em todos os casos de crimes barbaros em Campo Grande, com certeza esse também será solucionado, colocando esse maniaco na cadeia.
 
Octavio Augusto em 15/08/2011 11:35:49
Esse animal covarde, tem de ficar preso! fez isso com duas crianças e uma idosa, isso é inadmissível, esperamos que a justiça haja com rigor, esse animal não pode ficar solto!
 
Paulo Lupato em 15/08/2011 09:35:29
Isso é um absurdo. Um homem esfaqueia um menino de apenas 3 anos e uma menina de 11 anos. Isso nao pode ficar assim a justiça deve botar esse homem na cadeia e o pai conserteza ficar com a garda das criança. QUE PAIS É ESSE UM MENINO QUE É UMA CRIANÇA ESFAQUEADAS.
 
gabrielly alexandre em 15/08/2011 09:20:00
imagem transparente

Desenvolvido por Idalus Internet Solutions