A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 08 de Dezembro de 2016

30/11/2016 20:37

Policial que matou vizinho a tiros é condenado a 18 anos de prisão

Nyelder Rodrigues

O policial civil aposentado Carlos Roberto Cerqueira, atualmente com 58 anos, foi condenado a prisão por 18 anos e dois meses por matar o vizinho Rodrigo José Rech no dia 24 de março de 2014, na rua Presidente Dutra, bairro Monte castelo - região norte de Campo Grande.

Veja Mais
Família de comerciante assassinado faz protesto para pedir justiça
"O policial sabe nossos caminhos e por isso está bem escondido", diz delegado

O crime aconteceu em um fim de tarde e após uma discussão entre vítima e autor. Rodrigo foi morto com quatro tiros, sendo três na cabeça e um no peito. Cerqueira fugiu logo em seguida, mas acabou preso posteriormente.

Conhecido como "Pit Bull" por causa dos problemas que tinha com várias pessoas no Monte Castelo, Carlos Cerqueira estava aposentado desde 2000, já que tem esquizofrenia e está incapaz de exercer atividade policial. A arma usada no crime era particular. Ele também já tinha rixa com a família da vítima.

Durante o júri, a acusação pediu a condenação do réu pela tentativa de homicídio - outra pessoa estava no local do crime e conseguiu fugir antes de Carlos matar Rodrigo - e pelo homicídio, mas pediu a absolvição do acusado pelo crime de posse irregular de arma de fogo.

Já a defesa alegou que não houve tentativa de homicídio e pediu a absolvição do réu da acusação de homicídio, já que ele teria alegado em legítima defesa - tese sustentada desde à época do crime.

No julgamento da causa, os jurados acataram a tese da acusação e condenaram Carlos Cerqueira pela tentativa de homicídio e pelo homicídio qualificado por motivo torpe e com recurso que dificultou a defesa da vítima, começando então a cumprir a pena de 18 anos em regime fechado.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions