A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 06 de Dezembro de 2016

25/11/2016 15:23

Preço da tarifa de ônibus deve ser definido na próxima segunda-feira

Prefeito havia anunciado que não aumentaria o preço da passagem; Benal voltou atrás e disse que pode haver reajuste

Yarima Mecchi
Motoristas de ônibus no terminal General Osório. (Foto: Marina Pacheco)Motoristas de ônibus no terminal General Osório. (Foto: Marina Pacheco)

O preço da passagem de ônibus pode definido na próxima segunda-feira (28) e anunciado pela Prefeitura de Campo Grande. A diretora-presidente da Agereg (Agência de Regulação dos Serviços Públicos Delegados de Campo Grande), Ritva Vieira, acredita que esse é prazo para ‘bater o martelo’ sobre o aumento ou não do preço.

A data-base para o aumento da tarifa venceu no dia 18 de novembro e na segunda-feira (21) o prefeito Alcides Bernal (PP) anunciou que não iria ter aumentos no preço do passe de ônibus. Hoje na Câmara Municipal ele voltou atrás. Bernal alegou que disse que não haveria aumento, mas que poderia sim haver o reajuste para corrigir a inflação.

De acordo com Ritva, caso a tarifa sofra reajuste o preço passará de R$3,25 para R$ 3,56, conforme o que foi apontado no estudo feito pela Agereg. Que calculou a necessidade de aumentar a tarifa do transporte coletivo em 9,5%, fixando o valor em R$ 3,56, e o pedido das empresas concessionárias do serviço, que pleiteavam acréscimo de 13% - para R$ 3,68.

Veja Mais
Bernal volta atrás e diz que preço da tarifa de ônibus pode subir
Enquanto motorista fala em greve, usuário apoia tarifa congelada

“Eles fizeram a conta deles e apontaram um valor maior do que o estudo técnico da Agência, mas o nosso não aponta essa necessidade e vamos manter o valor caso o prefeito optar pelo aumento”, destacou.

Ontem a diretora conversou com o STTCU-CG (Sindicato dos Trabalhadores em Transporte Coletivo Urbano de Campo Grande) e ouviu os motorista sobre o impacto que pode causar no salário da categoria caso o preço da passagem seja mantido em R$3,25 para 2017. “Conversamos e também expomos nosso lado. O prefeito que vai decidir como fica o preço da passagem”.


A reunião está marcada para a próxima segunda-feira na Prefeitura de Campo Grande.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions