A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 02 de Dezembro de 2016

31/10/2016 17:06

Prefeitura ainda não acertou repasse atrasado com a Santa Casa

Ricardo Campos Jr.
Atraso prejudica maior hospital de Mato Grosso do Sul (Foto: Fernando Antunes)Atraso prejudica maior hospital de Mato Grosso do Sul (Foto: Fernando Antunes)

A Santa Casa de Campo Grande ainda não havia recebido, até as 16h30 desta segunda-feira (31), o repasse de R$ 3,25 milhões da prefeitura que está atrasado há duas semanas, conforme a assessoria de imprensa da unidade. O dinheiro é necessário para manter o funcionamento dos serviços prestados pelo SUS à população.

Veja Mais
Prefeitura promete pagar R$ 3,2 milhões à Santa Casa na segunda-feira
Médicos se reúnem e podem entrar em greve por causa de salários atrasados

O presidente da ABCG (Associação Beneficente de Campo Grande), Esacheu Nascimento, havia dito ao Campo Grande News que sem a verba, havia risco de acabar determinados produtos, o que levou à suspensão das cirurgias eletivas, aquelas agendadas previamente. O hospital faz em média 50 procedimentos desse tipo por dia.

Conforme o dirigente, o atraso no repasse tem ocorrido nos últimos três meses, o que deixa a instituição em situação vulnerável, principalmente com relação aos fornecedores de medicamentos, além de atrapalhar o pagamento de médicos.

Nascimento chegou a dizer que se o município continuasse atrasando, a Santa Casa poderia restringir os atendimento no Pronto Socorro. Conforme a assessoria de imprensa, ainda não foi tomada nenhuma decisão nesse sentido e a unidade continua aguardando posicionamento do município.

Para se ter ideia da dimensão dos atendimentos por meio do SUS (Sistema Único de Saúde) na Santa Casa, a cada dia são realizadas média de 50 cirurgias eletivas. Os chamados procedimentos gerais, incluindo ambulatórios e PS, variam entre 18 mil a 19 mil por mês.

Somente no pronto-socorro são pelo menos 6 mil atendimentos mensalmente, conforme informou a assessoria de imprensa do hospital.

O Campo Grande News entrou em contato com a assessoria da prefeitura, mas até a publicação desta reportagem não houve retorno.

Médicos se reúnem e podem entrar em greve por causa de salários atrasados
Os atrasos no repasse de R$ 3,25 milhões da prefeitura de Campo Grande para a Santa Casa fez com que o hospital suspendesse as cirurgias eletivas - c...
Sesau admite atraso para Santa Casa, mas diz que culpado é o Estado
O secretário municipal de Saúde Pública, Ivandro Fonseca, confirmou que o repasse da prefeitura para custeio operacional da Santa Casa, no valor R$ 3...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions