A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 09 de Dezembro de 2016

03/02/2011 16:28

Projeto libera shows apenas em datas festivas

Paulo Fernandes

Lei semelhante permite realização da Festa da Virada, da TV Morena.

Votação do projeto a Câmara hoje (foto: João Garrigó/Campo Grande News)Votação do projeto a Câmara hoje (foto: João Garrigó/Campo Grande News)

O projeto de lei que permite a realização de shows da Expogrande, não abre a porteira para os shows durante todo o ano no Parque Laucídio Coelho Neto, em Campo Grande.

Segundo o vereador Carlos Borges (PSB), o projeto apenas inclui três festas como exceções à Lei do Silêncio: a Festa de Santo Antônio, a Expogrande e as comemorações de aniversário de Campo Grande.

“Eu inclui a festa de Santo Antônio, porque é o padroeiro da cidade, e a Expogrande, porque é uma festa grande e tradicional”, afirmou. “O que não pode é ter festa todo sábado no Parque Laucídio Coelho”, acrescentou.

Uma lei complementar de 2003 diz que três festas “serão toleradas” como exceção à Lei do Silêncio: as de Natal, Ano Novo e Carnaval. É essa lei, segundo Carlão, que permite a Festa da Virada, realizada todos os anos pela TV Morena.

Ele acredita que a Procuradoria Jurídica da Câmara não irá barrar o projeto, que deverá ser votado na próxima terça-feira.

Segundo ele, 20 dos 21 vereadores assinaram o projeto dele, incluindo o presidente Paulo Siufi (PMDB). Apenas Airton Saraiva (DEM) não assinou porque está em um congresso.

Acrissul consegue colocar na pauta da Câmara mudança na Lei do Silêncio
Projeto tenta colocar Expogrande entre festas fora da abrangência da legislaçãoMobilizados para garantir os shows durante a Expogrande, produtores c...
Reunião na Câmara debate mudança em lei para que parque possa ter shows
Uma reunião nesta manhã na Câmara de vereadores em Campo Grande discute uma possível alteração na Lei do Silêncio, que possa criar brecha para a rea...



A principio é um projeto a ser votado.... agora expogrande são varios dias.... e os habitantes da região e bairros proximos não aguentam mais tanta barrulheira...os representantes de povo tem que entender que não da mais pra esse local ser usado para shows e rodeiros..e mesmo exposição de animais pois esta proximo ao centro da cidade.. local para essas festividades não falta ... os nobres edis tem que ter boa vontade e bom senso e servir a os interesseiros da população e não aos oportunistas de plantão que fazem seus barrulhos e algazarra e depois vão para suas casas dormir feitos "anjos"... faça me o favor....ademais não e so o entorno do parque que é prejudicado com a poluição sonora e outras poluições, muitas pessoas que moram em outros bairros como jockei clube, monte libano, marcos roberto, vila carvalho, são bento, etc.... ja se pronuciaram a favor da retirada do parque de exposições para fora do limite urbano...é isso ai....vamos evoluir minha gente...
 
pereira junior em 04/02/2011 11:35:01
CONCORDO COM OS QUE DISSEM QUE O QUE NAO PODE É TER SHOW TODOS OS SABADOS NO LAUCIDIO COELHO!CAMPO GRANDE TEM MUITOS LUGARES QUE JÁ FUNCIONAM DE SEGUNDA A SEGUNDA COM ISOLAMENTO ACÚSTICO PARA NAO PERTURBAR OS POBRES TRABALHADORES QUE TEM QUE RALAR PARA SOBREVIVER!
 
edson gonçalves penedo em 04/02/2011 09:17:49
Isso tudo virou piada quando o pessoal do Parque Laucídio Coelho disse que não tinha verba pra fazer isolamento acústico... dinheiro eles têm de sobra.
E agora eles permitiram alguns shows como se esses não incomodassem os moradores.
Se for proibir, tem que proibir todos. É simples.


adios, muchachos
 
Gusmão Augusto em 04/02/2011 08:44:48
Vereador, vamos ouvir o povo!
A cidade cresceu e as ruas centrais e o parque de exposição não é lugar adequado para realização de shows.
Os nobres vereadores deveriam crescer também e procurar o melhor para cidade e não para um grupo de pessoas.
Temos que quebrar paradigmas. Quem se lembra da antiga feira central? achávamos que jamais ela poderia sair do antigo local, pois era tradição. A tradição deu lugar ao novo e hoje está melhor do que nunca. Com a valorização imobiliária do local a ACRISSUL pode procurar um novo local ou costruir uma grande casa de eventos, adequada aos padrões da lei do silêncio no mesmo local. O povo merece RESPEITO!
 
Carlos Alberto em 04/02/2011 08:05:01
Menos mal, fico aliviado, cheguei a pensar que neste ano não haveria mais shows no Laucidio Coelho, o engraçado é que quando méche com o bolso dos grandes agropecuários, empresários e afins, projetos sao votados e assinados na velocidade da luz...
 
Gerson Assis Junior em 04/02/2011 07:37:39
Agora sim estamos entrando num acordo...
 
Kelly Corrêa em 03/02/2011 07:50:46
Quando a expogrande foi criada não existia shows na madrugada e nem pessoas residindo naquele local.

Uma Lei municipal não está acima da Lei federal.
 
Marcelo Melo em 03/02/2011 06:36:09
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions