A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 10 de Dezembro de 2016

16/11/2016 22:30

Rapaz que matou colega com facadas no tórax e pescoço é indiciado

Nyelder Rodrigues

Aurides Teodoro de Souza Alves Garcia, de 28 anos, foi indiciado pela Polícia Civil de Campo Grande pela morte de João Vitor Ferreira da Silva, conhecido como Vitinho, de 18 anos. Aurides esfaqueou várias vezes a vítima no tórax, encerrando as agressões, feitas com uma peixeira com 19 cm de lâmina, com um golpe que perfurou o pescoço.

Veja Mais
Discussão envolvendo drogas teria motivado assassinato de jovem em terreno
Prefeitura coloca luzes na Cidade do Natal, mas não sabe se ruas serão decoradas

O crime aconteceu no dia 28 de outubro, durante a madrugada. A vítima foi encontrada esfaqueada e degolada em um terreno baldio, no bairro Campo Belo, após ter sido jogada no local pelo autor, que alega legítima defesa, já que Vitinho teria o agredido com um soco e colocado a mão na cintura, como se fosse sacar uma arma.

Ambos estavam em uma festa na casa do cunhado de Aurides, conhecido como Tio. A mulher de Tio e Aurides também estavam no local. Autor e vítima saíram para buscar mais bebidas e, no caminho, se desentenderam, já que Vitinho queria mudar a rota para comprar drogas ilícitas.

Conforme o inquérito, realizado pela delegada da 4ª DP (Delegacia de Polícia Civil), Célia Maria Bezerra da Silva, as testemunhas também contaram que ele retornou ao local da festa e confessou ter matado Vitinho.

Ele chegou a fugir para Ponta Porã logo em seguida, mas ao saber das investigações, retornou à Campo Grande e se entregou à polícia. Indiciado por homicídio simples, Aurides pode pegar pena que varia entre seis e 20 anos.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions