A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 11 de Dezembro de 2016

16/09/2010 16:16

Comida fácil e lixo à mostra atraem quatis em condomínio

Redação

Os moradores do condomínio Jardim das Paineiras, no bairro Santa Luzia, já se acostumaram com as visitas dos quatis, que há três meses passaram a circular pela área residencial em busca de alimento, dado por moradores, um erro grave, segundo especialistas.

Algumas pessoas não se incomodam com os animais, porém há quem levante alerta sobre a situação.

A pediatra Lilian Carvalho conta que viu os quatis pela primeira vez no condomínio no dia 25 de julho. "Estávamos perto do lago, quando meu filho de seis anos apontou, achando ser um cachorro", diz a moradora.

Na verdade, eram cerca de 30 quatis que se aproximaram da família de Lilian. Desde então, quando os bichos surgem no final da tarde, a pediatra costuma servir ração de peixe.

"Eles são muito dóceis e ariscos, quase não é possível toca-los ou chegar muito perto. Como não tem onde ficar, acabam vindo buscar comida aqui. A relação com eles é a melhor possível", destaca Lilian.

A opinião do anestesista Francisco Ilgenfritz é diferente. Ele acredita que os quatis são animais de temperamento instável.

"Não dá para saber quando eles podem atacar. São bonitinhos, engraçadinhos, mas se parar de dar comida para eles, é possível que ataquem. Temo pelas crianças, que não enxergam o perigo", afirma Francisco.

A filha do médico, Bibiana Ilgenfritz, contou que os quatis costumam comer carne, bolacha, frutas. Mas o pai da menina alerta. "Tivemos casos de quatis que machucaram um cachorro. As unhas são grandes e fortes, podem ferir seriamente".

Aviso

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions