A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 21 de Novembro de 2014

03/02/2014 14:11

Em MS, 80% das academias fiscalizadas estão irregulares, diz Cref

Zana Zaidan
Alunos preferem pagar mais barato e malhar sem orientação, do que investir em acompanhamento profissional (Foto: Cleber Gellio)Alunos preferem pagar mais barato e malhar sem orientação, do que investir em acompanhamento profissional (Foto: Cleber Gellio)

Mais preocupado com o bolso do que com a saúde, quem faz academia em Campo Grande corre o risco de se expor a instrutores desqualificados para orientar o aluno durante a prática do exercício físico. Somente em 2013, a fiscalização do Cref-MS (Conselho Regional de Educação Física) constatou que mais de 80% das academias estavam irregulares, a maior parte delas por deixar o treino sob a supervisão de um profissional não graduado.

Veja Mais
Projeto garante conservação de sêmen a paciente com risco de esterilidade
Sexta-feira amanhece com tempo nublado e previsão é de mais chuva para todo MS

“Muitos são estagiários ou até mesmo um aluno antigo, que por ter prática é convidado a trabalhar como professor”, exemplifica a coordenadora da fiscalização do Cref-MS, Patricia Barbosa Rodrigues.

O número pode ser ainda maior, admite o Conselho, que não chegou a visitar todos os estabelecimentos de Mato Grosso do Sul: dos 371 estúdios e academias fiscalizados, 300 não passaram pelo crivo do Conselho. Hoje, 745 estão registrados - 448 na Capital, que concentra maior fatia do mercado.

Entre as demais irregularidades, estão o funcionamento sem alvará e falta de equipamentos de segurança, como extintores de incêndio, e os flagrantes não estão restritos a pequenos estabelecimentos, mas abrange também grandes academias, inclusive em regiões nobres da Capital, aponta Patricia.

Salete procurou por meses até encontrar um professor de Educação de Física (Foto: Cleber Gellio)Salete procurou por meses até encontrar um professor de Educação de Física (Foto: Cleber Gellio)

A justificativa está na falta de profissionais qualificados, que não acompanhou o surgimento de novas academias com o aumento da demanda por um estilo de vida saudável. “Há algum tempo que os acadêmicos se formam, mas parecem não ter interesse em seguir a profissão. Passei meses a procura de um professor para trabalhar aqui na academia, até contratar um funcionário”, afirma Salete Rosa, que há 11 anos administra a academia Arena, no bairro Bandeirantes. “Muitos se registram no Cref, mas não chegam a atuar”, reforça.

Pechincha - A postura de muitos alunos alimenta a atuação de locais clandestinos. “Ao pagar salário para um estagiário, é possível cobrar uma mensalidade mais barata dos que as que investem em bons profissionais, e assim atrair o público”, explica a fiscal.

“O aluno não está interessado em saber das referências da academia, não busca alvará, a licença para os professores atuarem. Eles querem é preço. E nós, que procuramos manter a manutenção em dia, nos prejudicamos, porque acaba sendo mais caro do que muitas por aí”, acrescenta Salete.

“Só quero alguém que uma vez por mês me passe a série de exercícios. De resto, não me importo em ficar sozinha, malho há três meses e até agora não tive problemas”, opina a estudante Camila Britto, 23 anos. “Escolhi minha academia por indicação de uma vizinha e porque era o preço mais em conta do bairro”, explica.

O Campo Grande News visitou outra academia onde, por R$ 45, é possível fazer musculação de segunda-feira à sábado, além de qualquer uma das modalidades oferecidas: Zumba fitness, Axé, Boxe, Muay thai e Jump.

Por outro lado, a instrutora,que também é proprietária, supervisiona sozinha o treino de todos os alunos. “Eles preferem fazer sozinhos, se sentem mais livres”, alega. “Já tentei contratar mais gente, mas quando aparecem alguém, eles pedem um salário absurdo, que não tenho como pagar”, afirma.

“Sempre desconfie se for barato demais. Uma academia precisa pagar a conta de luz, fazer a manutenção dos aparelhos e ainda pagar um salário que siga o piso dos profissionais de Educação Física para estar dentro da lei”, reforça Patricia.

O barato sai caro – Patricia ressalta que o que está em jogo é a saúde do aluno. “Uma avaliação física mal feita e exercícios inapropriados podem levar a atrofia dos músculos, e outros danos que podem ser irreparáveis”.

Ao flagrar a irregularidade, o Cref autua o estabelecimento e estabelece um prazo para que sejam feitas as adequações recomendadas. Após esse período, a academia que não cumprir é interditada. Para o profissional irregular, o prazo é dado para regularizar o registro profissional. Se houver reincidência, é possível até perder o registro e ficar impedido de atuar como professor.

Praticar exercícios sem orientação pode causar danos à saúde, alguns deles irreversíveis (Foto: Cleber Gellio)Praticar exercícios sem orientação pode causar danos à saúde, alguns deles irreversíveis (Foto: Cleber Gellio)


É lamentável realmente essa situação. Sou da área da Educação Física e quando me deparo a tal circunstância vejo que muita coisa na nossa profissão tem de ser reparada, partindo dos próprios profissionais. Tenho formação em pilates e curso especialização em Medicina do Esporte, atuo como personal atendendo à domicílio, pois meus alunos, sendo a maioria se preocupa muito com sua saúde e comodidade, o CREF tem feito um ótimo trabalho, sou credenciada e me orgulho muito disso. Se alguém quiser tirar dúvidas sobre exercícios, algo que talvez queira conhecimento pode me encontrar no email patriciafdavalo@hotmail.com. Terei prazer em atendê-los.
 
Patrícia D'avalo em 05/02/2014 11:38:56
O profissional para se valorizar, tem que começar mostrando que é bom...se não esta satisfeito com salário pula fora, busque outro lugar. Mas, não trate o aluno que não tem nada com problema professor/academia, como mero objeto. Quem realmente é BOM, se mostra e não fica desempregado, sempre alguém vai falar bem dele.
Serviço de qualidade é a melhor propaganda, seja professor ou academia. Outro detalhe, professor BOM lota academia e o contrário esvazia.
 
Juan Charlymoon em 04/02/2014 11:49:39
Professores se valorizem mesmo, não investimos em nossos estudos para que "alguns" empresários de academias nos coloquem "valores" ridiculos, só quem faz uma faculdade de 4 anos ( 37.000,00 em média para quem paga ) estudando sabe do que estou falando, nossa classe precisa de VALORES, somos Educadores Físicos...se valorizem.
 
Joel Pereira Silva em 04/02/2014 10:09:25
Parabéns CREF MS, a cultura do povo precisa mudar, professores não estudam 3,4, 5 anos a toa para qualquer um poder "ensinar", e de responsabilidade do CREF fiscalizar e que assim seja, acho até que deve ser com mais RIGOR ainda muito mais, para os "professores" que atuam sem formação vai uma dica: Estudem camaradas...faculdade tem bastante, só basta coragem e força de vontade para isso. Mais uma vez PARABÉNS CREF MS, que isso rotina nas academias de MS. E para os professores já formandos que não possuem autorização e registro...gente por favor né, ninguém sobrevive sem dinheiro, a anuidade e para manter as despesas do conselho gente, registrem-se , para que o nosso conselho tenha força e condições para agir e autuar no nosso estado, eles sempre foram nossos parceiros.
 
JOEL PEREIRA SILVA em 04/02/2014 10:03:18
Atualmente corro no Parque e na Orla, estou pesquisando uma boa Academia, duvida entre Coliseu, Prática, Corpo Livre e outras... como moro há menos de três anos aqui não conheço tudo.
 
Juan Charlymoon em 04/02/2014 09:57:55
A saúde das pessoas, não é brinquedo e não deve ser tratada com tanto descaso. Se alguém, se propõe a ser educador físico que leve a cabo sua profissão ou então vai ser outra coisa, sem lesionar ou lesar as pessoas financeiramente. A Superação, cobra uma mensalidade de R$ 90,00, é muito caro pelo equipamento VELHO, falta de profissionais qualificados e banheiro um verdadeiro lixo. Se os fiscais, forem lá, cheguem de surpresa, vá nos três períodos(manhã, tarde e noite), perguntem para os alunos, quantos tem avaliação fisica e como são elaboradas as fichas de treinamento de cada um. Fiquei chocado ao saber que muitos não tem ficha de avaliação, outros estão lá há meses, anos...com uma ficha velha. NÃO trocam treino efetivamente( a cada tres meses ou mensal.) isso é um crime contra o usuário.
 
Juan Charlymoon em 04/02/2014 09:55:29
Sou proprietário de uma Academia...aqui oferecemos Avaliação Física, não admitimos venda de Anabolizantes algo que acontece em muitas Academias...temos Professores Formados e 2 estagiários...tudo para garantir um treino seguro para nossos alunos...trabalhamos com a independência do aluno...mas tudo dentro de uma margem de segurança...que possa garantir resultados e segurança aos nossos alunos. Infelizmente há muita gente irregular e fazendo absurdos...todos sabem...mas infelizmente as portas não são fechadas...o que falta também é uma valorização do Profissional...enquanto muitos por ai tiverem cobrando 20, 30 reais hora aula de Personal...e se submetendo a receber R$ 3,00 hora/aula nas Academias e Studios...seremos explorados e desvalorizados.
 
Carlos Augusto em 04/02/2014 09:13:00
Sr. Junior Araujo, estuda biomecânica primeiro, ai verá que é uma simples contração muscular e reparando bem a foto o aluno não está nem se esforçando!
 
Fabricio Dias em 03/02/2014 21:43:34
Eu já amo a academia Fit Mais e os profissionais de lá, se o Cref for lá então...
Ai vai ficar tudo de bom, com mais um certificado de LEGALIDADE *---*
 
Luiza Gomes em 03/02/2014 21:37:53
Malho na academia FIT-MAIS, e conheço os professores a anos(formados)
E não tenho oque reclamar deles.
Higiene, qualidade de serviço, tecnologia dos aparelhos ambiente climatizado.
E Preço justo com oque oferecido, aliás acho até barato R$80.00 a mensalidade.
Acho que quem fala mal, não conhece ou está com inveja.
#SÓACHO
 
Eduarda Mota em 03/02/2014 21:35:52
Sou frequentador assíduo da academia Fit Mais.
E posso garantir, assim bem como dizer que a academia está de portas abertas, para quaisquer fiscalização.
Pois a mesma preza pela qualidade de vida, tanto dos alunos quanto dos profissionais que lá atuam.
Conselho; qualquer um pode pedir as credenciais de qualquer academia.
Assim como quando você vai ai seu Mc'... ou loja de roupa que seja, e pedir os documentos que legalizam seu funcionamento.
 
Daniel Ramos MAROMBA em 03/02/2014 21:30:38
o cref só visita e pune quem eles querem. Algumas academias estão totalmente irregulares e eles nem visitam, mesmo tendo denuncia sobre as mesmas.
 
SANDRA DEZOTTI em 03/02/2014 21:03:31
As academias querem pagar uma micharia para os profissionais, pergunta qual academia paga mais de R$20,00 a hora aula para um professor que fica na sala de Musculação?
 
ALLEX PRADO VIEIRA em 03/02/2014 19:32:21
O que muitas pessoas não sabem ou não levam em consideração na hora de escolher o local onde será feita a malhação é a possibilidade de haver academias atuando de forma inadequada e até mesmo clandestina. Estas irregularidades representam um risco à saúde dos clientes.Um dos perigos refere-se à falta de profissional habilitado para orientar as atividades. Entre os problemas que podem ser ocasionados devido à má orientação estão as luxações, as lesões musculares e na coluna e até infarto do miocárdio, provocado pelo esforço intenso. Sem falar nos anabolizantes que são vendidos a vontade, mas não adianta denunciar o Creff fiscaliza mais não fecha e diz que é responsabilidade da vigilância sanitária que por vez diz que tem outras coisas mais importante pra fazer do que fiscalizar academia.
 
Sabrina Conceicao em 03/02/2014 19:05:40
esse negócio de profissional é pura balela. eu malho onde é mais barato. o exercício é o mesmo, o suor é o mesmo, e a grande diferença e no meu bolso...sobra mais.
 
paulo dantas em 03/02/2014 18:11:56
E o que mais importa para todos, o que mudou desde a tal fiscalização, bastou aderir ao sindicato e pagar e tudo certo, cade as academias irregulares fechadas, o que mudou desde então, senão para que fiscalizar se nada vai acontecer e as pessoas continuarão sendo expostas ao perigo de contusões sérias com danos que podem ser permanentes. A meu ver foi uma palhaçada como outras tantas que existem por aí, dá entrevista, arrecada com o conselho e o povo, bem o povo que se lixe.
 
Horlando P. de Mattos em 03/02/2014 18:02:43
Muitas academias atuam de forma irregular, com profissionais que não possuem licença do Conselho para atuar..Profissionais que fazem licenciatura e querem atuar como bacharel. o trabalho em academia deve ser realizado por quem sabe aplicar o conhecimento,quem pode garantir o trabalho e mais ainda o resultado...--> Fernando Madrona esse é um profissional que gosta do que faz e sempre tem proporcionado aos seus alunos ótimos resultados.....Atualmente está na academia Malhação no Jardim Sao bento, sendo que está ja foi fiscalizada pelo CREF e está de acordo com as normas estabelecidas pelo Conselho.
 
laise lopes em 03/02/2014 17:25:56
Sou policial civil e malho na Academia Activa, da Avenida Bandeirantes. Lá tem vários professores formados em Educação Física. Dependendo do horário existem dois profissionais disponíveis para orientar os alunos. Para iniciar as aulas fui submetido a uma exame de avaliação que realizou diversas perguntas sobre possíveis doenças ou limitações, indicações de novos hábitos alimentares, enfim, havia um ótimo profissional avaliar.
 
Alex Procopio em 03/02/2014 15:44:44
Malho na academia Activa no bairro Bandeirantes também e todos são professores formados,alem de ser a unica academia que me pediu o exame físico.Sei que posso confiar minha saúde a uma academia assim que anda dentro da lei e visa sempre o certo para ela e para o aluno. Não me importa preço e sim qualidade de vida.
 
Diego Loureiro em 03/02/2014 15:39:30
"Academias" de lutas diversas pipocam sem critério algum, vão ver aqueles que assim praticam , todos lesionados de uma forma ou outra.
 
regina caseiro em 03/02/2014 15:21:50
uma pergunta ao CREF, um educador físico pode trabalhar em duas academias?
 
rhode de figueiredo rocha em 03/02/2014 15:18:39
Na foto tá bem claro, que aluno tenta malhar peito e educador acaba malhando bicpes ...Ai fica a pergunta ta seno bem orientado ?
 
junior araujo em 03/02/2014 14:36:41
Fiscalizem a academia FIT-MAIS na Avenida Marques de Leão!

Pois já que a maioria das academias não estão em dia, me preocupa a saúde de quem malha, porque o retorno disso virá no futuro, e como disseram na reportagem os danos podem ser irreversíveis.

 
Jaqueline Oliveira em 03/02/2014 14:33:12
imagem transparente

Desenvolvido por Idalus Internet Solutions