A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 08 de Dezembro de 2016

20/10/2013 09:14

Além do Horário de Verão, endereços confundem candidatos da Policia Civil

Leonardo Rocha e Stephanie Romcy
Candidata Célia Lima foi informada que a prova seria na Uniderp Agrária e perdeu o horário do concurso (Foto: Cleber Gellio)Candidata Célia Lima foi informada que a prova seria na Uniderp Agrária e perdeu o horário do concurso (Foto: Cleber Gellio)
Estudante foi a sede da Uniderp para prova de vestibular, mas o local era outro (Foto: Cleber Gellio)Estudante foi a sede da Uniderp para prova de vestibular, mas o local era outro (Foto: Cleber Gellio)

O concurso da Polícia Civil, realizado hoje em Campo Grande, gerou confusão nos candidatos em relação ao local da prova, alguns foram na Uniderp Anhanguera Agrária, onde está ocorrendo o vestibular da universidade, quando tentaram voltar para o local correto, a sede da Uniderp, localizada na Avenida Ceará, foram impedidos de entrar, pois a prova já havia sido iniciada.

Veja Mais
Funsat oferece nesta quinta vagas para digitador, mecânico e pintor de móveis
Com 122 vagas e salários de R$ 12,6 mil, inscrição para concurso encerra dia 11

A administradora Célia Aparecida de Lima, de 35 anos, veio do município de Eldorado para realizar a prova em Campo Grande e ao chegar às 7h30 na Uniderp Agrária foi informada do erro, quando chegou ao local certo, já passava das 8h20. “O taxi demorou, quando cheguei aqui o portão estava fechado, a polícia não me deixou entrar, mas fui informada antes que a prova seria lá”.

Célia ainda reclamou que veio de tão longe para fazer o concurso e não conseguiu fazer a prova. “Fiquei implorando, mas não teve jeito, eles foram irredutíveis”.

Já Brenda Mantovini, de 19 anos, foi o contrário, ela iria fazer o vestibular, mas foi para a sede da Uniderp na Avenida Ceará. “Estou extremamente nervosa, não tinha ninguém da faculdade para me informar”.

O coordenador dos concursos do governo estadual, Antônio Müller, destacou que a lista dos candidatos assim como o local da prova ficaram disponível no site http://www.concurso.ms.gov.br/, além de publicado em Diário Oficial do Estado. "Não foram enviadas correspondências aos candidatos, eles devem ter se confundido".

Horário – Cesar Henrique Menolli, 26 anos, acadêmico de educação física, chegou de Dourados na última noite, mas acabou se atrasando por conta da mudança do horário de verão. “Estou perdido, nem sabia que o horário iria mudar”, lamenta. Ele informou que iria concorrer ao cargo de investigador e se preparava há um mês.

Prova – Alessandro Velásquez, 21 anos, destacou que é a primeira vez que faz o concurso na Policia Civil e que está se preparando há seis meses. “Estou bastante esperançoso, e acredito que estou preparado”.

Já Ricardo Oliveira Silva, 27 anos, destacou que está em sua segunda prova, mas que não teve o preparo ideal. “Na verdade vou fazer com a cara e a coragem”.

Curiosidade – Maria José, que é mãe de Fabiana Gonçalves, destacou que sua filha foi fazer a prova, mas ficou com “medo” e voltou de mototaxi para casa, no entanto ela a fez voltar de novo. “Eu trouxe ela de volta, não pode perder o concurso”.

Concurso A Polícia Civil vai contratar 221 investigadores e escrivães, além de 35 peritos criminais e papiloscopistas. Para a função de perito oficial forense, que irá dispor um salário de R$ 5.264,40 com carga horária de 40 horas semanais, existem vagas para graduados em engenharia ambiental, farmácia, química, engenharia civil, engenharia ambiental, ciências contábeis e ciências biológicas.

Na função de perito papiloscopista, que terá um subsídio de R$ 3.031,80, o candidato precisa ter o ensino superior completo, não precisando ter uma graduação em específico.

Para quem for concorrer ao cargo de agente de polícia judiciária, na função de escrivão e investigador da polícia, o salário será de R$ 3.031,80.

Funsat oferece nesta quinta vagas para digitador, mecânico e pintor de móveis
A Funsat (Fundação Social do Trabalho) oferece nesta quinta-feira dezenas de vagas de emprego em Campo Grande. As oportunidades são para digitador, m...
Com 122 vagas e salários de R$ 12,6 mil, inscrição para concurso encerra dia 11
A Prefeitura de Fátima do Sul, distante 246 km de Campo Grande, encerra no dia 11 de dezembro, as inscrições para o concurso com 122 vagas e salários...
IFMS abre edital para especialização gratuita em oito cidades de MS
O IFMS (Instituto Federal de Mato Grosso do Sul) lançou processo seletivo para o curso de especialização em Docência para Educação Profissional, Cien...



Digo a seguinte questão,pra pregar um na cruz,precisa realmente averiguar os fatos,as procedências do ocorrido,simplismente eu estava com endereço certo o que houve foi que os encarregados me disseram na noite anterior que seria ali, eu já teria ido ver antes entende? já me basta tanta hipocrisia de ambas partes,pra mim isso foi tipo classe eliminatória antes de qualquer julgamento,analisa,busca respostas,houve, se é que vocês me ententem., estou estudando pra outros concursos quem sabe chego lá, E nada do que eu disser vai mudar o que já se foi,ademais por aqui fico,att;Célia
 
Célia Aparecida de Lima em 21/10/2013 22:55:15
Me desculpe Célia Aparecida de Lima, mas esse tipo de desculpa não cola mais!
Já fiz concursos em outros Estados e também em cidades que nunca tinha ido.
Pesquisei sobre a cidades onde ia fazer as provas e não tive problemas.
Se você tem acesso a internet, use o Google Maps para saber mais sobre a cidade onde você fará a prova.
#ficaadica
 
Marcelo Mattos em 21/10/2013 08:06:08
Como candidata ja chega atrasada, imagina se for policial então.
 
Silverio Gomes em 20/10/2013 14:52:11
Foi muito bem explicado o horário e o local da prova, nós candidatos devemos ficar atentos com essas informações.
 
Niza Moraes em 20/10/2013 12:30:56
São desculpas inválidas mesmo. Nos cartões divulgados antecipadamente pela banca consta o endereço, e quando a gente não sabe, se não puder fazer o reconhecimento antes, deve consultar no google maps e encontrar o local da prova, é assim que fiz nos últimos concursos que fiz, confirmei umas 30 vezes o local para não errar, e sempre cheguei com uma hora de antecedência. Fica aí a dica.
 
Ronaldo Pissurno em 20/10/2013 12:14:28
O rapaz de amarelo ai deu um pique.. que se ele for bem na prova objetiva.. nos testes fisicos ja vimos que ele se dara bem.. ja provou que esta preparado..
 
Ademar Spacino Junior em 20/10/2013 10:28:06
Não concordo com as desculpas da candidata CÉLIA LIMA, pois quem realmente é de fora da capital DEVE chegar um dia antes do concurso e ir até o local da prova para fazer o reconhecimento. Esse negócio de chegar no local da prova no dia do concurso é falta de responsabilidade do próprio candidato, ainda mais quem é do interior ou de outros estados. Célia, fica para próxima e vê se chega um dia antes e vá reconhecer o local da prova, fica aí a dica.
 
Douglas Ruiz em 20/10/2013 09:27:18
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions