A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 18 de Janeiro de 2017

12/11/2013 15:46

Após idas e vindas, concurso público de Sidrolândia será em janeiro

Zana Zaidan

Depois de ser adiada por três vezes, a prova do concurso público para contratação de servidores municipais em Sidrolândia, a 71 quilômetros de Campo Grande, está marcada para os dias 18 e 19 de janeiro de 2014.

Veja Mais
Sest Senat abre inscrições para cursos gratuitos para caminhoneiros
SAD divulga lista de convocados em cargo de técnico em nível superior

A prefeitura da cidade abriu edital no dia 12 de setembro para preencher 316 vagas do quadro de funcionários do município, em diferentes áreas de atuação. A prova, que aconteceria no dia 10 novembro, foi adiada e, agora, a data definitiva, conforme a prefeitura, será nos dois dias de janeiro.

As alterações nas datas do concurso aconteceram porque, conforme o presidente da Câmara de Vereadores, Ilson Peres (PSDB), o projeto de lei que autorizava a criação dos cargos foi enviado à Casa depois da abertura do edital. “No meu entendimento, alguns cargos descritos no edital não existem no plano de cargos e carreira da prefeitura. Das 316 vagas abertas, pouco mais de 50 se encaixam nesse problema”, justifica o parlamentar sobre a recusa do projeto, que acredita qua urgência do prefeito em abrir novas vagas o fez "colocar os pés pelas mãos". “Ele vai nos enviar um novo projeto para criar os cargos, vamos aprová-lo e o concurso vai poder acontecer”, garante.

O prefeito da cidade, Ari Basso (PSDB), afirma que o projeto está sendo elaborado e deve chegar à Câmara ainda nesta semana, o que garantirá a aplicação da prova em janeiro.

Dor de cabeça – Alguns candidatos reclamam da dor de cabeça que os adiamentos causaram. Welington Moraes, 27 anos, fez a inscrição para concorrer à vaga de psicólogo, e afirma que o que chama de “falta de organização” da prefeitura afetou até mesmo a instituição que organiza o certame, a Fapec, da UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul).

“Nem eles sabiam quando seria o concurso, quem fez a inscrição ficou completamente no escuro. Alguns colegas se programaram para uma data, marcaram viagem para a férias de janeiro, e vão ter prejuízos cancelando pacotes, se programando para estar na cidade no dia da prova”, conta Moraes, que é de Campo Grande.

Ele até cogitou pedir o dinheiro da inscrição de volta, e não fazer a prova. Segundo a secretaria de Administração de Sidrolândia, o estorno não é permitido, conforme previsto em edital. O pagamento só será devolvido caso a prova seja definitivamente cancelada, o que não irá acontecer, garante a administração municipal.

Concurso público – A urgência em realizar o concurso público veio após o Ministério Público determinar a substituição dos contratados por concursados, devido ao elevado quadro de comissionados. Dos 2.232 funcionários municipais, 1.266 são efetivos, 144 comissionados e 822 contratados.

Foi firmado um TAC (Termo de Ajustamento de Conduta) entre prefeitura e MP, no dia 1º de julho, que estabelece as efetivações. O prazo para cumprimento da medida vence no dia 1º de janeiro, 180 dias depois do acordo.

Os salários do concurso variam de R$ 678 a R$ 8.640 para trabalhar em jornadas de 20 e 40 horas semanais.

Sest Senat abre inscrições para cursos gratuitos para caminhoneiros
O Sest Senat Campo Grande abriu inscrições para dois cursos gratuitos voltados para motoristas. Para se inscrever é necessário ir até a unidade da Ca...
SAD divulga lista de convocados em cargo de técnico em nível superior
Foi publicado nesta terça-feira (17) a lista dos aprovados na análise curricular para o processo seletivo da SAD (Secretaria de Administração e Desbu...
Universidade abre quase 2 mil vagas em cursos gratuitos de capacitação
A universidade Uniderp está com 1,9 mil vagas em aberto para os interessados em participar de cursos de qualificação. A aulas começam no dia 26 de ja...



O meu questionamento sobre esse concurso e que só falam que vai ocorrer nos dias 18 e 19 de janeiro, por k si antes era em apenas um dia 10 de novembro agora precisa 2 dias ninguém explica o motivo.......... alguém pode me esclarecer
 
NILCEIA LOPES YAMAMOTO em 28/12/2013 23:32:25
Essa é a maior armação que a prefeitura e a camara estão fazendo pq o edital tem os mesmos problemas do edital da camara, e, se, o edital saiu antes da criação dos cargos em lei, tecnicamente tem os mesmos vícios do anterior, e, para atender aos interesses de sabe-se lá quem, às pressas, enviam um projeto de lei à camara para dar um ar de legalidade aquilo que já se divulgou como ilegal. É sempre assim, quem tem poder manda, quem tem juizo obedece, e Infelizmente a Justiça nada faz para coibir esses mandos e desmandos dessa administração que deita e rola nas barbas do MP e do Tribunal de Contas deste Estado.
 
ANTONIO DE FREITAS PEREIRA NETO em 14/11/2013 14:56:47
Fiz o referido concurso da camara de sidrolandia e passei em 1º lugar para o cargo de analista de recursos humanos, e o que aconteceu, como os membros da camara anterior em sua maioria não se reelegeram, os que chegaram, vieram com ranço de politicagem barata para prejudicar àqueles que para chegar a esses cargos estudam muito e se preparam pois não tem padrinhos politicos como muitos que lá estão e devedendo toda sorte de favores prometidos para chegarem ao legislativo. Para eles o concurso tem problemas apenas com 4 vagas dentre elas uma é a minha, alegam que não poderiam realizar o concurso sem que houvesse o cargo a ele destinado, mas para os apadrinhados politicos nem é preciso haver vaga ou mesmo o cargo, cria-se apenas uma nova nomenclatura e voce pode "trabalhar" em qualquer lugar.
 
ANTONIO DE FREITAS PEREIRA NETO em 14/11/2013 14:46:10
Carlos, também realizei o Concurso da Câmara de Sidrolândia, fui aprovado, mas até agora nada da homologação. Diz q o MP entrou com uma representação contra a Câmara, pois lançaram o edital do concurso embasado em uma lei que foi Promulgada pelo Presidente da Câmara na época. Procedimento este errado, pois esse ato cabe ao Prefeito Municipal. E quem acaba se ferrando somos
nós.
 
Elder Henrique de Souza em 13/11/2013 03:48:41
O Sr. Ilson Peres não entendeu que o problema maior é que só tem 316 vagas no edital e a prefeitura tem mais de 800 contratados, ele deveria estar lutando para que o concurso tivesse mais vagas e trabalhar pela cidade aprovando a criação das vagas na câmara, mas o entender dele está oposto a isso.
 
MARCELO DO NASCIMENTO em 13/11/2013 03:20:10
Prestei concurso em Nova Alvorada do Sul ano passado e mesmo ficando em primeiro não fui chamado por esse mesmo problema. As vagas não tinham sido criadas, agora fiz a inscrição para o concurso de Sidrolândia, estou desanimado, ministério público não defende as pessoas que pagaram e estudaram, justiça no MS é só pra ricos. Concursos públicos no estado são enganação e só estão servindo pra arrecadarem.
 
MARCELO DO NASCIMENTO em 13/11/2013 02:59:59
Falta de respeito. Sem mais. Welington Moraes, 27 anos, tem que correr mesmo atrás de seus direitos.
 
Juliana Kanasiro em 12/11/2013 22:20:40
Em dezembro de 2012 prestei concurso para câmara municipal desta Cidade e até a presente data, o mesmo nao foi homologado. O concurso foi realizado pela SIGMA.
E agora estão abrindo outro concurso, vai da Zica.
 
Carlos Dos Santos em 12/11/2013 17:31:45
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions