A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 03 de Dezembro de 2016

21/10/2015 12:47

Assembleia prevê inscrição de concurso com 250 vagas para janeiro

Caroline Maldonado e Leonardo Rocha
Segundo Mocchi, amanhã (22) será publicada no Diário Oficial de MS, a comissão que vai definir as regras do edital (Foto: Divulgação/AL)Segundo Mocchi, amanhã (22) será publicada no Diário Oficial de MS, a comissão que vai definir as regras do edital (Foto: Divulgação/AL)

O primeiro concurso público da história da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul deve abrir inscrições em janeiro, conforme previsão inicial do presidente da Casa, Júnior Mocchi (PMDB). Ele disse que essa não é uma data certa, mas se não houver atraso no processo, as provas podem ser aplicadas até março e a convocação dos aprovados, ocorrer em abril.

Veja Mais
Assembleia Legislativa autoriza o primeiro concurso de sua história
Assembleia terá cota de 20% para negros em seu primeiro concurso

Anteriormente, os parlamentares falaram em 350 vagas, mas agora a previsão é de aproximadamente 250 oportunidades. Segundo Mocchi, amanhã (22) será publicada no Diário Oficial de MS, a comissão que vai definir as regras do edital. A licitação da empresa deve ocorrer com publicação de edital específico em novembro.

“É uma previsão, porque pode ter atraso, mas se não tiver o edital da empresa saíra em novembro, com abertura de inscrições em janeiro, realização das provas no fim de fevereiro ou começo de março e convocação dos aprovados em abril”, detalhou o parlamentar.

Com relação as vagas, Mocchi disse que serão definidas de acordo com a necessidade da Casa, com base na Lei de Plano de Cargos e Carreiras, conforme a necessidade. Conforme o presidente do Sindicato dos Servidores da Assembleia, Naylor Vargas Marcondes, ainda será feito um levantamento sobre a necessidade de servidores na diretoria.

“Não foi definido o número de vagas, mas existe uma previsão de 250 oportunidades. Entre essas, na parte administrativa, gestor de Recursos Humanos, financeiro, contador. No jurídico, a contratação de advogados. Em serviços, pode ter vagas de garçom e copeira. Na comunicação, deve ter jornalistas, fotógrafos e profissionais da área de televisão, além de outros cargos técnicos”, comentou Naylor. As remunerações serão estabelecidas de acordo com tabela já existente. “Essa tabela também terá revisão”, destacou o presidente do sindicato.

Assembleia Legislativa autoriza o primeiro concurso de sua história
A Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul publicou nesta quarta-feira (21) a autorização do primeiro concurso público da história da Casa de Lei...
Termina hoje inscrição de processo seletivo da UFMS para professor substituto
Terminam hoje as inscrições de processo seletivo da UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul) para 12 vagas. As oportunidades são para profes...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions