A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 04 de Dezembro de 2016

10/01/2011 17:24

Concurso abre 53 vagas para professor do Instituto Federal de MS

Jorge Almoas

Oportunidades são para sete municípios de Mato Grosso do Sul

O IFMS (Instituto Federal de Mato Grosso do Sul) publicou edital de seleção para 53 vagas de professor para ensino básico, técnico e tecnológico. As oportunidades são para os municípios de Aquidauana, Campo Grande, Corumbá, Coxim, Nova Andradina, Ponta Porã e Três Lagoas.

Os cargos são para as áreas de Agricultura, Alimentos, Informática, Metalurgia, Artes/Música, Ciências Agrárias, Edificações, Eletrônica, Eletrotécnica, Filosofia, Sociologia, Administração, Matemática, Química, Geografia e Português, com habilitação em Libras, Inglês e Espanhol.

A carga horário é de 40 horas semanais, a princípio, podendo ser distribuídas nos turnos da manhã, tarde, noite e/ou aos sábados pela manhã.

O vencimento inicial varia de R$ 2.130,33 (graduação e carga horária de 40 horas) a R$ 6.106,51 (doutorado e dedicação exclusiva).

As inscrições serão abertas no dia 24 de janeiro e terminam em 28 de fevereiro, apenas pelo site www.ifms.edu.br. Quando se inscrever, o candidato precisa indicar qual o município e subárea a que pretende concorrer.

Para solicitar isenção da taxa de inscrição (R$ 120,00), os candidatos devem fazer o pedido entre os dias 24 e 27 de janeiro.

O concurso compreende três fases: provas escrita (dissertativa) e didática, ambas de caráter eliminatório e classificatório; e prova de títulos, de caráter classificatório.

Todas as etapas serão realizadas no período de 25 a 27 de março de 2011, em Campo Grande.

Com 47 vagas, Prefeitura continua com inscrições abertas de concurso público
Terminam no dia 29 de dezembro as inscrições de concurso público para a Prefeitura Municipal de Bandeirantes, distante 70 quilômetros de Campo Grande...
Concurso de Câmara com 15 vagas inscreve até o dia 16 de dezembro
Câmara Municipal de Bonito, está com 15 vagas abertas em concurso público com salários de até R$ 7.219,27. As inscrições devem ser realizadas até o d...
Encerram no dia 16 inscrições de concurso de Prefeitura para 122 vagas
Terminam no dia 16 de dezembro as inscrições de concurso público da Prefeitura de Angélica, distante 263 quilômetros de Campo Grande, para preencher ...
UEMS recebe inscrições de dois processos seletivos para professores
A UEMS (Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul) está com as inscrições abertas de dois processos seletivos para a contratação temporária de doce...



È vergonhoso ver o descaso que se tem com á educação neste país.A educação é o futuro de um país!Tem que investir mais na educação, pagar um salário descente aos professores e para de dar mordomia pra vagabundo!!!!!!
 
Nayra Ferreira em 22/03/2011 10:30:39
Cuidar de bandido nunca sera mais gratificante educar uma criança . A criança é esperança do futuro e obandido é o fim de uma historia .
 
miguel chaparro em 15/01/2011 09:22:22
De fato "nunca na história desse país valorizaram os professores"....salário baixo é reflexo do descaso com educação,pois um DOUTOR ,na área de educação, dedicou anos de estudo.O pior é o contentamento de muitos e o desconforto de outros em não conseguir uma vaga em uma instituição federal de educação,pois tanto em escolas quanto em universidades,públicas ou particulares, prosperam o desconforto do salário em um e a instabilidade de emprego no outro.Não há professores suficiente no mercado em breve,no máximo dez anos,estaremos em umm completa defasagem na categoria.Sem contar que um professor ,graduado apenas,ganha o dobro de salário em instituições particulares."Que país é esse"....
 
Fábio Luiz(FABÃO) em 14/01/2011 10:06:55
professores de campo grande/ms não participem desse concurso e quem sabe a insttç...aumentará o salario igual aos dos agentes penitenciarios.
 
nivaldo moreira em 14/01/2011 03:05:00

Marcos,
acompanhando o seu raciocinio, daqui há alguns anos não teremos mais Professores e apenas Agentes Penitenciarios, visto que é mais Vantajoso "cuidar" dos Bandidos do que "educar" as nossas Crianças.
 
Euler Rolon em 13/01/2011 10:11:54
Como um agente penitenciário FEDERAL recebe por seus serviços (cuidar de um detento) quase 6.000,00 reais (início de carreira) e um professor FEDERAL recebe por seus serviços (educar) 2.000,00 reais? Uma vergonha e amostra de como o professor é tratado pela sociedade. Com certeza daqui a duas gerações ou menos a educação ruirá e essa educação que conhecemos de sala de aula vai acabar. Isso devido a desvalorização crescente d o profissional e da própria educação que já não cumpre seu papel.
 
Marcos Alexandre em 13/01/2011 09:18:42
Tooooma...bem feito!!!
 
Zuviscoviski Oliver Capriana em 11/01/2011 01:32:54
Espero que dessa vez o concurso seja mais claro. Me refiro aos critérios de desempate, às provas práticas de regencia. Tanto suspense e silêncio por parte da instituição aumentam as suspeitas de irregularidades. Mesmo assim fico feliz por ver que em nosso estado o IFMS (pelo que parece até o momento procura melhorar a vida de nossos cidadãos e qualificá-los).
 
Felipe Alves em 10/01/2011 06:04:49
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions