A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 21 de Fevereiro de 2017

07/11/2011 09:57

Concurso para fiscal do Procon tem duas vagas e inscrições até o dia 17

Marta Ferreira

Além do concurso para preencher vagas na Educação, o Governo de Mato Grosso do Sul abriu hoje prazo para as inscrições a processo seletivo para contratar dois fiscais de relação de consumo para o Procon.

O cargo exige nível superior, em qualquer área. A carga horária é de 40 horas semanais. A remuneração, conforme o edital publicado hoje, é a seguinte: vencimento-bBase de R$ 1.057,35,

abono de R$ 42,65 e adicional de função de R$ 528,67.

A taxa de inscrição é de R$ 128,64. Os pedidos de isenção podem ser feitos hoje e amanhã.

O edital reserva vagas para negros, índios e deficientes, como prevê a lei.

Seleção de médicos residentes do HR termina na próxima sexta-feira
O HR (Hospital Regional) de Campo Grande termina nesta semana as inscrições para o processo seletivo para escolher seis pessoas para ocupar as vagas ...
Concursos e estágio estão com editais abertos e salários chegam a R$ 3,2 mil
Mato Grosso do Sul tem várias vagas em concurso, processos seletivos e estágio da Caixa Econômica Federal com editais abertos nesta semana. Os salári...
Convocados em segunda chamada tem até terça para garantirem matriculas
Os convocados em segunda chamada para os concursos de graduação do IFMS (Instituto Federal de Mato Grosso do Sul) devem fazer a pré-matrícula na segu...



Nossa, fiscal do procon com este salario... por isso que existe tanta corrupção. O cara para fiscalizar os outros tem que ser bem pago para evitar propina.

O salario tinha que ser em torno de tres mil reais.

Pense!!!
 
Marcelo Mendes em 07/11/2011 10:26:42
O Marcelo está certíssimo!!!!!
O DF acaba de realizar concurso para o PROCON-DF, o salário para o cargo de fiscal foi de R$ 5.293,30, com as mesmas 40 horas.
É certo que o DF paga melhor, mas apenas R$ 2.000,00. Um absurdo!!!!!
 
Joseane Costa em 07/11/2011 03:37:41
Meu caro Marcelo Mendes, se "salário baixo" fosse motivo para atos de corrupção não teríamos políticos, empresários, juízes, advogados, funcionários públicos, etc e etc envolvidos nesse tipo de crime. Ser corrupto ou não é opção. È questão moral e de valores de cada indivíduo. Do contrário, quase que 100 por cento do povo brasileiro também seria.
 
Fernando Silva em 07/11/2011 02:57:42
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions