A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 09 de Dezembro de 2016

28/06/2012 10:42

Justiça suspende concurso da UFMS para cargos administrativos

Aline dos Santos

Com 30 mil inscritos, concurso chegou a ser denunciado por plágio

A UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul) suspendeu o concurso público de provas para provimento de vagas para o cargo de técnico-administrativo em Educação.

Conforme o aviso, assinado pelo reitor em exercício João Ricardo Filgueiras Tognini, a suspensão foi por determinação da juíza Raquel Domingues do Amaral, em substituição na 1ª Vara da Justiça Federal. A decisão é relativa a dois mandados de segurança.

O concurso, lançado no edital 6, de 28 de dezembro de 2011, chegou a ser denunciado ao MPF (Ministério Público Federal) por ter sete questões copiadas de um concurso na UFPA (Universidade Federal do Pará). Porém, a UFMS justificou que o edital não exigia questões inéditas e o procedimento foi mantido.

Agora, um dos mandados de segurança que resultou na suspensão partiu de uma candidata que somou 76 pontos para vaga de biólogo, ficando na 13ª posição. Porém, contesta sete questões. Cada uma vale dois pontos, portanto, ela poderia aumentar a pontuação, ficando em primeiro lugar.

De acordo com o advogado Adilar José Bettoni, havia questões com mais de uma resposta certa, cinco de Língua Portuguesa e três de Biologia. Um dos exemplos apresentados foi a questão cinco.

O texto pede para assinalar a alternativa em que o acento gráfico é necessário para que a palavra fique correta. Foram dadas as seguinte opções: (A) Gratuito, (B) Rubrica, (C) Recorde, (D) Fluido e (E) Substituido.

Segundo a comissão organizadora, a resposta correta seria a da letra “E”, porém a candidata afirma que a letra “D” também está correta, pois fluido pode ter dois significados, para tanto, usa-se o sinal gráfico para diferenciar uma da outra.

O concurso tem vagas para diversas áreas, com salário base entre R$ 1.473,58 e R$ 2.989,33. A disputa era por cargos como assistente de laboratório, auxiliar de enfermagem, diagramador, técnico em biologia e em informática, administrador, analista de tecnologia da informação, bibliotecário, biólogo e enfermeiros. A prova foi aplicada em 18 de março, com mais de 30 mil candidatos.

UFMS não vai cancelar questões de concurso que foram copiadas
Para a instituição não houve qualquer tipo de favorecimento a candidatos em razão da coincidência das questõesA UFMS (Universidade Federal de Mato G...
Em nota, UFMS diz que pode anular prova suspeita de plágio
A UFMS afirma que o plágio está relacionado apenas para a prova de enfermagem e que a apuração dos fatos está sendo realizadaEm nota oficial divulgad...
Inscrições para concurso da Câmara com salários de até R$ 7 mil encerram dia 16
Encerram no dia 16 de dezembro, as inscrições para o concurso da Câmara de Bonito, distante 257 km de Campo Grande, com 13 vagas e salários de até R$...
Funsat oferece nesta quinta vagas para digitador, mecânico e pintor de móveis
A Funsat (Fundação Social do Trabalho) oferece nesta quinta-feira dezenas de vagas de emprego em Campo Grande. As oportunidades são para digitador, m...



Bom, ainda não sei o final dessa novela, mas com certeza algumas pessoas não vão gostar nem um pouco, em quanto outras vão ter motivos de sobra para comemorar, pois essa é uma decisão muito delicada, já que com anulação de algumas questões a classificação mudará favorecendo e desfavorecendo alguns candidatos.
 
José Carlos Francisco da Silva. em 27/07/2012 10:30:38
EM RELAÇÃO A SUSPENSÃO DO CONCURSO, ELE ESTÁ SUSPENSO, NÃO CANCELADO, LOGO, ASSIM QUE SAIR A SENTENÇA, TEREMOS DEFINIÇÃO. AS LIMINARES SEMPRE SÃO PROVISÓRIAS, VEREMOS A SENTENÇA, E DEPOIS SEUS RECURSOS ATÉ A NOVELA ACABAR.
 
LUCIO RODRIGUES NETO em 01/07/2012 11:46:08
Olha gente, a unica coisa que falo é q este concurso não será cancelado. Pois é direito das pessoas que passaram ter a vaga. Só é cancelado um concurso se o erro ou o problema é irreparavel, que não é o caso. Só fico indignada com a falta de capacidade de interpretação dessa menina!Que dó. Está questão vc perdeu!Estuda mais, quem sabe na próxima vc entra!
 
Fernanda Rodas em 01/07/2012 09:52:22
O candidato que questiona a questão de portugues nao leu direito o enredo somente há uma correta pois é necessário acentuação.
Agora o candidato nao consegue interpretar a questão e uma juiza sem avaliar a colocação do candidato suspende o concurso e os outros quase 100 aprovados em diversas áreas agora vao pagar por um que ficou em 121º os aprovados devem se unir e lutar pra derrubar esses dois
 
Reinaldo Ferreira em 30/06/2012 10:25:47
O mais correto seria anular as questões !!!
 
ROSELI DE SOUZA MARINHO em 30/06/2012 03:10:00
Parabéns aos companheiros de luta que impetraram mandado de segurança e pela resposta do judiciário lucida, e esperamos que as bancas cada dia mais se concientizem da importância que é elaboar uma prova!!!....SAIU a sentença e foram anualdas as questões 8, 19 e 27 de matemática....PARABÉNS JUDICIÁRIO!!!! O Brasil com certeza esta melhorando...Deus Abençoe o Brasil!!!
 
Alessandro Pires em 30/06/2012 02:05:54
Penso que os direitos coletivos devam se sobrepor aos direitos individuais.
Para preservar o direito de uns, não se pode prejudicar o direito de uma centena de pessoas, frustrando-lhes as expectativas suas e de suas famílias.
 
Tarcizo Costa em 29/06/2012 12:59:14
Existe lei porém não se cumpre.O que esta publicado em diário oficial da união também não tem validade? Ser honesta, estudar, conquistar por mérito aprovação em concurso público é ser passível de punição? aprovação e depois o direito é perdido! INJUSTIÇA visto que teve o período de interposição de recursos e os responsáveis pela correção e quem poderia intervir contra não o fez no prazo estipulado
 
Cecilia Rodrigues em 29/06/2012 12:17:29
Acho que se duas pessoas reivindicaram de seus direitos e por isso o concurso foi suspenso, quem passou e foi bem colocado, deve imediatamente se unir com os outros candidatos que passaram e entrar com uma ação para garantir seus direitos, no Maximo as questões deveriam ser anuladas e feita nova classificação, meu tempo é precioso não fui fazer a prova atoa ,não quero dinheiro de inscrição de volta,quero um emprego com o salário que estava descrito no edital.
 
karla espindola em 29/06/2012 08:47:22
Espero que quem julgue a causa lembre como foi difícil para ele também estudar, prestar concurso e chegar ao cargo que chegou. Se pensar um pouco nao jogará no lixo os esforços de todos que foram aprovados.
 
Rosiane Matias em 29/06/2012 05:23:34
Isso tudo é uma tremenda falta de respeito, caso seja anulado quero indenização por danos morais e materiais, pois entre cursinho, apostilas e outros materiais de estudos gastei quase R$ 700,00, alem disso sacrifiquei minhas ferias do serviço, minha faculdade e minha familia para estudar como louca, tudo isso vai ser desconsiderado? FALTA DE RESPEITO.
 
Rosiane Matias em 29/06/2012 05:20:50
E agora como proceder? pois se foi cancelado eles devem aplicar uma nova prova não é? Ou caso não façam uma nova prova o dinheiro da inscrição fica de presente pra eles?
Que bagunça, antigamente não era essa bagunça que é hoje, concursos, vestibulares (Enem).
 
Gisley Rodrigues em 28/06/2012 12:56:27
A gente estuda tanto para passar em um concurso destes e quando consegue, sempre tem alguém que estudou menos e quer passar na frente por alguma desculpa. Concurso público deveria ser perfeito, mas não é.Todos que fiz, encontrei questões com problemas. Mas não tem problema, fiquei em 4°, se for reaberto o concurso, posso tentar ficar em 1°.
 
Andre Luiz Chulli da Silva em 28/06/2012 12:29:28
O que é este tipo de concurso... O que o fato de um candidato saber colocar acento ajuda ele em ser bom tecnico de laboratório? Contratam quem conseguem escrever com memos erros, mas bons tecnicos de laboratório ficam de fora porque concurso não toma em conta capacidade professional. As questões de informatica também são um afronto. Deveriam dar um PC + CD e contratar quem primeiro instala-lo.
 
Marcos da Silva em 28/06/2012 11:15:00
Nossa, 2 pessoas contra a esperança de um emprego de tantas outras, isso não pode ficar assim, espero justiça. Houve tempo para entrar com recurso, que palhaçada é essa.
 
Neusa Jordao Costa em 28/06/2012 06:25:01
Independente de tudo o que foi dito, de todos os recursos interpostos, de todos os argumentos rechaçados.. esse Concurso foi um 'fiasco' - cheio de falhas ingênuas que NUNCA deveriam ocorrer em prova alguma!
 
Rubens Luis Urue Filho em 28/06/2012 05:28:00
Agora eu quero só ver o rumo que isso tomará, pois não sairei prejudicada nesse concurso! Se dois candidatos tiveram os seus direitos garantidos e suspenderam esse concurso, quero ver então os direitos de todos os candidatos que foram aprovados e com toda certeza não ficarão de braços cruzados diante dessa confusão e desrespeito! Como disse anteriormente, o prazo para recursos acabou há tempos!
 
Luciana Lopes em 28/06/2012 05:26:26
não aceito que seja anulado o concurso,pois isto deveria ter acontecido antes da homologação, se caso for anulado mais de 30.000 candidatos vão ser prejudicados.
verifique qual foi o cargo em que a candidata foi prejudicada, e se realente faz sentido a sua reclamação ,se proceder aplique a prova na sua área.
 
eufrasio pereira feitosa em 28/06/2012 05:23:42
Eu sei que muita gente estudou, mas se o concurso foi fraudado de alguma forma, seja por questões idênticas a outras provas, ou questões mal anulada, ele DEVE ser cancelado e a instituição que elaborou e aplicou a prova DEVE ser SEVERAMENTE PUNIDA todos os candidatos deveriam ser indenizados com pelo menos o dobro do valor das inscrições, palhaçada.
 
Jose Antunes em 28/06/2012 05:23:40
Eu prestei o concurso, e por não estudar mais, não passei. Agora essas pessoas que atrapalham aqueles que merecidamente entraram, acusam a idonidade da instituição, reclamam de fraude, continuam reclamando e nada fazem para proprio bem, ao contrario prejudica os outros. Fica meu protesto, minha indignação, não concordo a atitude da Juiza e muito menos das pessoas que fizeram isso.
 
Fernanda de Paula Rodrigues Alves em 28/06/2012 04:53:32
Sou total apoio a vcs Antonio, José, Paulo, Lai. Luciana, perfeito comentario de vcs.
 
Daniela hyokumi em 28/06/2012 04:52:39
Sou pai de um filho que prestou este concurso, eu sei o quanto meu filho se preparou para esse e outros concurso, não acho justo o q esses candidatos fizeram, deveriam fazer isso depois que saiu o gabarito e não depois de homologados. eu sei que tem mtas pessoas q estão indignados com essa decisão, esse concurso tem q ser valido urgentementeeeeeeeee.
 
Marcos Antonio Brandao em 28/06/2012 04:49:18
Boa tarde sou um dos candidatos q fez este Concurso,porém não passei mas não vejo em momento algum motivo para suspender ja que tivemos tempo para entrar com recurso mas como são as coisas 30.000 inscritos é dois candidatos infeliz querem prejudicar esses candidatos, quantas pessoas estudou para esse concurso. esses candidatos que fizeram isso deveriam ter vergonha na cara vao estudar amigos.
 
Antonio Barbosa em 28/06/2012 04:34:14
Isso mostra o comprometimento da instituição com os funcionários.
As questões tem que ser claras para evitar dupla interpretação, evitando "pegadinhas" para o candidato. Isso favorece pessoas que tem o gabarito ou que chutam melhor. Esse é o primeiro concurso que tiveram coragem de embargar, concursos para professor da UFMS é quase sempre maracutaia, questão de QI!
 
Ilka Strossner em 28/06/2012 03:19:13
Isso já virou piada, ora tentam anular um monte de questões, depois aparece um monte de recursos, denúncias de plágios e no final das contas nenhuma questão de Língua Portuguesa é anulada. O prazo para recursos expira, a homologação da classificação dos aprovados sai publicada no diário oficial e agora temos novamente mais essa reviravolta???? Isso é uma falta de respeito com os candidatos!!!
 
Luciana Lopes em 28/06/2012 02:07:09
O gabarito oficial dessa questão de português está correta. Pois no enunciado diz "...o acento gráfico é necessário...", portanto resta somente a palavra "substituído". Faltou interpretação e atenção do candidato que impetrou o mandado de segurança.
 
Lai Oliveira em 28/06/2012 02:06:39
A palavra fluido aceita duas grafias: FLUIDO como substantivo, designa qualquer líquido ou gás: "Acabou o fluido do isqueiro" e FLUÍDO como particípio do verbo "fluir", o mesmo que "correr em abundância". Portanto, é uma questão de raciocínio do candidato, já que sobraria apenas a palavra SUBSTITUÍDO.
 
Cláudia Freire em 28/06/2012 01:54:00
Suspendeu o concurso e daí? Será realizado outro concurso? Será feita devolução do valor da inscrição? A justiça determinou algum prazo para a UFMS tomar alguma providencia? Precisa de prazo, acompanhamento e cobrança, senão nada acontece.
 
Renata Ovelar em 28/06/2012 01:43:14
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions