A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 05 de Dezembro de 2016

11/11/2015 13:10

MTE fará acordo com 6 usinas para evitar demissões em massa em MS

Liana Feitosa

Para evitar demissões em massa no setor da indústria em Mato Grosso do Sul, a SRTE/MS (Superintendência Regional do Trabalho e Emprego em Mato Grosso do Sul) pretende firmar acordo com seis indústrias sucroenergéticas do Estado por meio do programa Bolsa Qualificação Profissional.

Veja Mais
Falta de vagas frustra quem procura emprego temporário
Concursos em MS somam 264 vagas e salários de até R$ 12,6 mil

A bolsa é um benefício dado a empregados que tiveram o contrato de trabalho suspenso por um período de tempo para a participação em curso ou programa de qualificação profissional.

Atualmente, as 22 usinas que existem no Estado empregam cerca de 30 mil trabalhadores em diversas regiões de MS, mas, devido às dificuldades financeiras de operacionalização durante a entressafra 2015, essas empresas optaram pela alternativa oferecida pela CLT (Consolidações das Leis do Trabalho) através do art. 476.

Para a SRTE/MS, a medida é uma alternativa que evita o fechamento de vagas de trabalhadores formais e atende às necessidades do setor em momento de retração da atividade econômica.

A crise financeira causa impactos negativos no mercado de trabalho, refletindo nas atividades econômicas da região, além da desestabilização das famílias impactadas.

Por isso, o programa foi criado para impedir demissões e permitir o uso do benefício do seguro-desemprego custeado pelo FAT (Fundo de Amparo ao Trabalhador) para qualificação profissional de acordo com os termos de instrumento normativo da categoria (convenção coletiva) ou do acordo coletivo firmado entre empresa e sindicato profissional.

Com a medida, a mão-de-obra das empresas ganha melhorias o trabalhador ganha garantia do emprego e até chance de promoção devido à qualificação.

Em 2014, em Mato Grosso do Sul, 11 usinas aderiram o programa, beneficiando 1.906 trabalhadores. No Estado, em 2015, as usinas que buscaram acordo coletivo em prol do benefício são:

- Usina Nova América, que fica em Caarapó, com 500 trabalhadores beneficiados
- ETH Santa Luzia, que fica em Nova Alvorada do Sul
- Usina Santa Helena, em Nova Andradina
- Usina Monteverde, em Ponta Porã
- Usina Laguna de álcool e açúcar LTDA, em Batayporã
- Usina Brenco Companhia Brasileira de Energia, em Costa Rica

Falta de vagas frustra quem procura emprego temporário
Nas agências de emprego, candidatos reclamam da falta de vagas. Confira algumas oportunidades em aberto....
Concursos em MS somam 264 vagas e salários de até R$ 12,6 mil
São mais de 260 vagas disponíveis em concursos em Mato Grosso do Sul, com salários de até R$ 12,6 mil. Há oportunidades em nível fundamental, médio e...
Com 47 vagas, Prefeitura continua com inscrições abertas de concurso público
Terminam no dia 29 de dezembro as inscrições de concurso público para a Prefeitura Municipal de Bandeirantes, distante 70 quilômetros de Campo Grande...
Concurso de Câmara com 15 vagas inscreve até o dia 16 de dezembro
Câmara Municipal de Bonito, está com 15 vagas abertas em concurso público com salários de até R$ 7.219,27. As inscrições devem ser realizadas até o d...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions