A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 03 de Dezembro de 2016

17/11/2011 09:23

Sai gabarito de concurso para professor; candidatos têm 2 dias para recurso

Marta Ferreira

Saiu hoje o gabarito da prova objetiva do concurso para contratar 545 professores para a rede estadual de ensino.

Veja Mais
Termina hoje inscrição de processo seletivo da UFMS para professor substituto
Inscrições para seleção de professores do IFMS segue até o dia 11

As provas foram realizadas no domingo, dia 13, no colégio Dom Bosco, a UCDB (Universidade Católica Dom Bosco) e a Escola Estadual Lúcia Martins Coelho, em Campo Grande.

Com a publicação do gabarito, os candidatos têm agora dois dias para apresentar recurso à organizaão do concurso.

As vagas em disputa são em 13 áreas, para preencher vagas em 70 dos 78 municípios do Estado. Os aprovados terão jornada de trabalho de 20h, com salário-base de R$ 994,44 e incentivo financeiro de R$ 397,78.Os professores poderão atuar tanto no Ensino Médio quanto Fundamental.

O edital com o gabarito pode ser conferido hoje no Diário Oficial, no site http://www.imprensaoficial.ms.gov.br

Termina hoje inscrição de processo seletivo da UFMS para professor substituto
Terminam hoje as inscrições de processo seletivo da UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul) para 12 vagas. As oportunidades são para profes...
Inscrições para seleção de professores do IFMS segue até o dia 11
Profissionais interessados em participar do processo seletivo do IFMS (Instituto Federal de Mato Grosso do Sul), podem se inscrever até o próximo dia...
Prefeito autoriza realização de concurso público para Procuradoria Geral
O prefeito Alcides Bernal (PP) autorizou a realização de concurso público para a PGM (Procuradoria Geral do Município). De acordo com a publicação do...
Inscrições para concurso com salários de até R$ 12,6 mil encerram dia 11
A Prefeitura de Fátima do Sul está com inscrições abertas até o dia 11 de dezembro, para o concurso com 122 vagas e salários de até R$ 12,6 mil. As v...



Eu acertei mais de 50% da prova, achei super fácil, acertei a quantidade mínima de Atualidades brasileira, e não estava difícil. E nem estudei muito para essa prova.
Eu achei uma palhaçada sim, mas poque estava muito fácil. Inclusive a parte específica, língua portuguesa, e consegui aproveitamento máximo! Muito fácil viu!
 
Dayne C. Silva em 24/11/2011 10:20:52
No texto da disciplina de Língua Portuguesa “Ficar desempregado é melhor do que sofrer no trabalho” deveria ser substituído por “Fazer um concurso DECOREBA é melhor do que sofrer na ESCOLAGOV, como diz Marquês de Maricá “A má educação consiste especialmente nos maus exemplos”. Esse concurso foi uma comédia....Quem vai pagar os meus R$400,00 depois dessa palhaçada?
 
Antonio Skinner em 23/11/2011 09:53:59
A prova de redação questionou os hábitos de leitura dos professores, mas na prova de atualidades brasileira ,dá-se a entender que o "bom" profissional para a educação é aquele que lê e decora e não aquele que interpreta! Alguém pde me explicar????
 
mariana marques em 23/11/2011 03:56:04
Ainda bem que tem o Campo Grande News para nos ouvir, pois todos estamos decepecionados com os absurdos que estão fazendo com a educação, fora isso ninguém liga mesmo. Boa sorte a todos.
 
luizio espinoza em 21/11/2011 08:47:35
A finalidade do concurso é eliminar os menos preparados. Quem sabe um pouquinho mais de dedicação para o próximo concurso. Conforme Airton Senna: " Se você quer ser bem sucedido, precisa ter dedicação total, buscar seu último limite e dar o melhor de si".
Boa sorte a todos!
 
Josefilania Catalima em 20/11/2011 12:13:23
No concurso 2010 para sargento da PM foi a mesma coisa. Foram 100 questões objetivas. Na prova de atualidades cairam questões de estatística ...era quase impossível acertar. Eram assuntos que não se encontravam nos livros.
As alternativas de geografia e história eram textos enormes. O tempo não foi suficiente. Foram anuladas várias questões. A ESCOLAGOV organiza mal os concursos.
 
Carlos Eduardo Costa em 20/11/2011 10:27:49
achei muito complicada a prova de matemática, só tive tempo de resolver 14 exercícios, sendo que no final da prova havia questões muito mais fáceis, infelizmente atualidades estava complicadíssimo, e mesmo quando fiz a parte de legislação, algumas questões foram perdidas pois eles cobravam o número do artigo, sendo que havia outra resposta, como foi o pessoal de matemática?
 
Eduardo Serra Vasques em 20/11/2011 03:59:28
Quem não percebe que é só para arrancar mais dinheiro do povo.Cade a ACP , Fetems e Ministério Público para frear ,pelo menos aos poucos, a desonestidade e valorizar um pouco mais o povo brasileiro?
 
lyka rodrigues em 19/11/2011 11:37:14
O melhor é entrarmos na justiça para cancelar a aplicação dessa prova, pois as questões não foram elaboradas de acordo com os critérios de avaliação de um concurso
 
Marta Lopes em 19/11/2011 02:24:41
vcs acham q alguma dessas questoes podem ser anuladas ou temos q entrar na justiça para travar esse concurso.
 
alex alberto aguilar em 18/11/2011 10:58:19
Espero que no próximo concurso informe no edital para o candidato trazer cobertor, pois na minha sala eu estava tremendo igual uma vara verde, onde está o direito do candidato? É brincadeira, heim ! Em relação as questões de atualidades faltaram acrescentar o número de amantes do ex-ditador líbio Muamar Kadafi: a-231, b-232, c-233, d-234, e-235 amantes, lamentavelmente é decepcionante certos critérios de elaboração de questões no concurso de professores, uma vergonha para o Estado de Mato Grosso do Sul.
 
Maria Esperança em 18/11/2011 09:26:31
A maioria (60%) das questões de atualidade brasileira do concurso para professor do MS privilegiou conhecimentos estatísticos. É difícil imaginar que mesmo uma pessoa bem informada consiga se lembrar de dados tão precisos. Por isso, não acredito que a entidade que formulou as questões pense realmente que quem as acertou seja bem informado. Boa parte da prova só poderia ser resolvida com “chutes".
 
Marco Aurélio Gondim em 18/11/2011 04:51:59
Absurdo as questões sobre atualidades, o professor preciso parar de ler tanto sobre educação e saber mais cálculos de economia, esse concurso é para não passar mesmo...
 
Eliana Rafael em 18/11/2011 02:53:30
Eu gostaria de saber se apenas eu reclamei da prova no quesito "Atualidades Brasileiras". Liguei na ACP e FETEMS e eles nem se pronunciaram a respeito, pois "o candidato tem que entrar com ação na comissão". Obrigado pelo descaso. Outra coisa, duvido que os Deputados ou qualquer outro conseguiriam fazer o minimo exigido neste quesito. Quem fez a prova sabe o que estou dizendo. Abusrdo!!!
 
Otavio Duarte em 17/11/2011 11:42:16
Queridos colegas, creio que conhecimento específico é fundamental, mas não podemos deixar de lado os conhecimentos gerais.
Afinal, ser professor exige muito além dos conhecimentos específicos.
Não desistam e abracem de coração esta causa!
 
João Luiz em 17/11/2011 10:55:52
Concordo com os comentários dos colegas. Ao sair da sala, também ouvi todo mundo reclamando da prova, em especial das tais Atualidades. Gente, no mínimo era preciso ter gráficos para análise de algumas questões. Teve de tudo ali. E, como eu mesma disse o que observamos as Atualidades foram destinadas a quem fez Economia, isso sim... E o tal Minervino na prova de História...Vamos aguardar...ou não!
 
Patricia Lúcia em 17/11/2011 09:12:42
A prova de atualidades foi uma memorização de índices da economia.Será que o professor e visto como empresário da educação?É importante sabermos um pouco de tudo, além de dominarmos o conteúdo que ministramos, mas saber números precisos da economia é dar motivo para atestar a ignorância de um inimigo.
 
Fernando Fernandes em 17/11/2011 04:36:25
Quem passou em Atualidades é pq é bom de chute!! Essas questões foram muito injustas. Absurdo!!
 
Karina Goulart em 17/11/2011 04:24:53
Atualidades Brasilreiras , foi absurdo, o que importa conhecimentos especìficos onde fica?
 
enilda possas em 17/11/2011 03:37:12
Vai sobrar vagas nesse concurso, até agora 90% das pessoas que eu conversei não conseguiram 50% em atualidades...Parece que o importante era saber atualidades e não o conhecimento específico....
 
kaleu freitas em 17/11/2011 01:01:54
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions