A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 04 de Dezembro de 2016

25/09/2014 06:40

Bombeiros retomam buscas a 13 vítimas de naufrágio no Rio Paraguai

Viviane Oliveira
Na tarde de ontem, curiosos e parentes das vítimas às margens do Rio Paraguai. (Foto: Edcarlos de Oliveira) Na tarde de ontem, curiosos e parentes das vítimas às margens do Rio Paraguai. (Foto: Edcarlos de Oliveira)

Uma equipe de mergulhadores do Corpo de Bombeiros retomaram nesta manhã (25), as buscas das treze pessoas que estão desaparecidas no Rio Paraguai. As vítimas estavam no barco-hotel Sueño do Pantanal, que virou no rio, em meio ao tornado que atingiu no final da tarde de ontem (24), o município de Porto Murtinho, distante 431 quilômetros de Campo Grande. Ainda há 10 turistas e três tripulantes da embarcação desaparecidos.

Veja Mais
Veja lista de turistas desaparecidos em naufrágio de barco
Dois corpos de vítimas de naufrágio são achados; 13 estão desaparecidas

De acordo com o comandante do Corpo de Bombeiros na cidade, tenente Landis Dorneles Pereira, no total 14 mergulhadores estão no local. São 7 militares de Campo Grande, quatro de Dourados, três de Jardim e três de Porto Murtinho. Quatro embarcações foram cedidas pela Marinha do Brasil para auxiliar nas buscas. “Uma equipe vai localizar a embarcação e a outra procurar os desaparecidos”, diz.

Por volta das 20h30 de ontem, as buscas foram suspensas por falta de visibilidade. Dois corpos foram localizados, o do engenheiro agrônomo Sidinei Romano, e do dono da embarcação, Luiz Penayo. 

Segundo a Polícia Militar, na embarcação estavam 27 pessoas, entre elas 16 turistas. Cinco deles conseguiram se salvar. Dez estão desaparecidos e dois foram encontrados mortos no Rio Paraguai. A embarcação contava com 11 tripulantes entre piloteiros, cozinheiros, camareiros. Dos tripulantes oito se salvarão e três ainda estão desaparecidos.

O naufrágio foi provocado por um tornado, com ventos superiores a 93 quilômetros, que atingiu a cidade, causando um rastro de destruição. O prefeito de Porto Murtinho, Heitor Miranda (PT), informou que vai decretar estado de calamidade. Segundo ele, casas foram destelhadas e pelo menos cem árvores foram derrubadas pelo temporal. Os prejuízos estão sendo levantados e equipes da prefeitura percorrem a cidade para dar auxílio às famílias atingidas.

Veja lista de turistas desaparecidos em naufrágio de barco
Apenas dez das 13 pessoas desaparecidas após barco-hotel Sueño do Pantanal, que virou no Rio Paraguai, em meio ao tornado que atingiu Porto Murtinho,...
Marido agride mulher com garrafada e se tranca em casa com medo da polícia
Mulher de 42 anos foi agredida pelo marido com uma garrafada no sábado (3), após ser vista conversando com as amigas em sua casa em Dourados, distant...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions