A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 09 de Dezembro de 2016

31/07/2014 15:58

"Jaula" é destruída em delegacia e nova cela está em construção

Luciana Brazil
Cela onde presos eram mantidos já foi destruída. (Foto: Sinpol/ Divulgação)Cela onde presos eram mantidos já foi destruída. (Foto: Sinpol/ Divulgação)

A pequena cela, sem banheiro, onde cinco presos foram aglomerados na delegacia de São Gabriel do Oeste, a 140 quilômetros de Campo Grande, já foi destruída, conforme informou o delegado titular Fabio da Silva Magalhães. A “jaula”, como ficou conhecida, está dando lugar a uma nova cela, desta vez, com banheiro. O espaço está em fase de construção e, segundo o delegado, dentro de 30 dias, no máximo, ficará pronta. A obra é mantida pela Amesp (Associação para Melhoramento da Segurança Pública) em parceria com a prefeitura.

Veja Mais
"Jaula" em delegacia é interditada pela OAB
OAB pede interdição de "jaula" usada para abrigar presos, que foram transferidos

A nova cela, com 6,25 metros quadrados, terá banheiro e chuveiro. Em entrevista ao site Idest, o presidente da Amesp, Fernando Napp Rocha, afirmou que foram gastos R$ 10 mil para adequação do lugar.

A "jaula", usada para manter os presos, foi desmontada e partes dela serão utilizadas na nova área, como porta e janela. Um engenheiro da Sejusp (Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública) realizou o projeto e deu as instruções para execução da obra. “Apesar de não ser de nossa responsabilidade, estamos fazendo a obra por não querer que São Gabriel seja conhecida por uma cidade que não respeita os presos", disse Fernando ao site Idest.

O delegado Fábio frisou ainda que a delegacia é apenas um local temporário para os presos, até que a Sejusp determine o encaminhamento aos presídios.

Caso- A cela foi flagrada pelo presidente do Sinpol (Sindicato dos Policiais Civis), Alexandre Barbosa, no dia 14 de julho. Os presos estavam amontoados e urinavam em garrafas pet, já que não havia banheiro na cela.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions