A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 10 de Dezembro de 2016

06/08/2015 10:26

MPF recomenda Ibama a fazer estudos de impactos ambientais em 4 empresas

Viviane Oliveira

Quatro indústrias em Três Lagoas, distante 338 quilômetros de Campo Grande, devem passar por novos estudos de impactos ambientais. O MPF (Ministério Público Federal) recomendou ao Ibama (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis) que instaure procedimento para investigar os impactos ambientais de duas industrias de celulose e papel, uma de fertilizantes e uma siderúrgica. Caso o Ibama não acate o recomendado no prazo de um ano, medidas judiciais e administrativas podem ser adotadas.

Veja Mais
Carreta da Justiça realiza 368 atendimentos na terceira etapa do projeto
Condutor abandona veículo carregado com 800 kg de maconha na BR-163

Conforme o órgão, há riscos de impactos nas águas do Rio Paraná e aumento no fluxo do sistema viário, que pode atingir outros estados e regiões próximas. O licenciamento ambiental das empresas Fibria Celulose S.A., Eldorado Brasil Celulose S.A, Petróleo Brasileiro S.A. Petrobras Fertilizantes (UFN III) e Siderúrgica Três Lagoas Ltda foi feito pelo Imasul (Instituto de Meio Ambiente do Mato Grosso do Sul) e não pelo Ibama.

O MPF alega ainda que no estudo não foi levado em conta o impacto cumulativo e sinérgicos dos empreendimentos. Para o Ministério Público, a competência para o licenciamento ambiental das quatro empresas é do Ibama, órgão nacional e não do Imasul, que é estadual. O Campo Grande News entrou em contato com o Ibama, que ficou de dar retorno para comentar sobre o assunto.

Carreta da Justiça realiza 368 atendimentos na terceira etapa do projeto
Em oito dias de atendimentos da Carreta da Justiça em Taquarussu - município localizado a 332 km de Campo Grande -, o projeto do TJ-MS (Tribunal de J...
Sidrolândia comemora aniversário com 'balada cristã' e jogos do Operário
Sidrolândia - cidade localizada a 71 km de Campo Grande - completa no domingo (11) 63 anos de emancipação e vai receber várias atrações para comemora...
Mesmo algemada, mulher usa isqueiro e coloca fogo em viatura policial
Elaine Cristina da Silva de 37 anos foi presa na noite de ontem (8) em Sonora, distante 364 km de Campo Grande, por porte ilegal de arma. Porém, mesm...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions