A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 03 de Dezembro de 2016

28/09/2013 10:56

Acadêmico de Direito sai para lanchar e desaparece em Corumbá

Edivaldo Bitencourt
Mingucho é funcionário da Justiça do Trabalho e acadêmico de Direito (Foto: Diarionline)Mingucho é funcionário da Justiça do Trabalho e acadêmico de Direito (Foto: Diarionline)

A família e a polícia busca pistas para encontrar Valdir Ricardo Galharte, 41 anos, que está desaparecido desde quinta-feira (26), em Corumbá, a 419 quilômetros da Capital. O seu carro já foi localizado em uma estrada vicinal na manhã de ontem pela Polícia Militar, segundo o Diárionline.

Veja Mais
PMA fecha posto de combustível e multa proprietário em R$ 50 mil
Homem é esfaqueado e encontrado morto em frente de casa

De acordo com a família, Valcir Ricardo Galharte, de 41 anos, saiu dizendo que iria lanchar não mais retornou. "Ele saiu por volta das 23 horas e não voltou. Já na sexta-feira, por volta das 9 horas da manhã, a Polícia Militar nos informou que o veículo dele, um Honda Fit, foi encontrado abandonado na estrada da Bocaina, mas nenhum sinal do meu irmão. Tentamos ligar para o celular dele e só dá desligado. Estamos em uma agonia imensa", disse Kátia Galharte, 42 anos, irmã de Valcir.

"Mingucho", como também é conhecido, vestia uma calça jeans, camisa no tom laranja e calcava um tênis preto. "Meu irmão nunca foi de sumir, ele não tem problemas de doença, não toma remédios, não teve alterações de comportamento, nada. Estamos muito preocupados, pois o carro foi encontrado em perfeito estado, não sumiu nada de valor, a chave, inclusive, estava no carro. Precisamos saber o que houve com ele, a família está desesperada, queremos qualquer tipo de informação", pediu Kátia.

O desaparecimento de Valcir já foi registrado na Delegacia de Polícia Civil. Ele é acadêmico de Direito. Inicialmente, o Campo Grande News divulgou que ele é funcionário da Justiça do Trabalho em Corumbá. No entanto, segundo a assessoria do Tribunal Regional do Trabalho da 24ª Região, ele não é funcionário da corte no Estado.

Para qualquer informação, a família disponibiliza o telefone: (67)3232-9566. Já o telefone da Polícia Civil é o 3234-7100 e o da Polícia Militar, 190.

Homem é esfaqueado e encontrado morto em frente de casa
Almir Caetano Lima, 39, foi encontrado morto com sinais de esfaqueamento na barriga, às 7h deste sábado (3) no bairro Cascatinha II em Sidrolândia, d...
Sobrinho mata tio com facada no coração e se entrega para polícia
Elpídio Corrêa Mendes, 39, foi morto esfaqueado pelo sobrinho, Tiago Corrêa Mendes, 20, na manhã deste sábado (3) em Naviraí, distante 366 km de Camp...



Valcir é meu primo estamos muito apreensivos, qualquer informação é de suma importância. Gostaria apenas de fazer uma correção ele era funcionário do Ministério do Trabalho e não Justiça do trabalho (a minha prima Kátia estava tão nervosa que equivocou-se). Contamos com a colaboração de todos para qualquer informação.
 
Veruska Alexandre em 28/09/2013 11:40:55
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions