A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 19 de Fevereiro de 2017

28/09/2013 10:56

Acadêmico de Direito sai para lanchar e desaparece em Corumbá

Edivaldo Bitencourt
Mingucho é funcionário da Justiça do Trabalho e acadêmico de Direito (Foto: Diarionline)Mingucho é funcionário da Justiça do Trabalho e acadêmico de Direito (Foto: Diarionline)

A família e a polícia busca pistas para encontrar Valdir Ricardo Galharte, 41 anos, que está desaparecido desde quinta-feira (26), em Corumbá, a 419 quilômetros da Capital. O seu carro já foi localizado em uma estrada vicinal na manhã de ontem pela Polícia Militar, segundo o Diárionline.

De acordo com a família, Valcir Ricardo Galharte, de 41 anos, saiu dizendo que iria lanchar não mais retornou. "Ele saiu por volta das 23 horas e não voltou. Já na sexta-feira, por volta das 9 horas da manhã, a Polícia Militar nos informou que o veículo dele, um Honda Fit, foi encontrado abandonado na estrada da Bocaina, mas nenhum sinal do meu irmão. Tentamos ligar para o celular dele e só dá desligado. Estamos em uma agonia imensa", disse Kátia Galharte, 42 anos, irmã de Valcir.

"Mingucho", como também é conhecido, vestia uma calça jeans, camisa no tom laranja e calcava um tênis preto. "Meu irmão nunca foi de sumir, ele não tem problemas de doença, não toma remédios, não teve alterações de comportamento, nada. Estamos muito preocupados, pois o carro foi encontrado em perfeito estado, não sumiu nada de valor, a chave, inclusive, estava no carro. Precisamos saber o que houve com ele, a família está desesperada, queremos qualquer tipo de informação", pediu Kátia.

O desaparecimento de Valcir já foi registrado na Delegacia de Polícia Civil. Ele é acadêmico de Direito. Inicialmente, o Campo Grande News divulgou que ele é funcionário da Justiça do Trabalho em Corumbá. No entanto, segundo a assessoria do Tribunal Regional do Trabalho da 24ª Região, ele não é funcionário da corte no Estado.

Para qualquer informação, a família disponibiliza o telefone: (67)3232-9566. Já o telefone da Polícia Civil é o 3234-7100 e o da Polícia Militar, 190.




Valcir é meu primo estamos muito apreensivos, qualquer informação é de suma importância. Gostaria apenas de fazer uma correção ele era funcionário do Ministério do Trabalho e não Justiça do trabalho (a minha prima Kátia estava tão nervosa que equivocou-se). Contamos com a colaboração de todos para qualquer informação.
 
Veruska Alexandre em 28/09/2013 11:40:55
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions