A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 08 de Dezembro de 2016

18/07/2015 21:34

Ação contra ambulantes apreende mil peças de roupas

Thiago de Souza
Mil peças de roupas foram apreendidas pela fiscalização. (Foto: Minuto MS)Mil peças de roupas foram apreendidas pela fiscalização. (Foto: Minuto MS)
Ação aconteceu na região Central de Três Lagoas. (Foto: Minuto MS)Ação aconteceu na região Central de Três Lagoas. (Foto: Minuto MS)

Uma operação conjunta entre a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, Procon e Vigilância Sanitária fiscalizou o trabalho de vendedores ambulantes no comércio central de Três Lagoas. Foram apreendidas cerca de mil peças, a maioria de vestuário e notificação de estabelecimentos comerciais, que atuavam com alguma irregularidade. A vistoria aconteceu na manhã deste sábado (18).

Veja Mais
Movimento de clientes diminui e ambulantes "rebolam" pra ter lucro
Decreto de Olarte limita número de vendedores ambulantes em terminais

A ação atendeu o pedido do Sindicato do Comércio Varejista de Três Lagoas.

Houve também a verificação e notificação no setor de alimentação. Foram constatadas irregularidades relacionadas ao direto do consumidor. Um estabelecimento foi lacrado por não oferecer segurança aos seus clientes e outros foram advertidos por comercializarem mercadorias irregulares.

O fiscal de posturas do setor de fiscalização, Cláudio Mariano, disse que o trabalho dele e de sua equipe é muito criticado por alguns comerciantes e pela população em geral. Ele ressalta, que mesmo lojas que tem ambulantes em frente ao seu comércio, defendem e acolhem esses trabalhadores, no momento das fiscalizações.

Ainda de acordo com Mariano, populares chegam a xingar integrantes da fiscalização dizendo que é para deixar as pessoas trabalharem em Paz. Mariano conclui dizendo que há comerciantes sérios, que impedem ambulantes de permancer em frente às lojas.

Os vendedores ambulantes terão o prazo de 15 dias para recorrer da apreensão. Caso o pedido seja negado, os produtos serão doados para entidades sociais do Município.




tem que fazer isso tb no CAMELODROMO aqui em campo grande. ALIAS, NEM SEI QUEM AMPARA O CAMELODROMO SENDO QUE 99% É TUDO DO PARAGUAI, SEM IMETRO, SEM NOTA, EM CONTROLE E CONTRABANDEADOS.
 
LUCIANO MARQUES em 19/07/2015 09:42:38
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions