A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 09 de Dezembro de 2016

27/05/2014 12:59

Acidentes de trânsito mataram 20 pessoas em Ponta Porã no último ano

Bruno Chaves
Só em 2014 foram cinco mortos (Foto: Divulgação/Prefeitura de Ponta Porã)Só em 2014 foram cinco mortos (Foto: Divulgação/Prefeitura de Ponta Porã)

De janeiro de 2013 até a primeira quinzena do mês de maio de 2014, 20 pessoas morreram no trânsito de Ponta Porã, a 323 quilômetros de Campo Grande. A informação foi divulgada, nesta semana, pelo secretário municipal de Segurança Pública, Valério Azambuja, que participa do movimento “Maio Amarelo”, iniciativa que pretende chamar a atenção da sociedade para o alto índice de mortes e feridos no trânsito de todo o mundo.

Veja Mais
Após deslizamento e risco a usuários, MS-295 é totalmente interditada
Justiça bloqueia bens de ex-prefeito e mais oito por fraude em licitação

Conforme a assessoria de imprensa da prefeitura, o município participa do movimento que tem como objetivo pedir respeito pela vida, buscando sensibilizar usuários do trânsito para cumprir um desafio da ONU (Organização das Nações Unidas), de reduzir pela metade os acidentes automobilísticos em todo o mundo até o ano de 2020.

“Esse é um trabalho que tem a coordenação do Detran (Departamento Estadual de Trânsito) nos 79 municípios de Mato Grosso do Sul, sendo que deste total, 47 integram o Conselho Estadual de Trânsito, um deles Ponta Porã”, explicou.

Valério ainda ressaltou que o “objetivo é o desenvolvimento de políticas buscando uma melhor educação no trânsito, visando reduzir o número de vítimas”. Para ele, é preciso a realização de campanhas impactantes para que se possa ter um trânsito humanizado.

“O trânsito no Brasil está matando mais que em muitas guerras. Durante a invasão dos americanos no Iraque foram 5 mil mortes; a guerra do Vietnã, que durou 10 anos, morreram 55 mil e no Brasil o trânsito mata de 55 a 60 mil pessoas por ano. É um absurdo e a sociedade precisa ter consciência disso”, afirmou.

Números – Levantamento estatístico de ocorrências do 4º Batalhão de Polícia Militar do Ponta Porã revelou o trânsito fez 668 vítimas em Ponta Porã no ano passado. Dessas, 15 perderam a vida. O mês mais violento foi março, com 77 vítimas, e o mais calmo, dezembro com 43.

Neste ano, os dados já apontam cinco mortes de um total de 205 vítimas. Fevereiro foi o mês mais calmo com 34 vítimas e abril o mais violento, com 64 pessoas acidentadas no trânsito local.

“Portanto, são números que assustam e só poderemos revertê-los com campanhas impactantes, com apoio da sociedade, que pode colaborar dando depoimentos da dor que é perder um ente querido, para que outras pessoas não sofram as mesmas consequências”, destacou .




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions