A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 09 de Dezembro de 2016

08/09/2011 20:42

Acusado de mandar menor matar é condenado a mais de 8 anos de prisão‏

Vinícius Squinelo

Guilherme Henrique Costa Gama foi condenado a oito anos e seis meses de prisão no Júri Popular ocorrido nesta quinta-feira (08), em Fátima do Sul. Ele é acusado do homicídio de Márcio Rodrigues Barbosa, vulgo “Má”, e da tentativa de homicídio de Adriana Cordeiro da Silva.

De acordo com a decisão, sete anos e seis meses de prisão são referentes ao homicídio, e 1 ano pela tentativa de homicídio.

O réu ainda foi condenado a pagar indenização no valor de R$ 25 mil para familiares ou dependentes de Márcio e R$ 1 mil para Adriana.

O autor teria ainda corrompido um menor, que foi responsável pelos crimes. Os jurados também decidiram que o crime foi cometido por motivo torpe, a partir de uma desavença anterior com a vítima, por uma dívida de R$ 10.

Guilherme Henrique, mesmo condenado, saiu do Fórum em liberdade. A Defesa do réu deve recorrer da decisão do Júri, no prazo de cinco dias úteis, e Guilherme deve continuar em liberdade até a data de novo julgamento.

O crime aconteceu no dia 1º de janeiro de 2010, por volta das 04h20min, durante a festa de réveillon, na Praça Getulio Vargas, em Fátima do Sul.

De acordo com o registro policial, a vítima, que residia no Jardim Pioneiro, foi assassinada com quatro tiros, quando estava no centro da praça e foi atingido pelos disparos. Dois alvejaram as costas, um o rosto e o quarto tiro, o braço esquerdo.

Ainda consta no Boletim de Ocorrência que, durante a confusão, uma bala perdida atingiu as costas da jovem Adriana Cordeiro da Silva, 29 anos.

O Júri foi presidido pelo juiz Bonifácio Hugo Rausch, da Comarca de Fátima do Sul, tendo como Promotor o Dr. Fernando Jamusse. (com informações do site Vicentina Online)




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions