A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 07 de Dezembro de 2016

28/02/2011 23:12

Acusado de matar filho de policial civil é preso em Itaporã

Jorge Almoas

Amigos de infância, vítima e acusado brigaram em festa 4 dias antes do crime

Willian deu um tiro na nuca do amigo, e depois acertou outros dois disparos na cabeça de Victor Hugo (Foto: Itaporã News)Willian deu um tiro na nuca do amigo, e depois acertou outros dois disparos na cabeça de Victor Hugo (Foto: Itaporã News)

O acusado de matar Victor Hugo da Rosa Castilho, de 24 anos, com três tiros foi preso nesta segunda-feira em Itaporã, município da região sul do Estado. Willian Oliveira da Silva, de 22 anos, conhecido pelo apelido de “Buguinho”, estava com mandado de prisão em aberto.

A prisão foi realizada depois de denúncia anônima, que indicou que Willian estava trabalhando como pintor no Estádio Chavinha em Itaporã. Quando foi abordado pelos policiais, “Buguinho” mentiu o nome e disse se chamar Vagner Luiz, além de afirmar que não sabia sobre o homicídio.

Em consulta ao sistema de ocorrência, os policiais localizaram a foto de Willian e a prisão foi efetuada. Na delegacia de Dourados, Willian confessou o crime para a delegada Magali Leite Cordeiro Paschoal.

Caso - No dia 19 de janeiro, Willian deu três tiros na cabeça de Victor Hugo, que era filho do policial civil aposentado Hugo Castilho.

No depoimento à delegada Magali Leite, Willian contou que quatro dias antes do crime ele brigou com a vítima durante uma festa.

O motivo do crime seria a agressão sofrida por Buguinho, que era amigo de infância de Victor Hugo, ficou magoado e resolveu matá-lo.

No dia do crime, Willian se encontrou com Victor Hugo e o convidou para ir até a sua casa, em Dourados. Os estavam seguiam a pé e Victor empurrava uma bicicleta.

Quando Victor subiu na bicicleta e pediu que Willian também o fizesse, apoiando na parte de trás do veículo, o assassino deu um tiro na nuca do amigo. Depois de cair no chão, Victor Hugo levou mais dois disparos na cabeça.

Com informações do Dourados Agora

Polícia Civil sem pistas de assassino de filho de policial
Diversas testemunhas foram ouvidas, mas ainda não há suspeitosA Polícia Civil ainda não tem suspeitos para o assassinato de Vitor Hugo da Rosa Casti...
Crescimento populacional eleva repasse federal para 4 cidades de MS
As prefeituras de Angélica, Nova Andradina, Paranhos e Três Lagoas, terão aumento em 2017, no repasse do FPM (Fundo de Participação dos Municípios), ...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions