A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 07 de Dezembro de 2016

08/04/2011 15:43

Acusados de matar adolescente a facadas em GO serão ouvidos novamente amanhã

Jorge Almoas

A Polícia de Goiás deve ouvir novamente neste sábado os acusados de matar a facadas a adolescente Adriele Camacho de Almeida, de 16 anos, no último dia 13 de março. Espera-se que o pai da namorada de Adriele e os dois irmãos possam fornecer detalhes do crime, que chocou a população de Itarumã, município a 60 quilômetros de Cassilândia.

Claudio Roberto de Assis, de 36 anos, e os dois filhos, de 17 e 13 anos, estão envolvidos na morte de Adriele. A família não aceitava o relacionamento homossexual da jovem com a filha, de 15 anos. Há tempos, a família ameaçava Adriele de morte.

Ontem, o delegado responsável pelo caso, Samer Agi, teve acesso ao registro de ligações de um dos acusados. A quebra do sigilo foi autorizada pela justiça. “Ainda é muito cedo para tirar alguma conclusão. Mas as ligações e os depoimentos vão ajudar a esclarecer”, disse Samer.

A reconstituição do caso pode ser marcada para o começo da próxima semana. A família de Adriele acredita que o crime foi planejado. Kely Camacho, irmã da vítima, disse ao Campo Grande News que o fazendeiro dizia que levaria a filha embora de Cassilândia e que, caso Adriele fosse atrás, acabaria morta.

Adriele foi morta a facadas no dia 13 de março. Ela foi atraída até Itarumã pelo irmão da namorada, que dizia que a jovem estava sofrendo por conta do término da relação entre as duas meninas. Lá, foi assassinada e enterrada de cabeça para baixo próximo à fazenda de Cláudio Roberto.

Ainda não foi feito pedido de liberdade para o fazendeiro, que continua preso em Itarumã. Os dois filhos estão em uma instituição para menores.




Que judiaria...essa garota era muito querida.Já havia sofrido muito, no pouco tempo que viveu.Adrielle,sempre pode contar apenas com a Kelly e um padrinho.Espero que seja feita justiça com os assassinos desse crime bárbaro.Gostaria que as técnicas(Assistentes Sociais e Psicólogas) de Cassilandia(excelentes profissionais),dê um suporte para a irmã da vítima que com certeza irá necessitar.
 
neyde de oliveira em 08/04/2011 07:26:10
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions